Notícias Naturais

A cúrcuma tem sido usada em alimentos e medicamentos há milhares de anos. Agora, um crescente corpo de pesquisas mostrou que esse precioso tempero pode ajudar a combater o Alzheimer – não apenas como preventivo, mas como cura. Com estimativas sugerem que quase 14 milhões de adultos nos Estados Unidos serão afetados pelo Alzheimer em 2050, o potencial da cúrcuma para tratar e prevenir esta condição debilitante não pode ser ignorado pela medicina tradicional por mais tempo. Os especialistas estão descrevendo os efeitos da cúrcuma em pacientes de Alzheimer como “notáveis”.

A cúrcuma, assim como outras plantas medicinais, tem sido largamente ignorada graças ao domínio da indústria farmacêutica na medicina moderna, mas os cientistas estão começando a despertar para o fato de que as plantas medicinais existem – e superam as misturas da indústria farmacêutica em qualquer dia da semana.

Um estudo encontra promessa na cúrcuma sobre o Alzheimer

Como Sayer Ji do site Green Med Info observa, a cúrcuma tem sido um marco na Índia há mais de 5.000 anos. Até hoje, as áreas urbanas e rurais do país exibem algumas das taxas mais baixas de Alzheimer no mundo. Pesquisas recentes mostraram que tomar um suplemento diário de cúrcuma durante três meses produziu benefícios consideráveis ​​em pacientes de Alzheimer.

Os pacientes receberam uma dose diária de 764 miligramas de cúrcuma, contendo 100 miligramas de curcumina. A curcumina é um composto ativo encontrado na cúrcuma, e é altamente considerado por seus benefícios para a saúde.

Como relata o site Green Med Info, os autores do estudo observaram melhorias substanciais na irritabilidade, agitação, ansiedade e apatia dos pacientes. Após um ano de suplementação, os autores relatam que os pacientes começaram a reconhecer novamente os familiares.

O estudo produziu resultados muito impressionantes, mas teve uma grande desvantagem: apenas três pacientes foram incluídos. Mas o corpo de pesquisa sobre a cúrcuma (ou curcumina) e o Alzheimer continua a crescer. “Este estudo ilustra o quão poderosa pode ser uma simples intervenção natural usando uma erva culinária comprovada“, afirma Ji.

A curcumina desempenha um papel vital

A curcumina é conhecida por sua capacidade de ajudar a eliminar o câncer, afastar doenças neurodegenerativas e muito mais – por isso, não é de surpreender que os pesquisadores estejam analisando mais profundamente os benefícios cerebrais do composto. Como o site Natural Health 365 explica, os cientistas acreditam que a curcumina demonstra seus efeitos, aumentando os processos associados à sinalização química em células e genes, bem como reforçando a resistência do organismo à inflamação e ao estresse.

Além desses benefícios, acredita-se que a curcumina ajuda a proteger as células cerebrais contra o envelhecimento prematuro. O composto auxilia a saúde do cérebro, bem como previne os danos às células associadas ao Alzheimer. Conforme relatado pelo Natural Health 365:

A curcumina se liga a proteínas tóxicas que podem aparecer no cérebro e impede que formem placas perigosas. Também reduz o estresse oxidativo e os danos, reduz o colesterol, reduz as moléculas sinalizadoras inflamatórias, promove a limpeza e induz mecanismos protetores dentro do cérebro.

Um artigo de 2008 de pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia identifica a curcumina como uma fonte primordial de melhoria em pacientes com Alzheimer. Os autores escrevem que a ação antioxidante, anti-inflamatória e lipofílica da curcumina é fundamental para seus efeitos benéficos. De fato, a cúrcuma e seus compostos ativos têm sido associados a uma série de benefícios para a saúde devido a esses efeitos.

Os pesquisadores afirmaram ainda: “Devido a vários efeitos da curcumina, tais como placas beta-amiloides diminuídas, degradação retardada de neurônios, quelação de metais, compostos anti-inflamatórios, antioxidantes e diminuição da formação de micróglia, a memória geral em pacientes com Alzheimer melhorou.”

A equipe conclui que a curcumina é um tratamento “promissor” para o Alzheimer. A curcumina foi anunciada como uma cura milagrosa para uma série de doenças e condições.

Leia mais:

[Estudo] Ingerir Cúrcuma por Apenas um Mês Reduz Dramaticamente o Risco de Alzheimer

Estudo Revela que a Curcumina Aumenta a Função Cognitiva

Fontes:
Natural News: Curcumin shows tremendous promise in curing Alzheimer’s disease
– Natural Health 365: Stop Alzheimer’s disease with curcumin
– Green Med Info: Turmeric Produces ‘Remarkable’ Recovery in Alzheimer’s Patients

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe