Notícias Naturais

Os tomates vêm em uma variedade de cores festivas: embora eles são visualmente agradáveis, eles também nos fornecem quase todos os nutrientes que precisamos para o dia.

Cientificamente falando, os tomates são uma fruta: desenvolvem-se a partir do ovário da base da flor e contêm as sementes da planta. No entanto, ele é classificado como um vegetal nos EUA, tudo por causa de uma decisão da Suprema Corte em 1893 que o classificou como tal para aproveitar os impostos de importação aplicados a vegetais.

Independentemente da sua classificação, seus benefícios para a saúde são bem conhecidos: ele contém vitaminas A e C, folato, potássio, carotenoides e flavonoides. A pele, em particular, é excepcionalmente nutritiva – contém 98% dos flavonoides da fruta, os quais combatem a inflamação, as doenças cardiovasculares e até o câncer.

Os tomates também têm minerais como fósforo, magnésio, molibdênio e cálcio. Produtos à base de tomate, como o extrato de tomate e o ketchup, têm esses nutrientes, embora em graus variados.

Este alimento saudável também é repleto de carotenoides, incluindo fitoeno, fitoflueno, zeta-caroteno, beta-caroteno, gama-caroteno e neurosporeno.

Tomates na pesquisa moderna

A ciência provou repetidas vezes que os tomates – e seus derivados – são o que você precisa para se manter saudável e forte. Estudos recentes identificaram o licopeno presente no tomate como uma arma poderosa contra a inflamação e a oxidação.

Os tomates também ajudam as pessoas com sobrepeso e as obesas a perder peso. Um estudo mostrou que as mulheres com sobrepeso e obesas que beberam 330 ml de suco de tomate diariamente e mantiveram sua dieta habitual reduziram a inflamação após 20 dias. Isso, por sua vez, reduziu o risco de doenças cardiovasculares, diabetes e outras doenças crônicas.

Vários estudos revelaram que incluir muitos tomates e produtos à base de tomate na dieta diminuía o risco de desenvolver câncer gastrointestinal. Nos EUA, reduziu as taxas de mortalidade por câncer em até 50%. Uma revisão de 72 estudos epidemiológicos confirmou que a ingestão mais alta de tomates diminuiu o risco de desenvolver vários tipos de câncer em quase 79%.

Consumir 10 ou mais porções de tomate por semana levou a uma redução de 35 por cento no desenvolvimento dos tipos mais agressivos de câncer de próstata. Uma pesquisa com 51.529 profissionais de saúde de 40 a 75 anos mostrou que consumir mais de duas porções de produtos à base de tomate por semana levou a uma menor incidência de câncer de próstata. A redução do risco aumentou quando o molho de tomate foi incluído na dieta.

Os tomates também são uma grande ajuda para os mais de 70 milhões de americanos que sofrem de doenças cardiovasculares, responsáveis ​​por 38% das mortes nos EUA. Quantidades mais altas de licopeno do tomate em tecido adiposo atuam como proteção contra doenças cardiovasculares.

Um estudo de 2012 revelou que 19 pessoas jovens e saudáveis ​​que consumiram 70 gramas de extrato de tomate todos os dias durante 15 dias reduziram suas chances de desenvolver doenças cardiovasculares.

Leia mais:

[Estudo] Quer Evitar o Câncer de Pele? Coma Mais Tomates!

[Estudo] Tomates Previnem e Interrompem o Câncer de Estômago

Fontes:
Tudo Saudável: Declarado um Legume Pela Suprema Corte, o Tomate é um Alimento Básico em Todo o Mundo
– Natural News: Declared a vegetable by the Supreme Court, tomatoes are a world-wide staple with many widely known health benefits
– American Botanical Council: Food as Medicine: Tomato
– Best Health: 10 ways to cook tomatoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe