Notícias Naturais

Não é novidade que medicamentos farmacêuticos vêm com efeitos colaterais prejudiciais, como aumentar o risco de vários problemas de saúde, como ataque cardíaco. Uma revisão sistemática publicada no BMJ confirmou que o uso de anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) pode aumentar o risco de um ataque cardíaco.

Embora a ligação entre os AINEs e os problemas cardíacos tenha sido bem estabelecida, o momento do risco, o efeito da dose, a duração do tratamento e os riscos comparativos entre os AINEs ainda não foram totalmente compreendidos. Portanto, uma equipe de pesquisadores do Canadá, Finlândia e Alemanha realizou uma revisão sistemática para analisar esses fatores.

Para a revisão, a equipe de pesquisa adquiriu uma coorte de 446.763 indivíduos, dos quais 61.460 destes tiveram um ataque cardíaco.

Com os dados coletados, os pesquisadores descobriram que tomar qualquer dose de AINEs por uma semana, um mês ou mais de um mês estava associado a um aumento do risco de ataque cardíaco. Na primeira semana de uso de AINEs como diclofenaco, naproxeno e rofecoxibe, o risco de ataque cardíaco aumentou em 99%. Tomar ibuprofeno e celecoxibe dentro de uma semana pode aumentar o risco de ataque cardíaco em 97% e 92%, respectivamente.

A probabilidade de aumento do risco de ataque cardíaco associado ao uso de AINEs como diclofenaco, naproxeno e rofecoxibe é de 99 por cento. Tomar ibuprofeno e celecoxibe por um a sete dias tem uma probabilidade de aumento do risco de ataque cardíaco de 97% e 92%, respectivamente. Além disso, a equipe observou que uma dose maior de qualquer AINE está associada a um maior risco de ataque cardíaco. Além disso, eles descobriram que o risco de ataque cardíaco foi maior durante o primeiro mês de uso de AINEs e com doses mais altas.

Com esses resultados, a equipe de pesquisa concluiu que todos os AINEs podem de fato aumentar o risco de um ataque cardíaco e que o risco aumenta com doses mais altas.

Os prescritores devem considerar a ponderação dos riscos e benefícios dos AINEs antes de instituírem o tratamento, especialmente para doses mais altas“, escreveram os pesquisadores.

Alternativas mais seguras para os AINEs

Os AINEs são os medicamentos mais prescritos para o tratamento da artrite. Estes também são usados ​​para aliviar ou reduzir a dor e a inflamação. Embora sejam eficazes, representam uma ameaça à saúde, causando sérios efeitos colaterais, como sangramento gastrointestinal, ataque cardíaco e danos nos rins. Em vez de tomar essas pílulas, considere estas alternativas mais seguras para os AINEs:

Gengibre: O gengibre tem sido utilizado como medicamento tradicional no tratamento da dor causada pela inflamação. Esta erva pungente contém compostos chamados gingerois, que têm poderosas propriedades anti-inflamatórias. Em comparação com os AINEs, também é menos provável que cause irritação gastrointestinal. Cerca de duas a quatro gramas (g) de gengibre é normalmente usado para tratar a inflamação.

Cúrcuma: Assim como o gengibre, a cúrcuma é usada tanto como uma erva culinária e medicinal. Tem sido amplamente utilizada na medicina tradicional chinesa e Aiurveda como um remédio para o tratamento de distúrbios inflamatórios, como colite ulcerativa e osteoartrite. Seu efeito anti-inflamatório vem do seu composto ativo chamado curcumina, que também dá sua cor amarela. Os pesquisadores da Universidade de Maryland Medical Center revelaram que a curcumina combate a inflamação, impedindo a produção de compostos inflamatórios. A dose típica de cúrcuma é de um a três gramas por dia. No entanto, não tome com AINEs ou outros medicamentos para afinar o sangue, pois pode aumentar o risco de hemorragia.

Casca de salgueiro: A casca de salgueiro, derivada da casca do salgueiro branco, é um potente remédio anti-inflamatório – graças ao seu teor de salicina, que é também o ingrediente ativo da aspirina. Esta erva é um remédio eficaz para reduzir a dor e inflamação provocada pela osteoartrite e outras condições inflamatórias, como cólicas menstruais, dor de dente, queimaduras e ferimentos leves. A dose média de salicina é de 60 miligramas (mg) para 120 mg diários.

Leia mais:

8 Remédios Caseiros Mais Poderosos e Eficazes que Você Pode Usar em vez do Ibuprofeno

Você Toma Muito Ibuprofeno? Medicamento Pode Causar Úlceras Estomacais e até Ataque Cardíaco, de Acordo com Novo Estudo

Fontes:
Natural News: PROVEN: Taking NSAIDs can dramatically increase your risk of a heart attack
– Science News: NSAID consumption associated with an increased risk of myocardial infarction
– BMJ: Risk of acute myocardial infarction with NSAIDs in real world use: bayesian meta-analysis of individual patient data
– Live Strong: Natural NSAID Alternatives

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe