Notícias Naturais

É um cenário familiar nos consultórios médicos de todo o país: um paciente é informado de que seus níveis de colesterol estão acima do limite, e este, então, recebe uma receita de estatina.

Isso acontece com as pessoas todos os dias, e pode até ter acontecido com você. Mas antes de começar a tomar esses medicamentos às cegas, há alguns pontos que você deve considerar – entre os quais um estudo recente que mostra que níveis baixos de colesterol podem aumentar o risco de uma mulher sofrer um AVC.

O estudo foi realizado por pesquisadores do Brigham and Women’s Hospital, que afirmam que mulheres com baixos níveis de colesterol têm duas vezes mais chances de sofrer um AVC que resulta em sangramento no cérebro do que pessoas com níveis médios de colesterol. Além disso, eles descobriram que as mulheres que apresentavam os níveis mais baixos de triglicerídeos tinham um risco maior de AVC hemorrágico do que aquelas com triglicerídeos mais altos.

O AVC hemorrágico ocorre quando um vaso enfraquecido dentro do cérebro se rompe. A American Stroke Association relata que eles representam cerca de 13% de todos os acidentes vasculares cerebrais. Eles são menos comuns em geral do que os AVC isquêmicos, mas são mais difíceis de tratar e mais fatais.

Os pesquisadores descobriram que, embora apenas 0,4% das mulheres com colesterol entre os níveis de 100 e 130 mg / dL sejam afetadas por esse tipo de acidente vascular cerebral, atinge 0,8% das mulheres cujos níveis de colesterol são 70 mg / dL ou menos.

Para entender suas descobertas, é importante fazer a distinção entre os dois tipos de colesterol. O HDL, ou colesterol “bom”, transporta o colesterol de todo o corpo de volta ao fígado para que possa ser removido; o estudo não estava preocupado com esse tipo de colesterol. Em vez disso, analisou o LDL, ou colesterol ruim, que pode se acumular nas artérias e tem sido associado a problemas cardíacos.

Os pesquisadores chegaram à conclusão depois de estudar cerca de 28.000 mulheres com 45 anos ou mais que fizeram parte do Estudo de Saúde da Mulher ao longo de 20 anos.

Eles alertaram que as mulheres já correm um risco maior de sofrer um AVC do que os homens, em parte porque tendem a viver mais, por isso é importante estar ciente de qualquer coisa que possa aumentar ainda mais o risco.

O colesterol não é o inimigo

Fomos levados a acreditar que todo o colesterol é ruim, graças em grande parte aos esforços de empresas farmacêuticas que vendem medicamentos controladores do colesterol, conhecidos como estatinas.

Desde a sua introdução no mercado nos anos 80, eles têm sido grandes lucradores; o Lipitor é o medicamento mais rentável de todos os tempos da história, gerando mais de US$ 12 bilhões em receitas no auge em 2006.

Ao contrário da crença popular, o colesterol é realmente algo que seu corpo precisa. É por isso que baixos níveis podem representar um risco. Seu fígado produz grande parte do colesterol que seu corpo necessita, mas muitas pessoas também consomem muito colesterol na dieta, o que às vezes pode inclinar a balança a níveis prejudiciais.

No entanto, o que define um nível não saudável também está em debate, com a indústria farmacêutica exercendo sua influência para reduzir os números “aceitáveis” para que mais pessoas possam se convencer de que precisam de seus medicamentos lucrativos – não importa o fato de que as estatinas demonstraram não melhorar a saúde do coração em muitos pacientes e apresentar uma série de efeitos colaterais perigosos, incluindo danos no fígado e nos rins, maior risco de diabetes tipo 2, doenças neurológicas e até insuficiência cardíaca.

Quando se trata de colesterol, é melhor não corrigir os níveis altos artificialmente com abordagens como estatinas – especialmente se os seus níveis não forem terrivelmente altos em primeiro lugar. Comer uma dieta saudável e equilibrada geralmente pode manter o colesterol dentro de um intervalo razoável.

Leia mais:

Cirurgião Cardíaco diz que as Estatinas não Funcionam – Elas Aumentam o Risco de Diabetes e Obesidade

Outro Estudo Científico Mostra que as Estatinas são Totalmente Inúteis para Proteger contra Qualquer Coisa

Fontes:
– Natural News: How low is too low? Low cholesterol levels may increase the risk of bleeding stroke in women, warn researchers
– Daily Mail: Having very low cholesterol DOUBLES the risk of hemorrhagic strokes in women, study finds
– Science Daily: Low cholesterol linked to higher risk of bleeding stroke in women
– Science Daily: Half of patients on statins fail to reach ‘healthy’ cholesterol level after 2 years

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site