Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Depois de passar por três rodadas de quimioterapia e quatro transplantes de células estaminais e ainda encontrando-se doente e fraca, a paciente com câncer de sangue, Dieneke Ferguson, acreditava que ela chegou ao fim de suas forças. Foi-lhe dito que tinham se esgotado todas as suas opções. “Nada funcionou: havia muito câncer… não havia nada mais que eu pudesse fazer“, lembrou ela em uma entrevista ao The Daily Mail. Ferguson, no entanto, recusou-se a aceitar o “inevitável” e voltou-se para um tratamento alternativo: a curcumina. O polifenol, que é o composto principal da cúrcuma, é o que a mantém viva e bem nos últimos cinco anos, diz ela. Sua história extraordinária será apresentada em um próximo estudo no British Medical Journal.

A residente do norte de Londres foi diagnosticada com mieloma em 2007. Esta é uma forma de câncer de sangue onde as células plasmáticas tornam-se anormais e liberam um tipo de anticorpo chamado paraproteína que não possui uma função útil conhecida. Ao contrário da maioria dos cânceres, o mieloma não forma um tumor. O mieloma é responsável por apenas dois por cento de todos os casos de câncer registrados e é uma das variedades menos compreendidas. Continua incurável, com pacientes diagnosticados com uma expectativa de vida de apenas cinco anos – se tiverem sorte. Os pacientes com mieloma são tipicamente prescritos com várias rodadas de quimioterapia, juntamente com tratamentos invasivos para estabilizar os níveis sanguíneos. Mas embora Ferguson seguisse esses planos de tratamento com obediência, ela não viu resultados. Com perdas, ela decidiu iniciar um novo tratamento depois que um grupo de apoio na internet lhe disse para tentar a curcumina.

Eu não tinha nada a perder“, disse ela.

Ferguson começou a tomar oito gramas de curcumina em forma de comprimidos diariamente. Isto é equivalente a cerca de duas colheres de chá de curcumina em pó pura. Dentro de apenas 15 meses, Ferguson notou uma diferença considerável em sua saúde geral. Também não era apenas uma sensação; os oncologistas perceberam que seus níveis plasmáticos do sangue eram quase normais. Essas contagens de sangue permaneceram dentro do intervalo normal nos últimos cinco anos.

Jamie Cavenagh, professor de doenças do sangue no London’s Barts Hospital, que analisou o caso de Ferguson, ficou confuso. “Quando você revisa seu gráfico, não há nenhuma explicação alternativa [para a recuperação dela], além de ver uma resposta à curcumina“, disse ele.

Ferguson disse que continuará a tomar seus suplementos. Ela se relata como feliz, saudável e desfrutando de uma “vida de alta qualidade”.

Leia também: 7 Razões para Cozinhar Mais com Cúrcuma

Curcumina como tratamento natural contra o câncer

Isso pode vir como uma surpresa, mas: os alimentos curam. A história de Ferguson é bastante inspiradora, mas não é algo que não ouvimos antes. Várias histórias das propriedades curativas de várias ervas e especiarias chegam aos nossos ouvidos há algum tempo. Infelizmente, não temos nada para realmente corroborar, já que faltam estudos médicos sobre os tratamentos alternativos para o câncer. Existem vários fatores envolvidos aqui, mas uma razão é que simplesmente não há retorno de investimento no estudo de ervas naturais. Como mencionado no mesmo artigo do Daily Mail , “[os estudos que envolvem tratamentos naturais e alternativos] custam milhões, e os investimentos nunca podem ser reembolsados, pois não há como lucrar a partir de vendas de um composto natural que não pode ser patenteado“.

Ainda assim, há dados suficientes para sugerir um efeito muito “real” da curcumina na terapia do câncer. O composto foi estudado para reduzir os sintomas de doenças cardiovasculares, depressão e demência. Especialistas em saúde dizem que as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da curcumina podem ajudar a combater quase todas as formas de câncer. Esses pressupostos ainda continuam a serem verificados, pois o financiamento de tais tipos de pesquisa provavelmente nunca será beneficiado.

Leia mais:

Por que a Indústria do Câncer NÃO Quer que Você Aprenda sobre Alimentos Anticancerígenos

Combata o Câncer Naturalmente: Descubra as Maravilhas da Cúrcuma

Fontes:
– Natural News: Science journal confirms eating turmeric cured myeloma cancer in 57-year-old woman
– The Sun: Eating curry is GOOD for you! Turmeric helped cancer patient, 57, beat myeloma after five years of treatment
Daily Mail: How curry spice helped a dying woman beat cancer: Sufferer, 67, turned to kitchen cupboard staple turmeric after five years of failed
– Myeloma UK: What is myeloma?
– Cancer Active: Curcumin, or turmeric, as a natural cancer treatment
– The Truth About Cancer: The Amazing Cancer-Fighting Benefits of Curcumin

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe