Notícias Naturais

Os neurologistas ainda lutam para identificar a causa exata da depressão clínica, mas eles supõem  que a inflamação crônica pode ser um fator que contribui para esta doença debilitante. Ao contrário da inflamação encontrada em uma lesão física ou artrite, a inflamação cerebral não causa nenhuma dor, pois o cérebro não tem receptores de dor. Isso não significa que a inflamação não esteja lá – apenas que o dano é essencialmente escondido do seu aviso até que seja tarde demais.

A inflamação crônica é em grande parte causada por hábitos de vida pouco saudáveis, como má alimentação, falta de exercícios físicos e sono inadequado, entre outros. Esses comportamentos, embora aparentemente inconsequentes inicialmente, alimentam a resposta da inflamação. Lembre-se de que a inflamação não é necessariamente ruim – é a maneira de o corpo combater infecções agudas e facilitar uma resposta de sobrevivência. No entanto, quando seu corpo fica cronicamente inflamado, ele não tem tempo para recuperar-se e recuperar o equilíbrio.

Há provas contundentes de que a inflamação cerebral pode causar danos físicos ao cérebro. Aqueles com inflamação cerebral crônica geralmente têm amígdalas menores, a área do cérebro responsável pela sua resposta ao estresse. Isso aumenta o risco de certas doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson e esclerose múltipla.

Então, qual é a sua conexão com a depressão?

Existe uma teoria chamada modelo de citocina da depressão que afirma que a inflamação destrói os tecidos e altera a função cerebral. Isso, então, leva a uma maior probabilidade de letargia grave, perda de memória, falta de interesse e, sim, depressão.

De fato, os médicos afirmam que os inibidores seletivos de recaptação de serotonina (SSRIs) – o antidepressivo mais prescrito – são apenas moderadamente eficazes porque são anti-inflamatórios, e não por sua capacidade de aumentar a serotonina, que é sua finalidade original.

Tome nota que a comunidade médica ainda opera sob a suposição de que a depressão é causada por baixos níveis de certas substâncias químicas do cérebro, como a serotonina e a dopamina. Este modelo torna mais fácil para a indústria farmacêutica prescrever medicamentos prejudiciais para “corrigir” o desequilíbrio, embora este modelo seja apenas uma teoria – e muito ruim.

Acalme a inflamação cerebral com nutrição

A inflamação não é um estado de tudo ou nada. É um continuum. Você precisa de um certo nível de atividade inflamatória para sobreviver, mas você quer minimizar a inflamação depois que ela sai do controle e seus efeitos começam a se tornar contraproducentes.

A melhor maneira, e talvez a mais fácil, de fazer isso é através da nutrição.

A dieta mediterrânea
Este plano alimentar é considerado um dos mais eficientes na redução da inflamação, tanto em seu corpo como para seu cérebro. Isso pode ser atribuído à alta quantidade de flavonóis, compostos anti-inflamatórios, encontrados nos alimentos incluídos na dieta.

O que incluir
Se você não quiser seguir rigorosamente a Dieta Mediterrânea, a maneira mais simples de melhorar sua saúde é aumentar os alimentos que contêm ácidos graxos essenciais (EFAs) ômega-3 e reduzir os alimentos que contêm EFAs pró-inflamatórios ômega-6. Isso significa comer mais peixes de água fria, como salmão, cavala e sardinha, e evitar fontes primárias de ômega-6, como o óleo de canola.

Evite carboidratos processados
O açúcar branco e farinha branca são alimentos que foram despojados de seus nutrientes. Pior, eles aumentam a inflamação do cérebro, interferem na comunicação das células cerebrais e podem até mesmo causar a morte das células cerebrais.

Beba chá verde
Qualquer tipo de chá é benéfico para a saúde, mas o chá verde é a melhor bebida anti-inflamatória. Isto é devido às grandes quantidades de galato de epigalocatequina (EGCG) encontradas na bebida. O EGCG foi estudado e demonstrou passar pela barreira hemato-encefálica e proteger as células cerebrais de danos.

A inflamação cerebral significa que seu cérebro está se degenerando muito rápido. Não espere que os sintomas ocorram antes de fazer qualquer coisa. Tome medidas preventivas agora, corrigindo seus hábitos de vida e aprendendo mais sobre a depressão.

 

Leia mais:

[Estudo] Homeopatia é uma Terapia Eficaz para Ansiedade e Depressão

Como a Vitamina D Auxilia a Saúde Cerebral e Trabalha para Reduzir o Risco de Depressão

Fontes:
– Natural News: Your depression may be caused by chronic brain inflammation
– Be Brain Fit: Brain Inflammation: Symptoms, Causes, How to Reduce It
– Susan White Chiropratic: Is your brain on fire? Symptoms of brain inflammation
– NCBI: Inflammation in neurodegenerative diseases

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe