Notícias Naturais

Um estudo publicado no American Journal of Respiratory e Critical Care Medicine apontou para o acetaminofeno como um fator de risco significativo para asma e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entre outras condições pulmonares.

O acetaminofeno, também conhecido como paracetamol, é um medicamento usado para tratar a febre e proporcionar alívio da dor moderada. É um ingrediente ativo em muitos medicamentos comuns, incluindo supressores de tosse e medicamentos para resfriado. Sua marca mais popular é o Tylenol.

Os pesquisadores, que vieram da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, acompanharam 13.500 adultos dos EUA. Todos os indivíduos foram solicitados a fornecer informações sobre o uso de paracetamol, ibuprofeno e aspirina de 1988 a 1994.

A incidência de asma e DPOC entre os sujeitos foi então analisada em relação ao uso dos medicamentos supracitados. Os pesquisadores descobriram que aqueles que usaram paracetamol tiveram o maior risco de contrair doenças pulmonares.

Usuários diários foram 72 por cento mais propensos a desenvolver DPOC e foram 75 por cento mais propensos a ter asma. Usar o medicamento com menos frequência reduziu o risco, mas não muito; aqueles que usaram o acetaminofeno de seis a 29 vezes em um mês também foram 40% mais propensos a desenvolver asma. Os pesquisadores não encontraram nenhuma associação aparente entre os problemas pulmonares e o uso de aspirina e ibuprofeno.

Os autores acreditam que o uso excessivo de paracetamol reduz os níveis de glutationa, um antioxidante vital para o sistema respiratório, levando ao acúmulo de estresse oxidativo que danifica o tecido pulmonar. Isso aumenta o risco de doenças pulmonares, especificamente asma e DPOC.

O uso excessivo do medicamento também tem sido associado a danos no fígado. Uma avaliação do Grupo de Estudo da Insuficiência Hepática Aguda, envolvendo 22 centros médicos nos EUA, revelou que a hepatotoxicidade do paracetamol tinha uma maior probabilidade de causar danos ao fígado do que outros fatores de risco.

Além destes, a lista de efeitos colaterais de paracetamol inclui náuseas, urina ou fezes com sangue, febre, fadiga e feridas na boca, entre outros.

Alternativas naturais ao acetaminofeno

O acetaminofeno deve muito de sua popularidade como um analgésico e tratamento da febre para sua onipresença e baixo preço. No entanto, existem alternativas naturais e eficazes que são mais baratas, mas não causam complicações adversas.

* Capsaicina – Esta substância é derivada do pimentão e está disponível em forma de gel ou creme. Ela trata os nervos, articulações e desconforto muscular, bloqueando as transmissões de dor para o cérebro.
* Óleos essenciaisÓleos de lavanda, camomila e sálvia podem ser usados ​​para alívio da dor de várias maneiras. Os óleos essenciais podem ser esfregados diretamente na área dolorida (como as articulações) ou usados ​​na aromaterapia. Em ambos os casos, suas propriedades únicas acalmam a mente e relaxam os músculos.
* Exercício – Combinar exercício e alongamento torna um regime eficaz contra dores corporais leves e até mesmo crônicas.
* Gengibre – O gengibre foi comparado ao ibuprofeno e paracetamol em termos de efeitos anti-inflamatórios. Quando usado para artrite, faz mais do que apenas bloquear compostos inflamatórios; seu conteúdo antioxidante também neutraliza tanto a inflamação quanto a acidez dos fluidos nas articulações.

* Cúrcuma – A cúrcuma não é apenas boa para curry, suas propriedades anti-inflamatórias também o tornam ótimo para aliviar a dor. Seu ingrediente ativo, a curcumina, também melhora o fluxo sanguíneo e tem propriedades anti-câncer.
* Valeriana – Isto é conhecido como um tranquilizante natural e é frequentemente usada por pessoas que têm dificuldade em dormir. Ela tem propriedades entorpecentes que aliviam o estresse e a tensão e a tornam eficaz como um analgésico.
* Casca de salgueiro branco – O teor de salicina da casca de salgueiro branco transforma-se em ácido salicílico, o ingrediente ativo da aspirina, no interior do estômago. Ao contrário de sua versão sintética, o ácido salicílico natural não irrita o estômago e, ao contrário, é eficaz contra a dor, a febre e a inflamação.

 

Leia mais:

Tylenol Pode Matar: Novo Aviso Admite que o Popular Analgésico Causa Danos ao Fígado e Morte

Estudo Revela Mais um Efeito Colateral do Paracetamol

Fontes:
– Natural News: Study: Using Tylenol regularly can cause asthma and COPD
– Natural Health 365: Acetaminophen, asthma and COPD: What you need to know before it’s too late
– Indian Country Today: Natural Pain Relief: 9 Alternatives to Ibuprofen, Acetaminophen or Aspirin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe