Notícias Naturais

Se você estiver se sentindo apático ultimamente, pode não ser apenas você – pode ser sua medicação para a dor. Pesquisas anteriores mostraram que tomar analgésicos vendidos sem prescrição médica como o Tylenol pode entorpecer sua capacidade de sentir empatia pela dor dos outros. Agora, um impressionante segundo estudo confirma que medicamentos comuns como o Tylenol estão de fato alterando seu cérebro e eliminando sua capacidade de sentir empatia pelos outros. Os pesquisadores ainda apelidam o acetaminofeno (o nome genérico do Tylenol) como um “analgésico social”.

O acetaminofeno está no mercado há décadas e é um medicamento de venda livre. Você não precisa de receita médica para isso, você não precisa consultar um médico; você pode comprá-lo quando quiser. E estamos agora aprendendo sobre quais efeitos o medicamento realmente tem sobre o cérebro.

Os cientistas ainda não sabem como o paracetamol funciona para reduzir a dor. Se eles nem sequer entenderem como o medicamento funciona, eles não podem honestamente alegar entender o escopo completo dos efeitos colaterais do medicamento. Isto é quão pouco sabemos sobre um dos medicamentos mais usados no país (e provavelmente no mundo). E mesmo assim, está prontamente disponível para compra em todas as farmácias, postos de gasolina e lojas de esquina.

Cientistas confirmam que o acetaminofeno elimina a empatia

Como relata o site Green Med Info, vários estudos destacaram os riscos dos analgésicos de venda livre nos últimos anos. Em 2016, uma equipe de pesquisadores da Ohio State University realizou uma bateria de testes para avaliar os efeitos do paracetamol no estado emocional. O estudo de duas partes contou com mais de 200 estudantes universitários – e o que a equipe encontrou foi surpreendente.

Do outro lado do quadro, as pessoas que receberam acetaminofeno mostraram uma redução significativa em sua capacidade de sentir empatia pela dor dos outros – tanto que alguns até sugeriram que o medicamento transforma as pessoas em “zumbis”.

Agora, um segundo estudo do estado de Ohio confirmou esses efeitos colaterais indesejados. Desta vez, os pesquisadores analisaram o efeito do acetaminofeno na capacidade das pessoas de sentir empatia positiva. Como a equipe observa, acredita-se que o paracetamol funciona reduzindo a atividade em áreas do cérebro que, acredita-se, desempenham um papel na consciência emocional e na motivação.

Os pesquisadores relatam:

Nós testamos essa hipótese em um experimento de dupla ocultação, controlado por placebo. Especificamente, administramos 1.000 mg de acetaminofeno ou um placebo e medimos os efeitos em diferentes medidas de empatia positiva, enquanto os participantes liam cenários sobre as experiências edificantes de outras pessoas. Os resultados mostraram que o paracetamol reduzia o prazer pessoal e os sentimentos empáticos de outras pessoas em resposta a esses cenários.

Em outras palavras, os pesquisadores do estado de Ohio descobriram que o paracetamol entorpece sua capacidade de sentir empatia em ambas as extremidades do espectro. Isso perturba sua capacidade de sentir a dor dos outros – assim como sua capacidade de compartilhar sua alegria. Os cientistas dizem que o consumo excessivo de acetaminofeno poderia muito bem levar a impactos sociais substanciais.

Eliminando mais que dor

Sayer Ji, do site Green Med Info, postula que qualquer medicamento destinado a aliviar a dor em um nível sintomático, em vez de abordar a causa da dor, deve causar problemas de compaixão e consideração. Ji afirma que os medicamentos psiquiátricos representam uma ameaça semelhante à saúde emocional.

Colocar um “bandaid” no problema tomando um medicamento para mudar a percepção do seu cérebro da dor, na verdade, não faz o problema desaparecer. Essencialmente, esses medicamentos simplesmente “desligam” certas áreas do cérebro – o que não parece uma cura.

Além de eliminar a empatia, o acetaminofeno também é conhecido por outro efeito colateral indesejado: dano ao fígado. O Tylenol pode ser vendido no balcão da farmácia, mas ainda é uma potente toxina para o fígado. O acetaminofeno é uma das principais causas de insuficiência hepática nos Estados Unidos – um fato que é varrido para debaixo do tapete pela indústria farmacêutica corrupta. Muitas pessoas estão se envenenando com essa droga diariamente, e a maioria nunca saberá o quão perigosa ela é realmente.

Leia mais:

Tylenol, uma Droga Psicótica? Estudo Revela que Além da dor, o Medicamento Elimina Emoções

O Paracetamol é o Analgésico Mais Perigoso de Todos?

Fontes:
Natural News: Is Tylenol killing your soul? Studies confirm pain-killer reduces empathy
– GreenMedInfo: Consumer Alert: Tylenol’s Empathy-Killing Properties Confirmed in 2nd Study
– NCBI: A Social Analgesic? Acetaminophen (Paracetamol) Reduces Positive Empathy
– Daily Mail: Tylenol can taint your views on other people by numbing out your ‘positive empathy,’ study suggests

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe