Notícias Naturais

O fato de que a cúrcuma pode ajudar a combater o câncer não é exatamente uma novidade, mas um estudo publicado recentemente ressalta a sua superioridade, demonstrando o potencial do tempero asiático para atingir alguns dos mais mortais tipos de câncer, deixando as células saudáveis sem serem perturbadas.

A curcumina, o constituinte mais ativo da cúrcuma, é um poderoso antioxidante e é responsável pela maior parte dos benefícios mágicos da especiaria para a saúde. Estudos já mostraram, por exemplo, que a curcumina pode reduzir a taxa de crescimento da progressão tumoral do câncer de próstata pela metade. Outros estudos descobriram que a suplementação com curcumina pode levar a um declínio de 36 por cento no tamanho do tumor pulmonar e uma redução de 40 por cento no desenvolvimento do câncer de cólon.

Em um novo estudo publicado no Proceedings of National Academy of Sciences, os pesquisadores usaram modelos para mostrar como a cúrcuma pode inibir a enzima DYRK2. Com a ajuda da cristalografia de raios-x, eles obtiveram imagens 3-D que mostram a ligação da curcumina a esta enzima atomicamente.

Você pode estar se perguntando por que deveríamos estar empolgados com isso. Acontece que a inibição da enzima DYRK2 impede que os complexos proteicos conhecidos como proteassomas estejam envolvidos no desenvolvimento do câncer. Essa ação interfere na proliferação de células cancerígenas, reduzindo tumores e retardando o crescimento do câncer.

Esta é uma ótima notícia para os portadores de câncer viciado em proteassomas, como câncer de mama triplo-negativo e mieloma múltiplo. Estes canceres dependem dos proteassomas que a curcumina inibe para a sua sobrevivência. Embora existam inibidores de proteassoma farmacêuticos, eles têm o efeito indesejável de também danificar as células não cancerosas ao mesmo tempo.

A curcumina, por outro lado, faz isso sem danificar as células saudáveis. Além disso, ela carrega muito poucos efeitos colaterais e pode fazer o trabalho em doses menores.

Talvez ainda mais excitante, esta não é a única maneira que a curcumina ajuda a combater o câncer. Ela também pode impedir que os vasos sanguíneos que dão vida aos tumores cresçam e se desenvolvam, e pode desligar os genes que promovem o desenvolvimento de tumores. Ao mesmo tempo, ela pode ajudar o sistema imunológico do seu corpo a encontrar e destruir quaisquer células malignas.

Além disso, a curcumina pode interromper a produção das moléculas de adesão que permitem que as células cancerígenas se colem às paredes das células. Ela também protege o DNA celular de incorrer em mutações cancerosas de toxinas ambientais e radiação. Em outras palavras, a curcumina adota uma abordagem multifacetada no combate ao câncer, aparentemente tentando pará-lo a cada passo.

Leia também: Um Crescente Corpo de Evidências Está Apoiando os Benefícios da Curcumina para a Saúde

Obtendo benefícios da cúrcuma para a saúde

Em teoria, a cúrcuma tem muitas qualidades que podem ajudar a combater o câncer. Adicionar este tempero à sua comida não vai doer, mas é importante ter em mente que existem alguns problemas de biodisponibilidade; encher sua comida de cúrcuma não significa necessariamente que você está ingerindo grandes quantidades de curcumina.

Quando você come a cúrcuma, a curcumina é quebrada pelo seu corpo muito rapidamente e é eliminada. Os pesquisadores estão trabalhando no desenvolvimento de métodos de absorção de curcumina que dão às pessoas os maiores benefícios possíveis. Por enquanto, os suplementos são uma das melhores opções, desde que você se atenha a produtos potentes e de alta qualidade, orgânicos e provenientes de fontes confiáveis. Alguns oferecem pelo menos 95% de curcuminoides, o que é muito impressionante.

Um composto conhecido como piperina que é encontrado na pimenta preta pode melhorar drasticamente a absorção da cúrcuma pelo seu corpo, então procure por suplementos que também contenham piperina ou adicione pimenta preta a qualquer alimento que você cozinhar com cúrcuma.

Além disso, por ser solúvel em gordura, é melhor absorvida quando é consumida junto com alguma gordura saudável. É por isso que muitas pessoas fazem leite dourado (receita aqui) combinando o tempero com o leite e aquecendo-o. Usar a cúrcuma em pratos com leite de coco é outra ótima maneira de aumentar a absorção. Acredita-se também que o aquecimento aumenta a solubilidade da curcumina.

A cúrcuma é segura em geral, mas aqueles com problemas no ducto biliar ou cálculos biliares devem evitá-la. Também é importante discutir com seu médico se você está fazendo quimioterapia, pois pode interferir com certos medicamentos quimioterápicos.

Leia mais:

[Faça Você Mesmo] Leite Dourado – Uma Bebida Milagrosa para a Saúde

Pesquisadores Exploram Como a Curcumina age contra o Câncer em Nível Atômico

Fontes:
– Natural News: Curcumin targets aggressive and lethal forms of cancer while leaving noncancerous cells unharmed
– Natural Health 365: Curcumin stops cancer cell growth, NEW scientific discovery
– Natural News: Researchers explore how curcumin works against cancer at an atomic level

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe