Notícias Naturais

Em 2005, a taxa de pacientes com doenças crônicas quase duplicou, passando de sete por cento para 13 por cento – isto começou a acontecer nove anos antes, quando os organismos geneticamente modificados (OGM) foram introduzidos. Embora o governo dos EUA aprove o alimento geneticamente modificado, nem mesmo eles podem esconder o fato de que ele tem muitos efeitos adversos em humanos, animais e no meio ambiente. Tais produtos causaram numerosos problemas de saúde que muitas vezes levaram a complicações mais sérias e a longo prazo devido aos seus altos níveis de toxicidade. O pior é como os produtos transgênicos deixam traços dentro do corpo, o que só afeta negativamente o sistema – por exemplo, descobriu-se que uma mulher grávida e seu feto carregavam inseticida tóxico do milho transgênico dentro de seus corpos.

De acordo com a American Academy of Environmental Medicine (AAEM), os animais que receberam dietas transgênicas mostraram danos nos órgãos, distúrbios gastrointestinais e do sistema imunológico, envelhecimento acelerado e infertilidade. Além disso, os transgênicos afetam amplamente o meio ambiente, liberando diferentes misturas de toxinas e substâncias químicas que não podem ser recuperadas. O Roundup, conhecido herbicida da Monsanto, é um exemplo perfeito do que prejudica o ecossistema. Ele reduz a biodiversidade e polui a água. O Roundup e outras marcas de herbicidas oferecem não apenas um atalho para a produção, mas também um atalho para acabar com vidas, destruindo e substituindo tudo o que é natural.

Nenhuma pessoa merece ser submetida a produtos geneticamente modificados, razão pela qual mais e mais os pequenos cultivadores estão reagindo, produzindo produtos totalmente orgânicos. Melhor ainda, os produtos estão sendo rotulados como livres de transgênicos no mercado, o que torna mais fácil para os consumidores escolherem as opções mais saudáveis ​​e melhores.

Para se proteger dos transgênicos, essas cinco dicas são dignas de nota.

1 – Escolha produtos orgânicos.
2 – Fique longe de produtos como milho, soja, canola e sementes de algodão, pois eles são geralmente as culturas geneticamente modificadas.
3 – Evite consumir alimentos embalados. Cerca de 80% desses alimentos contêm transgênicos.
4 – Escolha comer em casa para ter mais controle sobre o que você consome.
5 – Consulte o guia de compras de alimentos não transgênicos para o próximo dia de compras.

Enquanto isso, muitas pessoas já ingeriram alimentos transgênicos. Embora esta seja uma má notícia, ainda existem maneiras de desintoxicar-se de transgênicos, pesticidas e outras toxinas que entraram no corpo.

1 – Reidrate-se bebendo muita água purificada.
2 – Coma uma dieta rica em fibras e frutas com pectina.
3 – Tente substituir uma refeição por uma bebida de desintoxicação feita naturalmente.
4 – Desfrute de uma massagem.
5 – Incorpore argila bentonita em sua bebida.
6 – Tome chá verde em vez de café.

Não importa o quão assustador seja o uso excessivo de transgênicos e/ou herbicidas como o Roundup, sempre haverá esperança, pois os defensores contra eles estão aumentando. O mais importante em situações como essa é estar alerta, estar ciente e também compartilhar o conhecimento com os outros.

Leia mais:

[Estudo] Reverta 28 Doenças Eliminando os Transgênicos da sua Dieta

12 Alimentos que Você Não Precisa Comprar Orgânicos

Fontes:
Natural News: Healing from GMOs and Roundup: How to protect yourself and your family
– IRT: 10 Reasons to Avoid GMOs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe