Notícias Naturais

Um hambúrguer não está completo sem um prato de batatas fritas salgadas e gordurosas. Mas você sabia que as batatas fritas contêm um agente cancerígeno chamado acrilamida?

Se você não se cansa de batatas fritas, é hora de ler os quatro riscos para a saúde de comer este fast food popular.

1 – Fritas podem causar ganho de peso

As batatas fritas estão cheias de gorduras que podem fazer você ganhar peso indesejado. Uma única porção de batatas fritas tem 24 g de gordura, mas sua dieta diária não deve incluir mais de 65 g.

De acordo com um estudo realizado pelo Diabetes and Obesity Center of Excellence da Universidade de Washington, uma dieta rica em gorduras pode danificar as células nervosas do cérebro que controlam o peso corporal.

As batatas fritas também contêm grandes quantidades de gorduras saturadas e trans. A American Heart Association  adverte que esses tipos de gordura podem aumentar o colesterol no sangue, o que pode aumentar o risco de doenças cardíacas, derrame e diabetes tipo 2.

O excesso de sal (cloreto de sódio) nas batatas fritas também pode causar retenção de líquidos em seu corpo, o que resulta em ganho de peso.

2 – Batata frita pode aumentar sua pressão arterial

As batatas fritas são temperadas com muito sal. Qualquer coisa salgada consumida regularmente pode aumentar sua pressão arterial, o que pode causar doenças cardíacas e renais e até mesmo um derrame.

Segundo a National Academy of Medicine (NAM), anteriormente chamada de Institute of Medicine, você deve consumir apenas 1.500 a 2.000 mg (ou meia colher de chá) de sal por dia. No entanto, o americano médio consome cerca de duas colheres de chá de sal por dia.

Uma porção de batatas fritas tem pelo menos um terço da dose diária recomendada (DDR) de sal ou mais de 600 mg.

3 – Batata frita pode aumentar o risco de diabetes, obesidade e doenças cardíacas

As batatas fritas estão ricas em carboidratos e gorduras “ruins”. Uma porção de batatas fritas tem 63 g de carboidratos.

Quando consumidos com moderação, os carboidratos são benéficos e dão energia ao seu corpo. A fibra também é um tipo de carboidrato que promove a digestão adequada e restringe a liberação excessiva de insulina. No entanto, as batatas usadas para fazer batatas fritas são descascadas, e é onde as fibras são removidas.

Comer muitas batatas fritas também aumenta a ingestão de sal e amido, juntamente com as gorduras do óleo usado para fritá-las.

Todos esses fatores combinados podem aumentar o risco de desenvolver problemas de saúde como câncer, doenças cardíacas, obesidade e diabetes tipo 2.

4 – Batata frita pode prejudicar as mulheres grávidas

As mulheres grávidas devem evitar o consumo de batatas fritas, pois contém acrilamida, um agente carcinogênico e neurotóxico. A acrilamida é encontrada em alimentos fritos em temperaturas mais altas de mais de 185º C. Os fetos e recém-nascidos são mais suscetíveis aos efeitos da acrilamida, uma vez que sua barreira hematoencefálica ainda não está totalmente desenvolvida.

De acordo com um estudo publicado no Plant Biotechnology Journal, assar, fritar ou assar alimentos ricos em amido a temperaturas mais altas produz acrilamida. Para limitar a ingestão de acrilamida, evite fritar alimentos por um longo período, evite reutilizar o óleo ou aquece-lo excessivamente.

Se você quiser reduzir o risco de câncer, doenças cardíacas, obesidade e diabetes tipo 2, limite o consumo de batatas fritas. Você pode tentar fazer batatas fritas caseiras mais saudáveis ​​ao cozer batatas com azeite de oliva.

Leia mais:

Qual a Maior Causa de Câncer? Batata Frita, Torradas e Café Geram Alerta

Dez Alimentos Causadores de Câncer que Você Deve Banir de seu Cardápio

Fontes:
– Natural News: Natural News: Say no to acrylamide: The 4 health risks associated with french fries
– Foods for Better Health: Top 4 Health Disadvantages of Eating French Fries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site