Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Um novo estudo descobriu que os suplementos de zinco podem ajudar a prevenir o câncer no esôfago, conforme relatado pelo Science Daily. Pesquisadores da Universidade do Texas em Arlington (UTA) avaliaram a reação de células de câncer de esôfago humano e as células humanas saudáveis ​​ao zinco. Eles descobriram que os suplementos de zinco diminuíram o crescimento de células de câncer de esôfago.

O câncer de esôfago ocupa o sexto lugar na principal causa de mortes por câncer humano em todo o mundo, de acordo com o National Cancer Institute (NCI). De acordo com a American Cancer Society (ACS), cerca de 16.940 pessoas foram diagnosticadas com câncer de esôfago este ano. Além disso, mais ou menos 15.690 mortes por câncer da traqueia. A taxa de sobrevivência média de cinco anos de pessoas com este tipo de câncer é apenas cerca de 18%.

Os resultados do estudo mostraram que o zinco diminui os sinais de cálcio excessivamente ativos nas células cancerígenas. As células normais não possuem esses sinais de cálcio com maior atividade, o que promove o crescimento de células cancerígenas. Zui Pan, principal autora do estudo e professora associada de enfermagem na UTA, concluiu que “o zinco inibe seletivamente o crescimento de células cancerígenas“.

Agora parece que o zinco e o cálcio podem ter uma conversa cruzada, o que significa que eles podem estar vinculados“, explicou Pan.

Pan e sua equipe pretendem estudar o vínculo entre a sinalização de zinco e cálcio, como eles afetam um ao outro e como os pesquisadores podem aproveitar esse conhecimento. Ela disse que esse passo pode levar a um plano de prevenção e tratamento de câncer melhor desenvolvido.

Estudos anteriores mostraram que o zinco desempenha um papel importante na manutenção de uma boa saúde e na prevenção de câncer no esôfago. No entanto, eles não tinham certeza de como o zinco poderia prevenir o câncer de esôfago até este estudo.

O estudo foi publicado no The FASEB Journal.

Leia também: [Estudo] Alta Dosagem de Suplemento de Zinco Acelera a Recuperação da Gripe em 300%

Mais sobre o zinco e sua importância

O zinco é um mineral importante porque desempenha diferentes papéis no metabolismo celular, função imune, síntese de proteínas, cicatrização de feridas, síntese de DNA e divisão celular, de acordo com o National Institutes of Health (NIH). Além disso, o zinco promove crescimento e desenvolvimento normais durante a gravidez, infância e adolescência, e ele é essencial para o bom funcionamento dos sentidos do paladar e do cheiro.

Pan explicou que o zinco é um elemento essencial em muitas proteínas e muitas enzimas e a ausência de zinco torna impossível que as células funcionem. Como resultado, uma pessoa que não tem zinco no corpo é mais propensa a câncer e outras doenças.

A deficiência de zinco foi encontrada em muitos pacientes com câncer… tantos os dados clínicos quanto os estudos em animais mostraram que esse mineral é muito importante para a saúde geral do corpo e para a prevenção do câncer“, disse Pan. “É por isso que é importante ter uma boa dieta“.

A ingestão diária recomendada (IDR) de zinco para adultos do sexo masculino é de 11 miligramas (mg), enquanto as mulheres adultas precisam de oito mg por dia. As mães grávidas e lactantes precisam de 11 mg e 12 mg, respectivamente. O NIH informa que cerca de 20 a 25 por cento dos adultos de 60 anos ou mais têm insuficiência de ingestão de zinco.

Para evitar a deficiência de zinco, uma pessoa é aconselhada a comer alimentos ricos em zinco ou tomar suplementos de zinco. O zinco pode ser encontrado principalmente em diferentes alimentos, como ostras, carne vermelha e aves. Outras fontes de zinco incluem espinafre, linhaça, sementes de abóbora, feijão, nozes, caranguejos, lagostas, grãos integrais, cereais e produtos lácteos.

Leia mais:

[Estudo] Baixos Níveis de Zinco Podem Causar Depressão

10 Benefícios Maravilhosos das Sementes de Abóbora

Fontes:
– Natural News: Zinc supplements found to protect against esophageal cancer
– Science Daily: Zinc can halt the growth of cancer cells, study says
– Cancer Net: Esophageal Cancer: Statistics
– National Institute of Health: Zinc

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe