Notícias Naturais

A depressão tornou-se uma condição muito comum nos últimos tempos. Apesar de sua prevalência, no entanto, as empresas farmacêuticas não conseguiram encontrar uma maneira segura e eficaz de lidar com isso. Muitas pessoas pensam que ou têm que viver com seus sentimentos negativos ou aceitar os efeitos colaterais possivelmente fatais que surgem com o uso de antidepressivos, mas existem alguns remédios naturais que podem ser surpreendentemente eficazes – e um dos melhores pode ser a curcumina.

Um composto presente na especiaria cúrcuma, a curcumina possui um pouco de perfeccionismo no domínio da saúde, aparecendo em manchetes devido seus benefícios na luta contra tudo, desde câncer, melhora da memória e artrite. No entanto, para muitas pessoas, um dos benefícios mais empolgantes é o poder de ajudar a combater a depressão.

Um estudo publicado na revista Phytotherapy Research descobriu que a curcumina funciona surpreendentemente bem comparada ao Prozac quando se trata de reduzir os sintomas de depressão. Nesse estudo, os pacientes que foram diagnosticados com transtorno depressivo maior receberam um tratamento de seis semanas com 20 miligramas de fluoxetina, o principal ingrediente do Prozac; 1.000 miligramas de curcumina; uma combinação de ambos; ou um placebo.

Os pacientes foram então avaliados usando a Escala de Avaliação de Depressão de Hamilton (HAM-D) de 17 itens, e os pesquisadores descobriram que o grupo de combinação teve um desempenho melhor do que o grupo de fluoxetina sozinho. Embora a curcumina e a fluoxetina funcionassem igualmente bem sozinhas, a curcumina não tem o efeito colateral de ideação suicida ou outros efeitos colaterais tóxicos, tornando-a uma clara vencedora.

Aqueles que optam pelo Prozac podem apresentar problemas como tontura, vômitos, tremores, ansiedade, fraqueza, alterações na pressão arterial, problemas na frequência cardíaca, ganho de peso e pensamentos suicidas. Tão ruim quanto a depressão é ruim de suportar, muitos desses efeitos colaterais são ainda piores – para não mencionar o fato de que muitos criminosos de tiroteios em massa terem demonstrado mais tarde ter antidepressivos em seu sistema no momento de sua matança.

Tome mais cúrcuma

Se você gostaria de tentar aumentar sua ingestão de cúrcuma, você pode procurar por raiz de cúrcuma orgânica no mercado natural local ou mercearia; ela é semelhante à raiz de gengibre e da mesma família. Alternativamente, você pode comprá-la em pó, mas procure fontes confiáveis ​​para evitar a contaminação.

Adicionar cúrcuma às refeições é fácil, e há muitas abordagens diferentes que você pode tentar. A maioria das pessoas pensa imediatamente em curry e, embora essa seja realmente uma maneira clássica de consumir a cúrcuma, você pode facilmente salpicá-la em qualquer carne, peixe, salada ou até mesmo em cereais ou granola. Algumas pessoas gostam de polvilhar em ovos; outros misturam no café ou chá.

É fácil disfarçá-la em um smoothie, e você também pode aproveitar a oportunidade para obter um aumento de nutrientes adicionando antioxidantes que combatem a depressão como blueberries. Uma das maneiras mais tradicionais de consumir a cúrcuma, no entanto, é misturando-a com leite morno, canela e mel para criar um “leite dourado”. Seja qual for o caminho que você tomar, certifique-se de incluir uma pitada de pimenta preta (pimenta-do-reino) para aumentar sua biodisponibilidade.

A American Psychological Association relata que 12,7% dos americanos tomaram antidepressivos durante o mês passado, com a porcentagem de pessoas que usam medicamentos disparando 64% entre 1999 e 2014. Espero que, à medida que mais pessoas percebam que existem remédios seguros e eficazes para a depressão, veremos menos pessoas se submetendo aos efeitos colaterais dos antidepressivos.

Leia mais:

Estudo Revela que a Cúrcuma é Mais Eficaz em Eliminar as Células Cancerosas do que a Quimioterapia e Radiação

Por que a Cúrcuma é Verdadeiramente um Superalimento?

Fontes:
– Turmeric News: Happy news: Curcumin outperforms prozac for reducing symptoms of depression
– Natural Health 365: Curcumin LOWERS the risk of depression and improves memory
– NCBI: Efficacy and safety of curcumin in major depressive disorder: a randomized controlled trial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site