Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

O câncer é um problema de saúde global que, infelizmente, não vai desaparecer em breve. A  Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, até 2035, haverá 24 milhões de novos casos de câncer e 14,5 milhões de mortes por ano relacionadas ao câncer.

Ainda assim, há uma boa notícia por trás de tudo isso: de acordo com pesquisas recentemente publicadas na Austrália, pelo menos 40% das mortes por câncer podem ser prevenidas ajustando sete coisas em seu estilo de vida.

Três das sete coisas observadas – tabagismo, dieta e álcool – representam mais de 8,2 milhões de mortes por ano, o que representa cerca de 30% do número total de mortes em todo o mundo. Os demais fatores – que incluem obesidade e falta de exercício – representam 1,2 milhão de mortes ou 14,4 por cento da taxa total.

Os fatores, que os pesquisadores chamaram de “fatores de risco modificáveis“, provêm de dados do Australian Institute of Health and Welfare e do Australian Bureau of Statistics. A partir da informação, os pesquisadores identificaram que os cânceres de pulmão, intestino, fígado e estômago produziram o maior número de mortes potencialmente evitáveis.

Fuja do câncer com mudanças de estilo de vida

Embora em muitos casos o câncer seja tragicamente inevitável, este estudo destaca o que sabemos há anos: o câncer nem sempre é uma questão de genética ou má sorte“, de acordo com David Whiteman, um dos pesquisadores do estudo do QIMR Berghofer Medical Research. Na verdade, as descobertas destacam como o estilo de vida de uma pessoa pode, em última análise, desempenha um papel na prevenção do câncer. Aqui estão os riscos apontados pelo estudo e como você pode se proteger contra eles:

Tabagismo  – O National Cancer Institute lista o tabagismo como a principal causa de câncer de pulmão, laringe, boca, bexiga, fígado e pâncreas, entre outros. Não só isso, a fumaça do tabaco é prejudicial às pessoas que estão expostas a ela, uma vez que o fumo passivo contém substâncias químicas susceptíveis de prejudicar o DNA. Parar de fumar não só terá benefícios imediatos – as pessoas que param de fumar melhoram sua circulação em questão de semanas – como terão uma expectativa de vida mais longa.

Consumo de álcool – Segundo os pesquisadores, o álcool tem fatores de risco surpreendentemente diferentes para homens e mulheres. Para os homens, o aumento do consumo de álcool leva ao câncer de intestino, enquanto as mulheres são mais propensas a ter câncer de mama a partir dele. Reduza o consumo de álcool, e você pode muito bem estar fazendo um grande favor ao seu corpo.

Fatores dietéticos – Estudos têm demonstrado que nossa dieta desempenha um papel vital na prevenção do câncer. Por exemplo, um estudo recente revelou uma correlação entre o consumo de açúcar e o câncer, chamado efeito Warburg. Mudar o que colocamos em nossos corpos pode muito bem ser a chave para ser livre de câncer. Algumas recomendações incluem a adição de vegetais como brócolis e cenouras, feijões, bagas e frutas, fibras e especiarias para a dieta de uma pessoa.

O melhor para a sua saúde você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais

Inatividade física  – Um estilo de vida sedentário leva a muitas doenças, incluindo doenças cardíacas. Melhore a sua dieta para incluir alimentos mais saudáveis ​​e adicione pelo menos 150 minutos de atividade física moderada por semana, de acordo com o CDC.

Infecções – A exposição a certos vírus, bactérias e parasitas aumenta o risco de câncer de diferentes maneiras. Melhorar a sua higiene são os primeiros passos para se proteger contra infecções.

Fatores hormonais – O uso de terapia de reposição hormonal (TRH), especialmente para mulheres, pode levar a uma maior probabilidade de desenvolver câncer de mama. Embora a TRH seja usada para melhorar a qualidade de vida, existem opções naturais disponíveis que têm o mesmo efeito, se não melhores, sem nenhum risco adicional.

Sobrepeso ou obesidade – O CDC enumera pelo menos 13 tipos diferentes de câncer decorrentes da obesidade e sobrepeso; o que é pior é que a maioria das pessoas não está ciente da ligação entre a obesidade e o câncer. Diminua seu risco comendo uma dieta equilibrada, exercitando-se regularmente e observando as outras mudanças de estilo de vida mencionadas acima.

Leia mais:

Como Vencer o Câncer no Estágio 4: Para um Homem, o Veganismo e a Eliminação da Quimioterapia Salvaram sua Vida

[Estudo] Gordura Insaturada Pode ser Combustível de Metástase do Câncer

Fontes:
– Natural News: 8 lifestyle improvements that can help you avoid cancer
NIH: Why Global Cancer Research Is Critical to Progress against the Disease
Daily Mail: Nearly 40% of cancer deaths could be prevented by eight simple lifestyle changes and would stop 3.1 million from dying each year
– QIRM Berghfer: NEARLY 40 PER CENT OF CANCER DEATHS ARE POTENTIALLY PREVENTABLE
– Science Alert: Nearly 40% of Cancer Deaths Are Preventable With Lifestyle Changes, Says Study
– NIH: Tobacco
– NIH: Harms of Cigarette Smoking and Health Benefits of Quitting
Financial Review: Four out of 10 men who die of cancer could have avoided it
– Science Daily: Scientists reveal the relationship between sugar, cancer
– Health Line: 13 Foods That Could Lower Your Risk of Cancer
– ACS: Can infections cause cancer?
– BreastCancer: Using HRT (Hormone Replacement Therapy)
– Natural News: Avoid cancer-causing hormone replacement therapy and treat menopause naturally
– CDC: Cancer and obesity

Posts relacionados:

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *