Notícias Naturais

gardasil-a-vacina-considerada-mais-perigosa-do-mercado-pode-em-breve-ser-empurrada-para-recem-nascidoA Gardasil tem sido alvo de controvérsia há muitos anos. Na verdade, ela foi até mesmo considerada como uma das vacinas mais perigosas no mercado hoje. Talvez o mais alarmante sobre esta vacina traiçoeira, no entanto, é o fato de que sua fabricante, a Merck & Co, agora quer começar a comercializar os seus produtos para bebês – e os ensaios sobre os bebês já começaram. A Merck lançou recentemente um ensaio sobre a vacina Gardasil em crianças com pelo menos, um ano de idade, e está programada para o início de 2017.

Você leu certo. A gigante farmacêutica está testando uma vacina para uma doença sexualmente transmissível em bebês. Ela realmente não conseguiu ser mais corrupta e escandalosa do que isso, agora, não é?

A Gardasil foi desenvolvida para a DST conhecida como HPV, e foi aprovada pela FDA em 2006. A doença não se tornou motivo de preocupação até os anos 1980, quando a primeira pesquisa sugeriu que pode haver uma ligação entre o HPV e o câncer cervical. No entanto, se essa ligação existe realmente, tem sido um grande ponto de discórdia. Há várias hipóteses que explicam o porque o HPV não pode realmente causar câncer, mas uma teoria particularmente interessante foi expressa por McCormack em seu artigo publicado pela revista Molecular Cytogenetics em 2015. A equipe de pesquisa também levantou várias questões significativas sobre a teoria prevalecente sobre a ligação entre o HPV e o câncer cervical. Por exemplo, o HPV está presente em 70 a 80 por cento da população adulta americana, então por que o câncer de colo do útero apenas age em uma a cada vez 10.000 mulheres?

Leia também: Vacina contra HPV Causa Menopausa Precoce em Jovens

De acordo com o seu estudo, nem o HPV nem a predisposição genética é necessária para o início do câncer cervical. Na verdade, todas as células de câncer cervical analisadas durante o curso de seu estudo continham novos cariótipos anormais. A composição genética destes novos cariótipos anormais sugeriu que os cânceres cervicais originaram-se dentro dos cariótipos, e não a partir de um vírus. Um cariótipo é do tamanho, forma e número de cromossomos dentro de um organismo. Sua teoria, chamada de Teoria da Especiação Cariotípica, essencialmente, sugere que “os carcinomas são gerados a partir de cromossomos, genes e proteínas celulares, os quais não são imunogênicos no hospedeiro de origem (assim como todos os outros tipos de câncer).” Como o site SaneVax.org explica, nesta teoria, as células cancerosas hipotéticas que são geradas por proteínas virais (tais como o HPV) seriam eliminadas pela imunidade antiviral.

Leia também: Vacina HPV: Érika, Ginasta Campeã Acaba em Cadeira de Rodas

Então, para simplificar, os pesquisadores postulam que essas alterações aos cromossomos celulares estavam ocorrendo independente dos estímulos virais (o que seria o HPV), em vez de devido a ele – que por sua vez torna a vacinação para tal coisa relativamente inútil. O SaneVax.org observa que, mesmo depois de 25 anos de pesquisa sobre a ligação do HPV com o câncer, não há respostas definitivas sobre como ou por que ele causa o câncer.

Leia também: Menina Saudável de 12 Anos Morre após Receber Vacina contra o HPV nos EUA

Embora a ligação entre o HPV e o câncer permaneça oculta, não há falta de evidência de que a vacina Gardasil faz mais mal do que bem. A vacina tem sido associada a causar cistos cervicais, doenças auto-imunes incapacitantes e até mesmo por destruir os ovários das mulheres. A Merck até mesmo admitiu que “esqueceu” de ver como uma vacina que foi inicialmente dirigida às mulheres jovens, pode agir como um componente chave sobre seus sistemas reprodutivos – seus ovários. Algumas até mesmo morreram quase imediatamente após a vacinação.

Leia também: Colômbia: Vacina contra HPV Responsabilizada por Doença Misteriosa

Apesar das afirmações de segurança que estão sendo empurradas pela mídia, indústria médica e pela indústria farmacêutica, a evidência de que a vacina Gardasil é uma injeção prejudicial, continua a se acumular. Até mesmo os profissionais da indústria manifestaram-se para expressar suas preocupações. A Dra. Dianne Harper, pesquisadora líder do HPV que estava envolvida na aprovação da Gardasil, advertiu, “A Gardasil tem sido associada a muitos efeitos adversos graves, pois há mortes por câncer de colo do útero em desenvolvimento a cada ano.”

Leia também: Número de Reações à Vacina Contra HPV Assusta em Ijuí

Injetar crianças com esta vacina não é apenas injustificável, é bárbaro. Se não fosse pela pesquisa independente, e a bravura daqueles que se manifestam, a máquina de propaganda iria continuar a executar sem oposição e sem consequência.

Leia mais:

Vacina HPV: O Risco de Efeitos Adversos é Mais Alto que o Risco de Contrair Câncer de Colo do Útero

União Europeia Investiga Vacina Contra HPV Gardasil após Ondas de Graves Efeitos Colaterais

Fontes:
Natural News: Gardasil, considered the most dangerous vaccine on the market, may soon be pushed for infants
Natural Blaze: Gardasil Fully Exposed: HPV Vaccine Being Tested On Infants Has Killed, Permanently Injured Thousands
– Vaccine Impacgt: Gardasil HPV Vaccine Trial Using Infants as Young as One Year of Age
– Sanevax: What if HPV does NOT cause cervical cancer?
Natural News: Young woman’s ovaries destroyed by Gardasil: Merck ‘forgot to research’ effects of vaccine on female reproduction

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe