Notícias Naturais

A cúrcuma, um alimento básico na Índia e na Tailândia, não é apenas deliciosa, mas também melhora a memória e previne doenças neurodegenerativas nos anos posteriores, segundo pesquisadores da  Universidade da Califórnia, em Los Angeles. (UCLA). O estudo de dupla ocultação, publicado no  American Journal of Geriatric Psychiatry, analisou os efeitos da curcumina, um derivado polifenólico da cúrcuma, na melhora do humor e da atenção de adultos mais velhos que apresentam sinais habituais de envelhecimento ou distúrbios cognitivos leves.

Exatamente como a curcumina exerce seus efeitos não é certo, mas pode ser devido à sua capacidade de reduzir a inflamação cerebral, que tem sido associada tanto ao Alzheimer como à depressão“, explicou o Dr. Gary Small, primeiro autor do estudo, um diretor de psiquiatria geriátrica no Centro de Longevidade da UCLA, em um artigo na  Newswise.

Os efeitos terapêuticos da curcumina foram estabelecidos há muito tempo. Estudos anteriores afirmaram que, além de suas propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, também é conhecida por proteger o cérebro de vários distúrbios cerebrais, como o Alzheimer, a depressão maior e a epilepsia. Além disso, a curcumina comprovadamente reduz o risco de hipertensão, reduz o colesterol, previne tumores e certos tipos de câncer, diminui o inchaço, controla a diabetes, reduz a psoríase, previne perigosos coágulos sanguíneos e protege o fígado de toxinas.

Para o estudo, os pesquisadores projetaram um estudo randomizado, de dupla ocultação e de dois grupos que comparou o placebo com um suplemento de curcumina biodisponível. A equipe selecionou 46 sujeitos elegíveis de um total de 259 voluntários em potencial. Os indivíduos tinham entre 50 e 90 anos de idade, não tinham indicador de nenhuma doença neurodegenerativa e puderam participar de testes subsequentes.

Antes de iniciar o teste, uma avaliação “base” registrou os sinais vitais dos participantes, frequência cardíaca e funções hormonais. Após o teste inicial, os indivíduos foram randomizados para tomar placebo ou curcumina duas vezes por dia. O estudo durou 18 meses, com a função cognitiva dos participantes avaliada a cada seis meses usando vários testes.

A memória verbal foi testada usando o Buschke Selective Reminding Test (SRT), onde um sujeito foi apresentado a um conjunto de palavras e, em seguida, pediu para relembrá-las imediatamente. A codificação (a capacidade de processar novas informações) foi avaliada de maneira semelhante. A memória visual e a atenção dos sujeitos também foram testadas, durante esse período. Depois de concluir o estudo, retirou-se sangue dos indivíduos para determinar quaisquer alterações nos dados genéticos.

Resultados após a conclusão do estudo indicaram que os participantes que tomaram curcumina melhoraram significativamente a sua função cognitiva do que aqueles que receberam o placebo – em particular, eles tiveram melhor recordação, memória visual e atenção do que o grupo placebo.

Após o exame da atividade cerebral dos participantes, os pesquisadores também encontraram diferenças significativas entre aqueles que tomaram curcumina sobre aqueles que receberam placebo. No início do estudo, não houve diferenças significativas observadas no hipotálamo dos grupos. No entanto, testes mostraram que a curcumina foi capaz de manter o acúmulo de amiloide e tau no cérebro, o que ajudou a regular o humor e a memória.

Com os resultados, os pesquisadores concluíram que o consumo diário de curcumina ajuda a melhorar o declínio da memória relacionada à idade, bem como diminuir a probabilidade de neurodegeneração.

Estes resultados sugerem que tomar esta forma relativamente segura de curcumina poderia fornecer benefícios cognitivos significativos ao longo dos anos“, disse Small.

Leia mais:

Cúrcuma: O Superalimento do Celíaco?

Pesquisadores Exploram Como a Curcumina age contra o Câncer em Nível Atômico

Fontes:
– Natural News: Improve memory and mood with curcumin: Study finds it boosts cognitive function in those with mild, age-related memory loss
– Science News: Curcumin found to improve memory and mood in people with mild, age-related memory loss
– Science Daily: Curcumin improves memory and mood
– News Wise: Curcumin Improves Memory and Mood, New UCLA Study Says
The American Journal of Geriatric Psychiatry: Memory and Brain Amyloid and Tau Effects of a Bioavailable Form of Curcumin in Non-Demented Adults: A Double-Blind, Placebo-Controlled 18-Month Trial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe