Notícias Naturais
Receitas para Secar em 30 dias

A Global Organization for Stress revela algumas estatísticas alarmantes, incluindo o fato de que mais de 50% dos adultos relatam que seus níveis de estresse aumentaram no último ano, 75% relatam níveis moderados a altos de estresse de forma contínua e quase 80% dos todos os trabalhadores americanos relatam sentir-se estressados ​​no trabalho.

Às vezes, há medidas que podem ser tomadas para mitigar esse estresse, incluindo aconselhamento ou talvez uma mudança no ambiente de trabalho. Estilo de vida e outras mudanças, como comer bem, exercitar mais atividades mindfulness também podem ajudar a reduzir o estresse ou, pelo menos, nos ajudar a lidar melhor com isso.

Para muitos de nós, no entanto, o estresse é apenas uma parte da vida da qual não podemos escapar e que temos pouco controle. Mesmo que não haja como escapar das coisas que nos estressam, no entanto, não há necessidade de recorrer a medicamentos químicos para lidar com isso ou simplesmente continuarmos ansiosos e estressados. Conforme relatado pelo site Food Revolution Network (FRN), existem pelo menos quatro ervas adaptogênicas que foram cientificamente comprovadas para combater o estresse, permitindo-nos lidar melhor com o ritmo cada vez mais agitado da vida moderna.

O que são ervas adaptogênicas?

O estresse é a maneira do corpo de lidar com um evento ou situação estressante, e libera hormônios que podem salvar vidas quando estamos em perigo. Quando o corpo é continuamente exposto a esses hormônios, no entanto, como resultado do estresse crônico, a inflamação se desenvolve, abrindo caminho para doenças crônicas mortais.

Conforme explicado pelo Global Healing Center, os adaptógenos são substâncias naturais que trabalham com o corpo para nos ajudar a adaptar-se ao estresse e à fadiga:

Os adaptógenos são um aliado natural ao lidar com o estresse persistente e a fadiga, porque trabalham com a regulação de hormônios importantes.

Os adaptógenos oferece vários outros benefícios para a saúde, incluindo…

* Um impulso para o sistema imunológico
* Suporte para gerenciar um peso saudável
* Maior resistência física e foco mental
* Redução do desconforto causado por problemas de saúde
* Encorajar um humor equilibrado

As ervas adaptogênicas têm a incrível capacidade de nos acalmar e nos energizar ao mesmo tempo, sem causar superestimulação.

Existem muitas ervas adaptogênicas diferentes que têm um histórico comprovado como agentes eliminadoras de estresse, mas vamos dar uma olhada em apenas quatro delas.

Ashwagandha
A ashwagandha tem sido muito importante na medicina ayurvédica há mais de 2.500 anos. Ela reduz a inflamação, combate infecções e, o mais importante, combate o estresse, a depressão, a exaustão e a tensão nervosa.

O site FRN relatou:

Em um estudo de 2012 publicado no Indian Journal of Psychological Medicine, os pacientes receberam 300 mg de extrato de raiz de ashwagandha duas vezes ao dia por 60 dias. …Os escores percebidos dos participantes diminuíram em 44% e os níveis do hormônio do estresse cortisol (que aumenta quando os níveis de estresse são altos) diminuíram em quase 28%.

 

Manjericão (Tulsi)
O manjericão é conhecido como a “rainha das ervas” e por boas razões. Além de ser um poderoso antioxidante, é uma arma poderosa contra o estresse.

Um estudo de 2012 revisado por pares publicado na revista Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine concluiu que os níveis de estresse diminuíram em média 39% em pacientes que receberam suplementos de manjericão.

Outros estudos confirmaram as mesmas descobertas, e o manjericão sagrado foi até mesmo recomendado como tratamento para o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).

Erva-cidreira
A erva-cidreira tem sido usada para combater o estresse por milhares de anos e é especialmente eficaz em combinação com outras ervas como camomila e valeriana.

Um estudo publicado na revista Psychosomatic Medicine, em 2004, descobriu que os participantes que receberam uma dose de 600 mg de erva-cidreira relataram uma redução no estresse e maiores sentimentos de calma e vigilância.

Curcumina
A curcumina tornou-se uma espécie de lenda por sua miríade de benefícios à saúde, mas talvez seja menos conhecido que a curcumina também ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade.

O site FRN relatou:

Estudos em humanos também estão mostrando seu potencial para combater o estresse. Um estudo de 2016 publicado no Journal of Clinical Psychopharmacology mostrou que tomar 500 mg de curcumina duas vezes ao dia, com feno-grego, reduziu consideravelmente o estresse, ansiedade e fadiga, aumentando significativamente a qualidade de vida em pessoas que sofrem de estresse ocupacional extremo.

Suplementar com uma ou mais dessas poderosas ervas adaptogênicas pode fazer uma diferença real para o estresse que sentimos. Esteja ciente, no entanto, que elas podem não fornecer alívio imediato. Às vezes, elas podem precisar ser tomadas por várias semanas antes que os efeitos comecem a ser sentidos.

Leia mais:

A Curcumina é um Polifenol Poderoso que Pode Combater os Efeitos do Estresse Crônico

[Estudo] Óleo de Peixe Neutraliza os Efeitos do Estresse Mental e Auxilia o Coração

Fontes:
– Natural News: Reduce stress with these scientifically-proven adaptogenic herbs
– Food Revolution: 4 Powerful Herbs Proven to Reduce Stress
– Indian Journal of Psychological Medicine: A prospective, randomized double-blind, placebo-controlled study of safety and efficacy of a high-concentration full-spectrum extract of ashwagandha root in reducing stress and anxiety in adults.
– Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine: Efficacy of an Extract of Ocimum tenuiflorum (OciBest) in the Management of General Stress: A Double-Blind, Placebo-Controlled Study
– Psychosomatic Medicine: Attenuation of laboratory-induced stress in humans after acute administration of Melissa officinalis (Lemon Balm).
– Journal of Clinical Psychopharmacology: Safety, Tolerance, and Enhanced Efficacy of a Bioavailable Formulation of Curcumin With Fenugreek Dietary Fiber on Occupational Stress: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Pilot Study.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site