Notícias Naturais

A Monsanto, a corporação mais maligna da Terra, pode ser responsável por uma deterioração mais crônica da saúde humana do que qualquer outro fabricante de alimentos e produtos químicos agrícolas. Seja a modificação genética das plantações até a pulverização delas com o conhecido glifosato cancerígeno (principal ingrediente do herbicida Roundup), as armas nucleares, as sementes terminator (elas morrem após um ano) os fertilizantes à base de petróleo e o agente laranja causador de câncer no Vietnã, você já ouviu histórias horríveis da Monsanto o suficiente para durar uma vida inteira, mesmo que essa expectativa de vida seja reduzida por consumir seus produtos químicos.

Agora, um estudo de 22 anos feito em humanos por pesquisadores do Hospital Brigham & Women’s em Harvard prova que o aspartame, outra criação da Monsanto, é responsável por doenças crônicas mortais que a maioria dos médicos culpa em qualquer coisa, menos a verdadeira causa raiz. É hora de conhecer todos os fatos e aprender sobre a pesquisa realizada.

20 fatos sobre o aspartame

* Mortes foram relatadas pelo consumo de aspartame.
* O aspartame é feito a partir das excreções de bactérias E. coli geneticamente modificadas.
* O aspartame é responsável por três vezes mais eventos adversos relatados pelos consumidores à FDA do que pelo glutamato monossódico, xarope de milho rico em frutose e transgênicos combinados.
* Dores de cabeça e enxaquecas severas são as condições mais comuns sofríveis relatadas.
* Convulsões (incluindo as epilépticas) foram relatadas, especialmente quando o aspartame é consumido com o estômago vazio, como quando as pessoas bebem refrigerantes diet em vez de tomar o café da manhã.
* O consumo de aspartame está ligado ao ganho de peso.
* O consumo de aspartame está ligado à depressão crônica.
* O consumo de aspartame está ligado à composição de poblemas de asma.
* O aspartame é encontrado em mais de 5.000 produtos.
* O aspartame é o adoçante sintético mais consumido nos EUA.
* O aspartame é composto de 40 por cento de ácido aspártico, 50 por cento de fenilalanina e 10 por cento de metanol.
* O aspartame é geneticamente modificado em laboratório.
* As excitotoxinas estimulam as células cerebrais humanas até que elas morram.
* O aspartame esgota a serotonina – o hormônio natural que controla a ansiedade.
* A perigosa combinação dos ingredientes do aspartame se converte em formaldeído (fluido de embalsamento altamente tóxico para os mortos) que se acumula no corpo.
* O consumo de aspartame está ligado ao câncer de próstata
* O consumo de aspartame está ligado ao câncer de mama.
* O aspartame é conhecido por alimentar dramaticamente outros tipos de câncer, incluindo o agravamento do câncer cerebral e o aumento dos tumores, de acordo com o estudo de 22 anos de Harvard em seres humanos.
* O aspartame pode causar e agravar a síndrome do intestino irritável (SII).
* Os homens que consomem mais do que um refrigerante dietético por dia aumentam o risco de desenvolver câncer no sangue, incluindo o mieloma múltiplo e o linfoma não-Hodgkin.
* O risco de leucemia (outro tipo de câncer no sangue) aumenta para homens e mulheres que consomem refrigerante dietético contendo aspartame.
* O aspartame alimenta a síndrome metabólica.

Aspartame – Novo estudo maciço de longo prazo, baseado em humanos, revela os perigos de se consumir o maior aditivo alimentar do planeta Terra

A loucura dos refrigerantes diet nos Estados Unidos começou há décadas, quando a grande mídia convenceu as mulheres de que ter uma figura curvilínea significava que elas eram gordas, e a única maneira de consertar era cortar todo o consumo de açúcar comendo e bebendo tudo “diet”. Dificilmente uma alma sabia que a Doença do Adoçante Artificial (DAA) estaria varrendo a nação pouco depois, e médicos a diagnosticariam erroneamente a cada momento, principalmente porque os médicos têm pouca ou nenhuma educação nutricional das escolas de medicina financiadas pelas grandes farmacêuticas.

Os consumidores que procuram cortar calorias ou ingestão de açúcar devem procurar a Stévia em vez de algo perigoso que é produzido num laboratório usando bactérias. O aspartame não só pode alimentar cânceres letais, mas também aumenta o risco de desenvolver doença cardiovascular (DC), de acordo com outro estudo alucinante realizado na Universidade de Iowa. As mulheres mais velhas que tomam esse pesadelo sintético mortal aumentam o risco de morrer de DC em 50% (e você achava que era apenas gordura animal, gordura vegetal e canola que causavam doenças cardiovasculares).

As vendas de refrigerante diet estão diminuindo devido ao aumento da conscientização dos consumidores sobre os perigos do aspartame. Se você está interessado em perder peso ou simplesmente manter seu peso ideal, simplesmente limpe o que come e bebe consumindo principalmente produtos orgânicos crus e usando adoçantes naturais com baixas calorias. Regra de ouro: nunca consuma nada feito em laboratório pelas empresas e corporações que se beneficiam financeiramente de destruir sua saúde.

Leia mais:

Por que Você Deve Evitar o Aspartame a Todo Custo

6 Razões para NÃO Tomar Refrigerante Diet

Fontes:
Natural News: CONFIRMED: Aspartame linked to blood cancers according to 22-year study conducted by researchers at Women’s Hospital at Harvard University
– Truth or Fiction: Aspartame is made from GM bacteria excrement
– Incredible Nat: Diet Soda’s Worst Fear Coming True: Massive Study links Aspartame to Major Problems
– Natural News: Artificial Sweetener Disease; a new breed of sickness
– Aspartame News: Sugar during pregnancy makes babies fat: New study links carbohydrate-rich food with childhood obesity
– Iowa Now: UI study finds diet drinks associated with heart trouble for older women

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe