Notícias Naturais

Consumir grandes quantidades de doces todos os dias é uma maneira de garantir um lugar no consultório médico. Coisas doces como chocolate podem causar um “pico de açúcar”, o que parece inofensivo, mas é tudo menos isso. O pico de açúcar refere-se a um rápido aumento do açúcar no sangue que desaparece depois de um tempo. Quando o açúcar no sangue, consequentemente, cai abaixo dos níveis normais, isso resulta em fadiga. Pesquisas sugerem que chocolate amargo ou cacau, a contrapartida saudável do chocolate adoçado ou ao leite, ajuda a  aliviar a fadiga – especialmente em pessoas com esclerose múltipla.

A condição crônica denominada esclerose múltipla (EM) causa extrema fadiga que pode ser debilitante. Também pode afetar a capacidade de uma pessoa para realizar tarefas diárias. De acordo com a National Multiple Sclerosis Society, a fadiga ocorre em 80% das pessoas com EM e é o sintoma mais proeminente exibido por uma pessoa “que, de outra forma, tem limitações mínimas de atividade”.

Em um novo estudo publicado no Journal of Neurology, Neurosurgery, and Psychiatry, os pesquisadores relataram que o cacau pode tratar a fadiga relacionada à EM. Eles acreditam que suas descobertas – embora não sejam provas definitivas – demonstram como mudanças dietéticas simples podem levar a resultados positivos e ajudar pacientes com EM a lidar com seus sintomas.

Mantenha sua bebida quente e seu chocolate amargo

Como mencionado, o consumo descontrolado de chocolate pode levar a sérios problemas de saúde, mas é uma história diferente quando se trata de  chocolate amargo, que é a versão menos processada desse tratamento popular. Processamento mínimo significa que o produto ainda tem a maioria de suas propriedades promotoras de saúde, algumas das quais são de pigmentos vegetais chamados flavonoides.

Os flavonoides são compostos de plantas que foram extensivamente estudados por seus benefícios anticancerígenos, neuroprotetores e anti-inflamatórios. No estudo atual, pesquisadores do Reino Unido investigaram como os flavonoides do cacau afetam a fadiga em pessoas com esclerose múltipla.

No estudo, um grupo de pacientes com esclerose múltipla tomou cacau rico em flavonoides todos os dias durante seis semanas, enquanto outro grupo consumiu bebidas de baixo teor de flavonoides.

Após seis semanas, os pacientes com esclerose múltipla que tomavam cacau rico em flavonoides mostraram uma melhora de 45% em seu estado de alerta e nos níveis de fadiga. Eles também mostraram um aumento de 80% em sua velocidade de caminhada. Além disso, o grupo experimentou menos dor, que é outro sintoma da EM.

Com base nesses resultados promissores, os pesquisadores concluíram que as abordagens dietéticas são formas fáceis, seguras e econômicas de reduzir a fadiga e outros sintomas em pacientes com EM, bem como melhorar sua qualidade de vida.

Este estudo não é o primeiro a investigar os benefícios de redução da fadiga do cacau. Estudos anteriores também mostraram que o cacau pode melhorar os sintomas de pessoas com síndrome da fadiga crônica. Outros benefícios oferecidos pelo cacau incluem melhor saúde mental, função geral e níveis de energia, bem como maior capacidade de exercício.

Fadiga: causas e condições relacionadas

Fadiga não é simplesmente se sentir cansado. É normal sentir-se cansado depois de gastar energia para uma tarefa, mas a fadiga é marcada por uma exaustão constante e implacável,  apesar da atividade relativamente mínima.

A fadiga pode ser causada por muitas coisas, como falta de exercício, depressão e condições de saúde subjacentes. Se você está passando por fadiga, é hora de refletir sobre alguns hábitos e rotinas que podem estar contribuindo para sua condição. Estes poderiam ser:

* Uso de álcool ou drogas
* Atividade física insuficiente
* Excesso de atividade física
* Falta de dormir
* Distúrbio do jet lag
* Medicamentos (por exemplo, anti-histamínico, remédio para tosse)
* Dieta não saudável

A fadiga também pode ser um sinal de um problema de saúde, como:

* Insuficiência hepática aguda
* Anemia
* Transtornos de ansiedade
* Câncer
* Síndrome da fadiga crônica
* Infecção crônica ou inflamação
* Doença renal crônica
* DPOC
* Depressão
* Diabetes
* Enfisema
* Fibromialgia
* Doença cardíaca
* Hipertireoidismo (tireoide hiperativa)
* Hipotireoidismo (tireoide com hipoatividade)
* Síndrome do intestino irritável (SII)
* Medicamentos e tratamentos (por exemplo, quimioterapia, radioterapia, analgésicos, antidepressivos)
* Apneia do sono
* Estresse
* Traumatismo craniano

A próxima vez que você se sentir cansado, pode ser uma boa ideia preparar uma xícara bem quente de cacau – apenas certifique-se de que é uma variedade de chocolate amargo.

Leia mais:

Melhore a Memória e o Humor Tratando-se com Chocolate Amargo

[Estudo] Combata a Diabetes com Chocolate Amargo

Fontes:
Natural News: Sweet pick-me-up: Dark chocolate is a treat that fights fatigue
– Journal of Neurology, Neurosurgery, and Psychiatry: A randomised double-blind placebo-controlled feasibility trial of flavonoid-rich cocoa for fatigue in people with relapsing and remitting multiple sclerosis
– Natural Health 365: Cocoa isn’t just delicious – studies show it fights fatigue, too
– Live Strong: Feeling Tired After Eating Chocolate
– National Multiple Sclerosis Society: MS Symptoms
– HealthLine: Understanding Multiple Sclerosis (MS)
– Mayo Clinic: Symptoms: Fatigue

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site