Notícias Naturais

Mantenha seu Intestino Saudável com CúrcumaA cúrcuma continua a provar que seus benefícios vão além de seu uso culinário. Vários estudos ligaram a cúrcuma a uma infinidade de benefícios para a saúde, especialmente quando se trata do sistema digestivo. Milhares de relatórios e estudos analisados ​​por pares demonstraram que a cúrcuma e seu composto de cura curcumina são mais potentes na prevenção de doenças em comparação com o tratamento convencional com medicamentos.

A cúrcuma protege o corpo de problemas digestivos

Uma meta-análise de mais de 6000 estudos revelou que a curcumina presente na cúrcuma exibiu máxima eficácia na gestão de uma série de condições intestinais, incluindo a doença inflamatória intestinal, doença de Crohn e colite ulcerativa. Os dados mostraram que a suplementação com curcumina ajudou os pacientes a pararem a terapia com corticosteroides. Os corticosteroides podem induzir danos ao revestimento intestinal ao longo do tempo. Tomar suplementos de curcumina não resultou em danos intestinais em pacientes. As propriedades anti-inflamatórias do composto foram até mesmo mostradas para curar os intestinos e promover o crescimento de probióticos.

Além de ser uma potente especiaria anti-inflamatória, a cúrcuma também foi elogiada por suas fortes propriedades adstringentes. A especiaria pode ajudar a selar o intestino e o revestimento do aparelho digestivo, reduzindo assim o risco de uma condição chamada síndrome gutural gotejante. A cúrcuma também pode inibir o excesso de produção de ácido no estômago. A sobreprodução de ácidos do estômago pode levar a dor de estômago crônica e danos intestinais. O consumo regular de cúrcuma também está vinculado a probabilidades reduzidas de refluxo gastro-esofágico. A cúrcuma também mostrou propriedades protetoras contra úlceras gástricas e duodenais.

A cúrcuma também demonstrou proibir as enzimas que afetam negativamente a saúde do estômago. A cúrcuma também promove a secreção da mucosa do estômago, que por sua vez ajuda a proteger o corpo dos danos causados ​​pelo ácido gástrico e outros irritantes. A especiaria também contém uma propriedade antiespasmódica, que ajuda a relaxar os músculos digestivos lisos. Isso ajuda a manter os espasmos digestivos sob controle.

De acordo com o Global Healing Center, o composto curcumina presente na cúrcuma auxilia na digestão, mantendo os músculos lisos do trato digestivo relaxados. Isso, então, ajuda a comida passar suavemente através dos intestinos, o que desencoraja os gases e os sintomas de inchaço. A cúrcuma também demonstrou promover a excreção de colesterol, aumentando a produção de bile no fígado. A incorporação de cúrcuma em refeições ricas em fibras pode resultar em limpeza hepática mais efetiva e subsequente eliminação do colesterol.

A curcumina também facilita a regeneração e a cura das criptas colônicas. As criptas colônicas são glândulas encontradas na superfície interna do cólon. O composto da cúrcuma também demonstrou suprimir a EGR-1, uma proteína que permitiu que DNAs danificados se expressassem. A curcumina regula as células e garante que a replicação da proteína adequada ocorra.

Um estudo de 2009 publicado na revista Biochemistry and Biophysical Research Communications  também descobriu que a suplementação de cúrcuma ajudou a reverter a resistência à insulina e hiperglicemia em pacientes com diabetes. Pesquisadores da Universidade de Auburn no Alabama também descobriram que a curcumina presente na cúrcuma é até 400 vezes mais potente na melhora da sensibilidade à insulina em pacientes, em comparação com a droga do diabetes metformina. As propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes do composto também demonstraram prevenir o aparecimento de complicações relacionadas com o diabetes.

Leia também: Cúrcuma: Receita de Médica Americana é Capaz de Prevenir o Câncer

Cúrcuma desencadeia o suicídio em células de câncer de cólon

O câncer de cólon continua a ser a segunda causa mais comum de morte relacionada ao câncer nos EUA. Mais de 50 mil americanos foram afetados pelo câncer de cólon apenas em 2013. Estudos anteriores estabeleceram a eficácia da curcumina na prevenção do câncer de cólon. Para testar isso, os pesquisadores da Universidade Dalhousie, em Nova Scotia, no Canadá, examinaram três tipos de células de câncer de cólon. Os pesquisadores descobriram que o composto levou todas as três células cancerosas à auto-destruição.

Os dados também mostraram que a curcumina desencadeou um processo chamado fosforilação nas células cancerosas. O processo foi caracterizado por uma completa mudança de função e atividade em certas enzimas proteicas. Este efeito mostrou-se benéfico à medida que o estresse oxidativo foi aliviado, enquanto que a produção de anião superóxido foi promovida.

Leia mais:

35 Coisas que Você não Sabia que a Curcumina Poderia Fazer para seu Corpo

5 Receitas para Comer e Beber a Cúrcuma

Fontes:
Tudo Saudável: Mantenha seu Intestino Saudável com Cúrcuma
Natural News: Keep your gut healthy with this amazing “super spice”
– Global Healing Center: Can Turmeric Support Gut Health?
– Botanical: Turmeric For Liver & Digestive Health
Natural News: Curcumin causes colon cancer cells to self-destruct

3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe