Notícias Naturais

Não fale sobre se as vacinas funcionam ou não, ou se elas causam ou não autismo, a menos que você esteja preparado para um debate muito acalorado. Embora o vínculo entre as vacinas e o autismo não seja novidade, até mesmo falar sobre isso pode fazer com que você seja rotulado como um “anti-vacina” ou uma espécie de fanático por saúde que acredita que todas as vacinas recomendadas pelo CDC não só funcionam, mas são 100% seguras e 100% eficazes 100% do tempo. Mesmo que algumas vacinas funcionem o tempo todo, elas valem o risco para a saúde? Essa é a pergunta final, porque uma estatística que você pode não saber é que as crianças que recebem vacinas contendo mercúrio (listado como timerosal geralmente) têm probabilidade 27 vezes maior de desenvolver autismo do que aquelas que não recebem esses inoculações. Isso vem de um estudo recente baseado nos dados do próprio CDC. Ainda quer manter um assunto de silêncio?

Os pediatras dos EUA não têm permissão para questionar as vacinas, nem podem recomendar menos do que o CDC recomenda, ou enfrentam a ira da AMA – a infame American Medical Association – que encontra uma maneira de calar os “contendores”, às vezes até tirando sua licença para praticar medicina. A grande pergunta: as estatísticas do autismo subitamente cairiam se o mercúrio fosse removido de todas as vacinas, incluindo as vacinas contra a gripe? (A propósito, o CDC mentiu quando disse que o mercúrio foi removido de todas as vacinas).

Nenhum caso de autismo é encontrado nas comunidades Amish dos EUA

Para começar, as crianças não nascem com autismo. Ele aparece durante a infância e é causado por uma sobrecarga de neurotoxinas consumidas, injetadas ou ingeridas através de fatores ambientais, ou todas as situações acima. De fato, a recente desordem do espectro autista (DEA) nas duas últimas décadas nos EUA coincide diretamente com o aumento do cronograma de vacinas, por quantidade e frequência, reforçado pelo CDC. Para entender por que o autismo é quase inexistente para os Amish, considere que os Amish foram “cortados” do “progresso” científico e médico americano por séculos, assim eles tiveram menos exposição aos principais fatores que desencadeiam o autismo, incluindo as vacinas propostas mais prováveis.

Faça uma pequena viagem ao coração do país holandês da Pensilvânia e tente identificar meia dúzia de crianças amish com autismo e você ficará em desvantagem. Se as estatísticas coincidissem com a média nacional americana, haveria cerca de 200 pessoas na comunidade Amish, mas, até o momento, existem apenas duas, uma das quais foi adotada e trazida da China. Outra realmente foi vacinada e desenvolveu o autismo pouco depois.

Aqui estão algumas estatísticas universais e nacionais a considerar. O autismo afeta mais de 20 milhões de pessoas em todo o mundo e ocorre em meninos de quatro a cinco vezes mais do que as meninas. Nos EUA, uma em cada 68 crianças tem alguma forma de DEA, um aumento de 30% em relação a 2012. Por que isso, você está se perguntando? As crianças dos Estados Unidos recebem 50 inoculações antes dos sete anos, muitas são combinações contendo múltiplas cepas de doenças, mercúrio, formaldeído (sim, líquido de embalsamamento para os mortos), glutamato monossódico (GMS) e alumínio, só para citar algumas neurotoxinas. As vacinas contra a gripe contêm os níveis mais altos de mercúrio, até 25.000 vezes o que a EPA permite em água potável e peixe comestível. O mercúrio é o segundo elemento mais venenoso conhecido pela humanidade.

Devido a crenças religiosas, os Amish excluem todas as vacinas

Felizmente para os Amish, eles também estão optando por três das vacinas mais controversas no mercado hoje: hepatite B, HPV (papilomavírus humano) e, claro, a SCR (sarampo, caxumba, rubéola) a qual foi implicada como uma ligação entre o autismo e a vacina, o maior encobrimento médico na história. A versão multi-dose da hepatite B ainda contém timerosal (50% de mercúrio). O sistema nervoso central imaturo e o fígado dos recém-nascidos Amish são poupados dessa toxina volátil graças às crenças religiosas de seus pais. As crianças amish dificilmente sofrem qualquer dificuldade de aprendizagem, de fato. Os amish também não estão experimentando doenças típicas dos EUA, como câncer, doenças cardíacas e diabetes. Isso tudo pode ser porque eles não comem transgênicos, não tomam produtos químicos farmacêuticos ou vacinas. Certamente, nenhuma agência reguladora administrada pelo governo jamais executará essa comparação de saúde Amish versus saúde não-Amish, mas a realidade fala por si mesma.

Ainda assim, o CDC se recusa a regular a indústria de vacinas e, ao contrário, literalmente promove produtos químicos tóxicos, metais pesados, substâncias cancerígenas e “preservativos” letais como o mercúrio. É tudo sobre estilo de vida natural e saúde nos dias de hoje, se você realmente quer imunidade que não vem com uma carga de permanente e debilitante de “efeitos colaterais”, como transtorno do espectro autista, síndrome de Asperger ou câncer de fígado.

Leia mais:

Transtorno da Sobrecarga de Vacina Está Varrendo a Nação, Enquanto os Médicos Estão Chamando-o de Qualquer Coisa, Menos o que ele é Realmente

Exposição a Produtos Químicos Demonstrou ser a Causa do Aumento das Condições Neurológicas da Infância

Decisão de Tribunal Confirma que a Vacina Gardasil contra o HPV Mata Pessoas

Quem Disse que as Vacinas são Seguras? Na Verdade, Elas DISSEMINAM as Próprias Doenças que Deveriam Prevenir!

Adolescente Morre por Meningite Poucos Meses após Receber a Vacina

Vacina Contra Gripe: Homem Saudável de 33 Anos tem Seus Dedos das Mãos e Pés Amputados após Receber Vacina

A Verdade sobre a Vacina contra a Gripe: Ela é Ainda Menos Eficaz do que nos Disseram

Fontes:
– Natural News: The Amish, who don’t get vaccinated, rarely get autism, cancer, or heart disease – coincidence?
– Trace Amounts: “Ten Lies” Told About Mercury in Vaccines
– Your News Wire: Why Don’t Amish Children Get Autism?
– Autism Research Articles: Autism and Mercury
– Truth Wiki: Autism and Asperger’s Syndrome (Autism Spectrum Disorder)
– 12160 Info: he Amish Don’t Get Autism, But they Also Don’t Vaccinate
– Truth Wiki: MMR Vaccine – Measles, Mumps, Rubella
– Truth Wiki: Dr. William Thompson
– Truth Kings: STUDY: Lack Of Vaccines Among Many Reasons Amish Rarely Get Cancer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe