Notícias Naturais
Receitas para Secar em 30 dias

A psoríase é um problema crônico de pele que afeta mais de 7,5 milhões de americanos. A condição pode resultar em complicações que variam de artrite, doença cardiovascular e até depressão; no entanto, um estudo da Universidade Al-Furat Al-Awsat, no Iraque, sugere que essas complicações também podem causar um declínio dos nutrientes necessários para combater a doença. Em sua pesquisa, que apareceu no Australian Journal of Basic and Applied Sciences, eles notaram que os pacientes que sofrem desta condição de pele têm níveis significativamente mais baixos de vitamina D e zinco, sendo que ambos são conhecidos por suas propriedades de aumento da imunidade.

No estudo, a equipe coletou amostras de sangue de pacientes que estavam em tratamento para psoríase em um hospital local no Iraque. As amostras de sangue foram então comparadas com aquelas extraídas de indivíduos saudáveis. A equipe descobriu que os níveis de vitamina D naqueles com psoríase eram pelo menos 60% mais baixos que os saudáveis. Da mesma forma, os níveis de zinco das pessoas com psoríase foram menores em um terço, em comparação com aqueles que não têm essa condição. Os pesquisadores acreditam que isso é causado pelo derramamento das células da pele, o que efetivamente reduz a capacidade da pele de converter a luz solar em vitamina D.

A diminuição do nível de vitamina D tem grandes efeitos na patogênese da psoríase“, acrescentaram em seu relatório.

Além disso, a queda na vitamina D significa que o corpo está em risco de outras doenças dermatológicas, já que a vitamina atua como um importante regulador imunológico da pele. Isso, combinado com a deficiência de zinco, pode significar um ciclo vicioso: a falta desses nutrientes pode agravar sua condição e causar mais complicações.

Leia também: [Estudo] Suplementação de Vitamina D Durante a Gravidez Demonstrou Prevenir o Autismo em Crianças

Tratando a psoríase com vitamina D e zinco

Os estudos analisaram a ligação entre a vitamina D e a psoríase. Estudos anteriores descobriram que a vitamina D ajuda a fortalecer o sistema imunológico, o que é benéfico para manter as doenças auto-imunes como a psoríase longe. Especialistas também sugeriram o uso de vitamina D tópica para ajudar no desgaste da placa.

Existem diferentes formas de vitamina D disponíveis para o tratamento da psoríase. Os suplementos orais são uma das formas mais comuns de tratamento – a maioria dos profissionais de saúde costuma sugerir uma dose diária de 400 a 1.000 UI da vitamina por dia. Para aqueles que procuram adicionar mais vitamina D em sua dieta, peixes gordurosos como o atum são uma das maiores fontes alimentares de vitamina D, além de alimentos fortificados e gemas de ovos.

Além disso, um estudo de caso publicado no  Indian Journal of Dermatology estabeleceu que os tratamentos orais de zinco podem ser usados ​​para tratar a psoríase pustulosa, uma das formas mais graves da doença. No artigo, uma mulher admitida no Instituto de Ciências Médicas de Sikkim, após um diagnóstico de psoríase, recebeu suplementos de zinco duas vezes por dia para controlar os sintomas. No quinto dia, os pesquisadores descobriram que lesões antigas começaram a cicatrizar e que nenhuma nova pústula se formou. As lesões foram eliminadas após 15 dias de terapia com zinco, sem recidiva após seis meses de acompanhamento.

Leia mais:

[Estudo] A Vitamina D não é boa Apenas para os Ossos – Ela Pode Aliviar a Psoríase

[Estudo] Baixos Níveis de Zinco Podem Causar Depressão

Fontes:
– Natural News: Treat psoriasis naturally with vitamin D and zinc
– Science News: The medicinal use of vitamin D and zinc in treating psoriasis
– National Psoriasis Foundation: Statistics
– Australian Journal of Basic and Applied Sciences: Estimation of Serum Vitamin D and Zinc Level among Psoriatic Patients (PDF)
– Health Line: Vitamin D for Psoriasis
– Indian Journal of Dermatology: Dramatic response to oral zinc in a case of subacute form of generalized pustular psoriasis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site