Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Uma dieta suplementada com uma dose diária de óleo de cártamo pode ajudar a melhorar a sensibilidade à insulina, baixar o nível de açúcar no sangue, elevar o “bom” colesterol, diminuir a inflamação e prevenir doenças cardíacas, diz um novo estudo da Ohio State University (OSU). Os pesquisadores observaram melhora considerável entre as mulheres obesas e pós-menopáusicas com diabetes tipo 2 que tomaram cerca de 2/3 colheres de chá de óleo de cártamo por dia durante 16 semanas.

Martha Belury e seus colegas da OSU originalmente testaram os efeitos do , o qual é rico em ácido linoleico, em um grupo de mulheres como parte de um estudo de 2009. Para o estudo atual, Belury e seus colegas adotaram uma abordagem mais focada e analisaram especificamente os resultados originais para ver como o óleo de cártamo afetou outras medidas metabólicas associadas ao diabetes tipo 2 e quanto tempo demorou para fazer efeito.

Após a análise, a suplementação com óleo de cártamo pareceu aumentar a sensibilidade à insulina em 2,7%; diminuir os níveis da proteína sanguínea HbA1C, que é um marcador de excesso de glicose a longo prazo no sangue, para 0,64 por cento; diminuir os níveis de proteína C reativa, que indicam inflamação, em 17,5 por cento; níveis mais baixos de açúcar no sangue em jejum entre 11 e 19 pontos em média; e aumentar os níveis do “bom” colesterol HDL em 14 por cento em média – tudo dentro de 16 semanas.

Sabemos há muito tempo que os óleos poli-insaturados são muito benéficos para a prevenção de doenças cardiovasculares, e esses dados que estamos adicionando agora mostram que esses óleos também podem ajudar com outros aspectos da síndrome metabólica, inclusive o controle glicêmico“, disse Belury. “Nós suspeitamos que poderia ser através de um mecanismo que ainda não foi identificado“.

Como o óleo de cártamo é rico em ácidos graxos ômega-6, que já são muito prevalentes na dieta americana média, é importante certificar-se de que todo o consumo de óleo de cártamo esteja devidamente equilibrado com outros óleos com alto teor de ômega-3. O óleo de cânhamo, por exemplo, tem um teor altamente benéfico de ômega-3 e ômega-6 construídos diretamente nele. E, claro, o óleo de fígado de bacalhau e o óleo de peixe são naturalmente ricos em ômega-3.

Leia mais:

Balas de Óleo de Coco e de Cártamo são Opções para Emagrecer

Óleos de Coco e de Cártamo Aceleram o seu Metabolismo e Ajudam a Emagrecer

Fontes:
Tudo Saudável: [Estudo] Óleo de Cártamo Ajuda a Prevenir Doenças Cardíacas, Reduzindo a Inflamação
Natural News: Study says safflower oil helps prevent heart disease, reduce inflammation
– EurekAlert!: A dose of safflower oil each day might help keep heart disease at bay

 

Posts relacionados:

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *