Notícias Naturais

Sempre que ficamos doentes com tosse ou dor de garganta, muitas vezes tomamos alguns antibióticos para que não tenhamos que pular um dia de trabalho. Mas você sabia que o uso excessivo de antibióticos causa cerca de 5.000 mortes por ano?

De acordo com o Daily Mail, os pacientes do National Health Service (NHS) são aconselhados a abster-se de pedir antibióticos ao clínico geral. Em vez de tomar antibióticos para dor de ouvido ou outras infecções, os pacientes podem simplesmente descansar, especialmente porque a resistência aos antibióticos está se tornando um problema muito grave.

Com base em um relatório da Public Health England (PHE), pelo menos quatro em cada 10 pacientes com uma infecção por E. coli estão agora imunes a alguns dos antibióticos mais utilizados. O diretor médico da PHE, o professor Paul Cosford, explicou: “A resistência aos antibióticos não é uma ameaça distante, mas é, de fato, uma das crises mundiais mais perigosas do mundo moderno hoje“.

Leia também: A Era Pós-Antibióticos Está Aí – A Raça Humana Em Perigo?

Embora os antibióticos sejam necessários para ajudar a tratar infecções bacterianas graves como meningite, pneumonia e sepse, prescrever esses medicamentos para doenças menores, como tosse ou dor de garganta, permite que as bactérias prejudiciais prosperem no corpo. Isso também pode causar resistência aos antibióticos, o que impedirá que a medicação funcione quando um paciente mais precisar.

Devido ao uso excessivo de antibióticos desenfreado, alguns medicamentos são agora ineficazes, e há pelo menos 5.000 mortes na Inglaterra que são causadas por infecções que não podem ser curadas. Os especialistas afirmam que, nos próximos 30 anos, a resistência aos antibióticos pode matar mais pessoas do que o câncer e a diabetes juntos.

Leia também: Resistência aos Antibióticos Ameaça a Todos, diz OMS

Essa crise, denominada “apocalipse pós-antibiótico”, pode até mesmo causar que algumas infecções piorem e sejam prolongadas. Para evitar o uso excessivo de antibióticos, a PHE iniciou uma campanha, “mantenha os antibióticos funcionando”.

A campanha, a qual alerta os pacientes a ouvirem o conselho do médico quando se trata de prescrição de antibióticos e lembra-lhes quando confiar no autocuidado da saúde, sugere que as pessoas com doenças menores devem:

* Ter descanso pleno na cama.
* Ficar hidratado.
* Usar lenços de papel quando sofrer de coriza.
* Lavar as mãos frequentemente para evitar a propagação da infecção.

O melhor para a sua saúde você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais

O professor Cosford comentou: “Tomar antibióticos quando você não precisa deles coloca você e sua família em risco de desenvolver infecções que, por sua vez, não podem ser facilmente tratadas com antibióticos. Sem ação urgente de todos nós, as infecções comuns, lesões menores e cirurgias de rotina tornar-se-ão muito mais arriscadas“.

Enquanto isso, o Dr. Chris Van Tulleken, médico de doenças infecciosas do hospital da University College London, advertiu: “Como um médico de doenças infecciosas, vejo de primeira mão o que acontece quando os antibióticos não funcionam – e é assustador… Como clínico geral, geralmente os pacientes nos pedem para prescrever antibióticos que eles pensam que irão curar todos os seus males“.

Ele concluiu: “A realidade é que os antibióticos nem sempre são necessários, então não espere ser prescrito pelo seu médico ou enfermeiro“.

Leia mais:

[Estudo] Em 2050 uma Pessoa Morrerá a Cada 3 Segundos por Bactérias Resistentes aos Medicamentos

Doenças Sexualmente Transmissíveis se Tornam Resistentes aos Antibióticos

Fontes:
Natural News: Antibiotic overuse kills thousands each year: Authorities urge people to just stay home and rest when ill
Daily Mail: Patients are urged to stop nagging GPs for antibiotics and to simply rest at home as overuse causes at least 5,000 deaths a year
– Today: Antimicrobial resistance: Why you should not take antibiotics for viral infections

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe