Notícias Naturais
Receitas para Secar em 30 dias

Pesquisadores descobriram um novo tratamento eficaz para a hiperlipidemia com ácido oleanólico (AO), um composto natural encontrado nas azeitonas (Olea europaea). O estudo, liderado por pesquisadores da China Pharmaceutical University e da Nanjing Medical University, analisou a capacidade das azeitonas de reduzir os níveis de colesterol em pacientes diagnosticados com hiperlipidemia. Embora mais conhecida como um item básico nos pratos mediterrâneos, as azeitonas são consideradas uma erva medicinal tradicional na China e têm sido usadas clinicamente desde a década de 1970 para evitar danos no fígado. Estudos recentes, no entanto, também estabeleceram suas propriedades anti-hiperlipidêmicas.

Hiperlipidemia, na maioria das vezes, é o termo médico para o que a maioria das pessoas conhece como colesterol alto – uma condição observada em um em cada três adultos americanos. A doença, marcada pela presença de excesso de colesterol na corrente sanguínea, é um dos principais fatores de risco para doenças cardíacas e doença hepática e gordurosa não alcoólica. Geralmente, a condição é adquirida através de dieta inadequada, tabagismo e obesidade, mas também pode ser causada por uma predisposição genética.

No estudo, a Dra. Jun Liu e sua equipe desenvolveram os resultados de pesquisas anteriores, que mostraram que o AO foi capaz de melhorar a hiperlipidemia em modelos animais. O presente estudo analisou se efeitos semelhantes poderiam ser alcançados em pacientes humanos, o que eles fizeram, usando um ensaio clínico em pequena escala. No estudo, os pacientes receberam AO por quatro semanas (quatro comprimidos uma vez, três vezes ao dia). As amostras de sangue foram coletadas dos pacientes antes e após os tratamentos, as quais foram analisadas por microarrays de DNA.

Os resultados do microarray de DNA mostraram que houve uma diminuição significativa no conteúdo de colesterol total (CT), triglicerídeo (TG) e lipoproteína de alta densidade (HDL) do soro após o tratamento com AO. Além disso, uma mudança significativa na expressão de 21 mRNAs também pode ser observada. Além disso, os resultados da análise bioinformática mostraram que 17 dos 21 mRNAs foram regulados para cima, enquanto os 4 mRNAs restantes foram regulados para baixo. Após a validação desses resultados, fazendo qRT-PCR para 5 mRNAs, eles foram capazes de determinar que as observações iniciais sobre as mudanças nos níveis de expressão após o tratamento com AO estavam corretas.

Portanto, a administração de AO regulou diferencialmente a expressão de genes envolvidos no metabolismo lipídico“, concluíram os pesquisadores. “Os dados mostraram uma evidência clínica de que o AO poderia melhorar a hiperlipidemia e também revelaram uma nova visão dos mecanismos moleculares subjacentes ao efeito farmacológico do AO na hiperlipidemia.

Outros benefícios de comer azeitonas

Além de ajudar a melhorar a hiperlipidemia, a introdução de azeitonas em sua dieta também fornecerá muitos outros benefícios à saúde. Esses incluem:

* Diminui o risco de câncer – As azeitonas são ricas em agentes anticancerígenos, como os compostos fenólicos esqualeno e terpenoide – que muitas pessoas acreditam ser o segredo do motivo pelo qual as pessoas no Mediterrâneo (que regularmente colocam azeitonas em sua dieta) têm uma das mais baixas taxas de câncer.
* Melhora a força óssea – Os componentes das azeitonas podem proteger contra a perda de massa óssea. É por isso que as azeitonas têm sido associadas a um risco reduzido de fraturas ósseas e osteoporose.
* Previne a diabetes – Os altos níveis de gorduras monoinsaturadas saudáveis ​​nas azeitonas podem ajudar a retardar a absorção de glicose no sangue, bem como prevenir complicações decorrentes da diabetes.
* Auxilia a visão – A vitamina A, conhecida por melhorar a visão, é abundante nas azeitonas. A azeitona também contém antioxidantes que mantêm a degeneração macular e a formação de catarata longe.

Leia mais:

Ótima Receita Caseira para Esteatose Hepática (Gordura no Fígado)

[Estudo] Tome Mais Curcumina – Seu Fígado vai Agradecer

Fontes:
Natural News: Olives are good at reducing fatty liver
– Chinese Journal of Natural Medicines: Lipid-lowering effects of oleanolic acid in hyperlipidemic patients
– Medical News Today: What to know about hyperlipidemia
– Research Gate: The effects of oleanolic acid on atherosclerosis in different animal models
– HealthLine: Olives 101: Nutrition Facts and Health Benefits

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site