Notícias Naturais

Outro estudo prova que adoçantes artificiais como o aspartame são prejudiciais à sua saúde. O estudo, publicado no African Journal of Traditional, Complementary and Alternative Medicines, revelou que o aspartame danifica o cérebro. Em particular, consumir esse adoçante químico por um longo tempo aumentará o estresse oxidativo no tecido cerebral e interromperá os neurotransmissores que são importantes nas funções fisiológicas.

Pesquisadores da Universidade King Abdulaziz, na Arábia Saudita, examinaram o efeito do consumo de aspartame nos neurotransmissores e no estresse oxidativo no cérebro de ratos. Para o estudo, eles observaram quatro grupos de ratos. Um grupo serviu como grupo de controle, enquanto os outros três grupos receberam aspartame na dose de 50, 75 e 125 miligramas por quilograma (mg/kg) de peso corporal por dia, respectivamente, por 40 dias.

Os pesquisadores então coletaram amostras de sangue e cérebro após 10, 20, 30 e 40 dias do início do experimento para análise bioquímica. Os resultados mostraram que o consumo de aspartame reduziu as atividades antioxidantes da glutationa e superóxido dismutase e elevou o estresse oxidativo aumentando os níveis de malondialdeído. Além disso, o consumo de aspartame reduziu muito os níveis dos neurotransmissores cerebrais serotonina, GABA e dopamina e aumentou o nível de acetilcolina e norepinefrina. O efeito do aspartame é dependente da dose.

Os pesquisadores concluíram que o consumo prolongado de aspartame prejudica a função cerebral ao aumentar o estresse oxidativo no tecido cerebral e interromper os neurotransmissores.

Os perigos do aspartame

O aspartame é um dos adoçantes artificiais mais comuns usados ​​atualmente. É amplamente consumido por pessoas com diabetes e aqueles que estão tentando gerenciar seu peso, porque é comercializado para ser um substituto de açúcar “de baixa caloria”. Apesar de sua popularidade, tem sido amplamente estudado por ser prejudicial à saúde. O adoçante artificial, que é vendido sob as marcas Equal e NutraSweet, está associado a pelo menos 90 sintomas adversos, como depressão, tontura, fadiga, dores de cabeça, perda de memória e ganho de peso.

O aspartame é comumente encontrado em refrigerantes dietéticos, os quais estão associados a um aumento do risco de várias doenças. A pesquisa descobriu que os refrigerantes diet aumentam o risco dos seguintes problemas de saúde:

* Diabetes: Em um estudo publicado na revista Nature, os pesquisadores descobriram que os refrigerantes diet alteram os micróbios no intestino de uma forma que aumenta o risco de diabetes. Além disso, os pesquisadores do Weizmann Institute of Science, em Israel, descobriram que camundongos alimentados com adoçantes artificiais desenvolveram intolerância à glicose. Em pessoas que consumiam regularmente o aspartame e outros adoçantes artificiais como sacarina, eles descobriram que essas pessoas tinham aumento da hemoglobina A1c (HbA1c), uma medida de açúcar no sangue. Beber um refrigerante dietético todos os dias também aumentou o risco de síndrome metabólica e diabetes em 36%, de acordo com um estudo realizado na Universidade de Minnesota.
* Doença cardíaca: O consumo a longo prazo de refrigerante dietético também prejudica o coração. Um estudo realizado pela Universidade de Columbia e dos pesquisadores da Universidade de Miami  revelou que consumir refrigerante todos os dias durante 10 anos aumentou o risco de ataque cardíaco e derrame em 43%.
* Obesidade: Beber refrigerante dietético também aumenta o risco de excesso de peso em comparação com a ingestão regular de refrigerantes açucarados, de acordo com um estudo do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas, em San Antonio. Cada refrigerante diet que você  beber aumenta seu risco de ser obeso em 41%. Além disso, aqueles que consumiram mais de um refrigerante dietético por dia tinham maior probabilidade de serem obesos em 500%.
* Outras doenças: A ingestão de aspartame também pode causar ou agravar doenças crônicas, como o Alzheimer, mal de Parkinson, a síndrome da fadiga crônica e a fibromialgia.

Leia mais:

CONFIRMADO: Aspartame Ligado a Cânceres no Sangue, de Acordo com um Estudo de 22 Anos de Harvard

Por que Você Deve Evitar o Aspartame a Todo Custo

Fontes:
– Natural News: Aspartame may be making you dumb: Study finds that the artificial sweetener disrupts your neurotransmitters
– Sweeteners News: Continual consumption of aspartame found to increase oxidative stress in brain tissue
– Medical News Today: What are the side effects of aspartame?
– Newsmax Health: Dangers of Aspartame: What You Need to Know

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe