Notícias Naturais

Uma revisão publicada no Journal of the American Osteopathic Association advertiu que o uso excessivo de protetor solar pode levar a uma deficiência de vitamina D. Pesquisadores afirmaram que o uso excessivo de protetor solar contribuiu para quase um bilhão de pessoas em todo o mundo que são deficientes na vitamina. Kim Pfotenhauer, pesquisadora do estudo e professora assistente da Touro University, disse ao site Science Daily: “As pessoas estão gastando menos tempo ao ar livre e, quando saem, normalmente usam protetor solar, o que essencialmente anula a capacidade do corpo de produzir vitamina D.

Ela ainda expôs afirmando que os filtros solares que estão acima do FPS 15 diminuíram a produção de vitamina D3 em 99%. “Embora queremos que as pessoas se protejam contra o câncer de pele, existem níveis saudáveis ​​e moderados de exposição solar desprotegida que podem ser muito úteis para aumentar a vitamina D“, acrescentou Pfotenhauer.

Essas estratégias, disse Pfotenhauer, podem ser tão fáceis e simples quanto passar de cinco a 30 minutos ao sol do meio-dia duas vezes por semana sem protetor solar. Isso deve ser ajustado de acordo com sua localização geográfica e pigmentação da pele – pessoas com pele mais clara tendem a sintetizar mais vitamina D do que aquelas com tons mais escuros. Isso poderia explicar por que 95% dos adultos afro-americanos têm deficiência de vitamina D, observaram os pesquisadores. Outra recomendação seria aumentar o consumo de suplementos de vitamina D.

Você não precisa ir tomar banho de sol na praia para obter os benefícios“, escreveu a Dra. Pfotenhauer. “Um simples passeio com braços e pernas expostos é suficiente para a maioria das pessoas.

Leia também: Protetor Solar Está Matando as Pessoas Bloqueando a Produção de Vitamina D, a qual Previne o Câncer, Diabetes, Doenças Renais e Mais

Lá vem o sol: absorva a vitamina do sol

A vitamina D é sintetizada pelo corpo quando ele é exposto à luz solar. Mais um hormônio do que uma vitamina, ela é necessária para uma variedade de funções corporais essenciais, incluindo o crescimento celular, a função neuromuscular e a redução da inflamação. O consumo adequado de vitamina D é importante para a regulação do cálcio, o que significa que ela é crucial para a manutenção de ossos e dentes saudáveis. Níveis amplos de vitamina D também estão ligados à prevenção de várias condições, como diabetes tipo 1 e 2 e esclerose múltipla.

As pessoas que são de cor mais escura ou que vivem em climas mais frios correm mais risco de desenvolver uma deficiência de vitamina D. Um guia abrangente de saúde divulgado pelo site Patient afirma que a deficiência de vitamina D entre adultos britânicos é muito comum, com um em cada seis indivíduos sem vitamina. Infelizmente, a maioria das pessoas nem sabe que é deficiente até se tornar grave. Entre os adultos, pode-se suspeitar de uma deficiência de vitamina D se a pessoa se queixa constantemente de um mal-estar geral junto com dores vagas ao redor do corpo. Em casos mais críticos, as pessoas podem apresentar dificuldades em ficar em pé ou subir escadas. Isto é conhecido como osteomalacia, que é caracterizada por uma caminhada “bamboleante” e descreve um amolecimento preocupante dos ossos causado pela desmineralização e depleção de cálcio. A osteomalacia está ligada a uma deficiência de vitamina D.

O prognóstico para uma deficiência de vitamina D, no entanto, é geralmente excelente. As pessoas que não têm a vitamina geralmente podem retornar aos níveis normais por meio de mudanças simples no estilo de vida. Os profissionais de saúde dizem que pode levar tempo para os ossos se recuperarem e melhorem os sintomas de dor.

Atualmente, os níveis de vitamina D estão sendo cada vez mais ligados a outras doenças e enfermidades. “A ciência tem tentado encontrar uma correlação entre os níveis de vitamina D e doenças específicas“, disse a Dra. Pfotenhauer. “Dado o papel onipresente da vitamina D no corpo, acredito que a vitamina D suficiente é mais sobre a saúde geral. Nosso trabalho como médicos osteopatas é reconhecer aqueles pacientes que precisam ser testados e tratá-los de acordo. ”

Leia mais:

Evidências Crescentes Provam que Níveis Mais Altos de Vitamina D Reduzem o Risco de Câncer de Mama

[Estudo] Trate o Câncer de Fígado com as Propriedades Anti-Inflamatórias da Vitamina D

Fontes:
– Natural News: Excessive use of sunblock can lead to vitamin D deficiency
– Science Daily: Widespread vitamin D deficiency likely due to sunscreen use, increase of chronic diseases, review finds
– Science World Report: Sunscreens Can Cause Vitamin D Deficiency, Study Suggests
– Medical News Today: What are the health benefits of vitamin D?
Vitashine D3: Vitamin D Deficiency (PDF)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe