Notícias Naturais
Receitas para Secar em 30 dias

Justo quando os pais, e aqueles preocupados com questões de segurança das vacinas, acham que nada pode piorar com a super-vacinação, o CDC/FDA dos EUA acaba de aprovar uma nova vacina de seis ativos para ser administrada a crianças em três doses, tão cedo quanto 6 semanas de idade. Ela chama-se Vaxelis®, fabricada pela Sanofi e distribuída pela Merck.  “É aprovada como uma série de três doses antes que as crianças atinjam seu quinto ano de vida.”

O site FiercePharma afirma:

O aumento de produção da Vaxelis ocorre quando a Sanofi e a Merck contam com vacinas para crescimento futuro. Para a Sanofi, ela também vem depois de uma decepção de outro lançamento recente da vacina contra dengue, Dengvaxia. A Merck, por sua vez, espera que sua vacina V114 possa concorrer com a Pfizer no campo de vacinas contra a doença pneumocócica, onde a Prevnar 13, da Pfizer, atualmente gera bilhões de dólares em vendas anuais [1]

De acordo com o folheto informativo da vacina [2], a Vaxelis é:

Fabricada pela: Sanofi Pasteur Limited Toronto Ontario Canadá para: MCM Vaccine Co. Swiftwater PA 18370 USA

Distribuída pela: Merck Sharp & Dohme Corp. Uma subsidiária da Merck & Co., Inc. Whitehouse Station NJ 08889 EUA e Sanofi Pasteur Inc. Swiftwater PA 18370 EUA

A VAXELIS é uma marca comercial da MCM Vaccine Company. As marcas registradas aqui descritas são de propriedade de suas respectivas empresas.

A bula da Vaxelis afirma:

DESCRIÇÃO VAXELIS

(Toxoides diftéricos e tetânicos e coqueluche acelular adsorvida, poliovírus inativado, conjugado de Haemophilus b [Conjugado Proteico Meningocócico] e vacina contra Hepatite B [Recombinante]) é uma suspensão estéril para injeção intramuscular. Cada dose de 0,5 ml é formulada para conter 15 Lf de toxoide diftérico, 5 Lf de toxoide tetânico, antígenos acelulares de coqueluche [20 mcg da toxina pertussis (PT), 20 mcg hemaglutinina filamentosa (FHA), 3 mcg pertactina (PRN), 5 mcg de fímbria 2 e 3 (FIM)], poliovírus inativados [29 unidades antigênicas D (DU) Tipo 1 (Mahoney), 7 DU Tipo 2 (MEF-1), 26 DU Tipo 3 (Saukett)], 3 mcg de fosfato de polirribosilibibol (PRP) ) de H. influenzae tipo b ligado covalentemente a 50 mcg do complexo proteico da membrana exterior (OMPC) de Neisseria meningitidis serogrupo B e 10 mcg de antígeno de superfície da Hepatite B (HBsAg).

Cada dose de 0,5 mL contém 319 mcg de alumínio dos sais de alumínio utilizados como adjuvantes.

Outros ingredientes por dose de 0,5 ml incluem… leia o folheto informativo porque o meu computador não me permite copiar e colar o resto!!!  [2

Na seção 13,1 carcinogênese, mutagênese, disfunção da fertilidade, encontramos essa irresponsabilidade descarada:

A VAXELIS não foi avaliada quanto ao potencial carcinogênico ou mutagênico ou ao comprometimento da fertilidade. [2]

Essas “palavras legais” e práticas de margem de manobra são totalmente ultrajantes!

Se uma vacina não for avaliada quanto à carcinogenicidade ou potencial mutagênico ou comprometimento da fertilidade, isso desafiaria o padrão de saúde de longa data de “não causa danos”.  Os fabricantes de vacinas devem ser obrigados por lei a publicarem se suas vacinas podem fazer isso, Congresso.  Acorde e faça seu trabalho de supervisão! 

Portanto, o CDC/FDA deve ser processado por não proteger a saúde pública, especialmente as crianças vulneráveis, cujos sistemas imunológicos não estão totalmente desenvolvidos até os 2 anos de idade!

Lembre-se, a vacina original contra a poliomielite continha o vírus símio SV-40, um carcinógeno, administrada a aproximadamente 100 milhões de crianças!

Agora é hora de desmantelar o cartel CDC/FDA e indústria farmacêutica por fraude e engano em relação à segurança das vacinas, já que as vacinas não são testadas quanto à capacidade de causar câncer, mutações ou prejudicar a fertilidade, mas são cada vez mais obrigatórias, contribuindo para esmagadoramente exponencialmente crescentes estatísticas de doenças da infância [3], enquanto “Aproximadamente 27% das crianças americanas vivem com condições crônicas de saúde”… de acordo com o CDC [4].

Na Seção 6, Reações Adversas, lemos essas descobertas perturbadoras durante os estudos da Vaxelis:

Mortes em dois estudos nos EUA: a morte foi relatada em 6 participantes (0,2%) que receberam VAXELIS e em 1 participante (0,1%) que recebeu as vacinas Pentacel + RECOMBIVAX HB; nenhuma foi avaliada como relacionada à vacina. As causas de morte entre os bebês que receberam a VAXELIS foram asfixia, hidrocefalia, causa desconhecida, sepse e 2 casos de síndrome da morte súbita do lactente (ocorrendo 1, 2, 10, 42, 44 e 49 dias após a vacinação, respectivamente). Em todos os 6 estudos clínicos, não houve mortes avaliadas em relação à VAXELIS.

Besteira! Como o CDC/FDA e a indústria farmacêutica podem escapar com uma pseudociência tão deslavada?

Agora é hora de os pais exigirem melhor supervisão e responsabilidade legal de seus membros do Congresso, que em 1986 autorizaram a indústria farmacêutica a prejudicar a saúde das crianças sem responsabilidade financeira com a NCVIA (National Childhood Vaccine Intoury Act) de 1986 (42 USC §§ 300aa). -1 a 300aa-34. Essa lei “passe livre” capacitou os fabricantes de vacinas a produzirem centenas de vacinas que NUNCA são testadas adequadamente quanto à segurança, carcinogenicidade, mutagenicidade ou comprometimento da fertilidade, ou como os medicamentos prescritos pela indústria farmacêutica.

A lei de vacinas de 1986 deve ser revogada agora e antes que qualquer outra exigência de vacina de abuso infantil com aprovação médica venha de agências de saúde federais de grande porte mantidas de forma cativa, ou seja, o HHS, CDC e FDA!

Referências:

[1] – Fierce Pharma: Sanofi, Merck win FDA nod for 6-in-1 pediatric vaccine Vaxelis
[2] – Merck: HIGHLIGHTS OF PRESCRIBING INFORMATION (PDF)
[3] – U.S. News: U.S. Kids More Likely to Die Than Kids in 19 Other Nations
[4] – Focus for Health: Chronic Illness and the State of Our Children’s Health

Leia mais:

Trigêmeos Tornam-se Autistas Dentro de Horas após a Vacinação

Adjuvantes Encontrados em Vacinas Levaram a um Aumento da Doença Autoimune

Fontes:
Blog Anti Nova Ordem Mundial: NOVA Vacina Hexavalente 6 em 1 Aprovada pelo CDC/FDA – Vaxelis® – Para Bebês
– Activist Post: NEW CDC/FDA-Approved Six-in-One Hexavalent Vaccine—Vaxelis®—For Infants

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site