Notícias Naturais

É muito claro como sua dieta pode afetar a saúde do seu coração e seu peso, mas você sabia que ela pode ser tão influente quando se trata de saúde mental? Embora existam muitas conexões interessantes entre alimentação e saúde mental, uma das mais úteis na esteira das taxas de depressão é a relação entre o consumo de fibras e vegetais e a depressão.

O papel que a dieta desempenha na saúde psiquiátrica tornou-se um tópico de crescente interesse para os pesquisadores nos últimos tempos, e suas descobertas podem ajudar a afastar as pessoas de antidepressivos perigosos e outros medicamentos psiquiátricos.

Pesquisadores do Reino Unido realizaram recentemente uma meta-análise envolvendo ensaios clínicos randomizados existentes. Depois de olhar para os dados de quase 46.000 pessoas, eles descobriram que quase todo tipo de melhora na dieta pode reduzir significativamente os sintomas de depressão. Algumas das intervenções que melhoraram a depressão incluíram o aumento de nutrientes, redução de gordura e dieta para perder peso.

No entanto, uma coisa em particular ajudou a depressão: comer refeições mais densas em nutrientes que são ricos em vegetais e fibras, reduzindo o açúcar refinado e fast foods.

Embora todos tenham se beneficiado, essas mudanças tiveram um efeito maior no alívio da depressão entre as mulheres. Os pesquisadores ainda não estão certos do motivo deste efeito, mas planejam investigar a conexão ainda mais. Eles também gostariam de explorar como uma dieta saudável melhora a saúde mental, embora eles acreditem que a redução na inflamação ou fadiga poderia desempenhar um papel.

Também vale a pena notar que a combinação dessas intervenções dietéticas com o exercício levou a mais melhorias nos sintomas depressivos.

Suas descobertas foram publicadas na revista Psychosomatic Medicine.

Enquanto isso, um estudo chinês encontrou uma relação inversa entre a ingestão de fibra dietética e sintomas de depressão. Em outras palavras, aqueles que comiam mais fibra tinham menos sintomas. Eles determinaram que quando a ingestão de fibras de uma pessoa atingia cerca de 21 gramas por dia, o risco de sintomas depressivos caía drasticamente. Isso foi baseado nos dados de 16.000 americanos que participaram da National Health and Nutrition Examination Survey.

Comer junk food pode aumentar o risco de depressão

Essas descobertas não serão uma surpresa para os autores de um recente estudo multinacional publicado na revista Molecular Biology que revelou que comer junk food aumenta o risco de se tornar deprimido.

Da mesma forma, eles descobriram que seguir uma dieta tradicional mediterrânica saudável torna as pessoas muito menos propensas a desenvolver depressão graças ao seu conteúdo de vegetais, frutas, nozes e peixe.

Pode ser tentador acreditar que as pessoas deprimidas comem mais alimentos de baixa qualidade. Embora isso possa ser verdade, este estudo descobriu que a dieta pobre na verdade causa depressão ao invés de uma mera associação entre as duas. Estudos longitudinais de mais de 32.000 pessoas foram usados ​​para chegar a suas conclusões.

A principal autora do estudo, Dr. Camille Lassale, disse que uma dieta ruim pode elevar significativamente o risco de depressão, e é a inflamação do intestino e do corpo inteiro causada por alimentos processados ​​com alto teor de gordura e açúcar que está por trás desse efeito.

Os autores desse estudo pediram aos médicos para oferecer aconselhamento dietético aos pacientes como parte de rotina do tratamento da depressão.

Você está ingerindo fibra suficiente?

A maioria dos americanos simplesmente não está ingerindo fibras suficientes em suas dietas, sendo o consumo médio em cerca de 15 gramas. A American Heart Association recomenda que as mulheres adultas em uma dieta de 2000 calorias ingiram cerca de 25 gramas por dia, enquanto os homens precisam de até 38 gramas.

Frutas e vegetais orgânicos são excelentes fontes de fibra, com abacates, framboesas e alcachofras. Você também pode encontrar fibras em alimentos como lentilhas, grão de bico, aveia, pipoca orgânica, sementes de chia e chocolate amargo.

Se você ou um ente querido está lidando com depressão, não subestime o poder de uma dieta saudável. Concentrando-se em frutas orgânicas, vegetais e outros alimentos ricos em fibras, você pode eliminar a necessidade de antidepressivos perigosos!

Leia mais:

[Estudo] Curcumina Demonstra ser uma das Melhores Maneiras para Aliviar a Depressão

Os Perigos de Comer Alimentos Transgênicos

Fontes:
– Natural News: Beat depression by eating more fiber, vegetables
– Medical News Today: A diet rich in fiber and vegetables can relieve depression
Psychosomatic Medicine: Medical nutrition in mental health and disorders

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site