Notícias Naturais

Então você se tornou um frequentador da academia, tornou-se vegano e fez quase tudo ao seu alcance para ficar fisicamente saudável. Que tal ficar mentalmente em forma também? A saúde mental é tão importante quanto a saúde física. A aptidão mental nos protege da depressão, demência, Alzheimer e outras doenças.

A neurocientista Dra. Lisa Mosconi, diretora da Clínica de Prevenção de Alzheimer do Weill Cornell Medical College, em Nova York, afirma que podemos prevenir o Alzheimer e a demência por meio de escolhas mais saudáveis ​​de alimentos e estilo de vida. Em seu novo livro Brain Food: How to Eat Smart and Sharpen your Mind, Mosconi diz que, embora a genética tenha um papel fundamental na demência, fatores de estilo de vida, como a dieta, são igualmente cruciais.

* Controle seus níveis de açúcar – Nosso cérebro depende principalmente de glicose (açúcar) e precisa de 62 gramas de glicose por dia. Antes de comer aquela pizza extra grande, Mosconi diz que os “portões de açúcar” dos nossos cérebros se abrem quando precisa de açúcar, mas se fecham quando já estão cheios. O excesso de glicose não pode entrar no “portão de açúcar”. Em vez disso, leva a níveis elevados de açúcar no sangue e ganho de peso.
* Saiba como seus nutrientes interagem – Os nutrientes em seu corpo devem interagir uns com os outros. Certifique-se de obter um equilíbrio de ácidos graxos poli-insaturados (PUFA) e vitamina B.
* Faça refeições à base de plantas – Nossos ancestrais vegetarianos sabiam o tempo todo. Os alimentos à base de plantas são os melhores. De fato, 98% daqueles que vivem vidas longas, saudáveis ​​e livres de demência são veganos.
* Escolha bem seu alimento orgânico – Você também pode economizar nos custos escolhendo frutas que estão na estação. Você também pode optar por peixes selvagens do que a variedade cultivada em cativeiros, uma vez que os primeiros tendem a ter menos poluentes e pesticidas.
* Sempre tome o café da manhã – O café da manhã é de fato a refeição mais importante do dia, porque o cérebro precisa de uma fonte de energia pela manhã. Isso significa frutas frescas, grãos integrais e proteína magra.
* Tome vinho tinto – Devido ele ser rico em resveratrol antioxidante, o vinho tinto protege os nossos cérebros e ajuda-nos a viver mais tempo. Mosconi aconselha as mulheres a tomarem um pequeno cálice de vinho por dia para a saúde cerebral. Suco de romã orgânico, suco de uva e suco de ameixa são bons substitutos.

* Tente jejuar durante a noite – A pesquisa mostra que reduzir as calorias aumenta a capacidade cognitiva e ajuda você a viver mais. As células cerebrais ficam mais fortes quando estão com fome, então pule o lanche da meia-noite e tente o jejum noturno. Isso significa fazer um intervalo de 12 a 16 horas entre o jantar e o café da manhã.
* Use uma sugestão das ‘zonas azuis’ – Estas são regiões ao redor do mundo com o maior número de centenários. Os índios, que consomem alimentos protetores do cérebro como a cúrcuma, não são tão propensos ao Alzheimer quanto os americanos. Estes últimos são oito vezes mais propensos à doença do que seus homólogos indianos. As pessoas que vivem nos países do Mediterrâneo também vivem mais por causa de uma dieta rica em verduras silvestres como dente de leão, legumes, feijão, batata, peixe e azeite de oliva e um ocasional queijo e vinho tinto.
* Atenha-se a panelas tradicionais – Mosconi sugere o aço inoxidável, vidro e cerâmica, não panelas de alumínio, plásticas e panelas sintéticas com superfícies de teflon, pois podem ter um composto (politetrafluoretileno) que pode colocar em risco a saúde do cérebro.
* Tire um tempo para dormir – Estudos mostram que adultos que dormiram menos de cinco horas por noite apresentaram níveis mais altos de placas de Alzheimer no cérebro do que aqueles que dormiram mais de sete horas. O sono dá tempo ao cérebro para eliminar as toxinas e remover os resíduos.
* Mantenha um copo de água ao lado da cama – Beber oito a dez copos de água por dia pode aumentar o desempenho cerebral em 30%. Um copo de água quando você acorda faz você se sentir mais desperto e capaz de pensar melhor.

Leia mais:

[Estudo] Combinação de Vitaminas B e Ômega 3 Demonstrou Reduzir os Risco de Demência e Alzheimer

[Estudo] Falta de Vitamina D Eleva Risco de Demência

Fontes:
Tudo Saudável: Neurocientista Compartilha Maneiras Fáceis e Naturais de Prevenir a Demência
– Natural News: Neuroscientist shares easy, natural ways to prevent dementia
– Healthista: 13 ways to prevent dementia – the neuroscientist’s guide
– Health: 11 Surprising Health Benefits of Sleep

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe