Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Aminoácidos são Eficazes no Tratamento de Lesões CerebraisOs pesquisadores do Children’s Hospital da Filadélfia descobriram em um estudo de laboratório que os aminoácidos são altamente eficazes para restaurar a função cognitiva e equilibrar os níveis neuroquímicos naqueles que sofreram trauma cerebral. Conduzido em ratos que tinham sido infligidos com danos cerebrais traumáticos, o estudo possui potencial promissor para os seres humanos com lesões semelhantes.

O estudo apareceu na revista online Proceedings of the National Academy of Sciences. Nele, os pesquisadores alimentaram ratos com cérebros lesionados com leucina, isoleucina e valina, três aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) que foram mostrados curar lesões cerebrais graves. O resultado foi que os ratos com lesões cerebrais demonstraram uma recuperação cognitiva completa, respondendo de forma visível, assim como os ratinhos não lesionados após o tratamento.

Os BCAAs utilizados no estudo são precursores de dois neurotransmissores importantes, o glutamato e o ácido gama-aminobutírico (GABA), os quais equilibram conjuntamente a atividade cerebral adequada. Danos ao hipocampo, a porção do cérebro que sustenta a memória e o aprendizado superior, é típico durante uma lesão cerebral traumática (TCE) e resulta em níveis reduzidos de BCAA. A suplementação com BCAAs provou rejuvenescer o cérebro e restaurá-lo em uma função normal.

A alimentação intravenosa com BCAAs foi feita antes, contudo, neste estudo, a mistura de BCAA foi adicionada à água potável dos ratos. O Dr. Akiva Cohen, Ph.D. e autor do estudo, recomenda a suplementação dietética com BCAAs para o tratamento de TBI humano. Ele acredita que a suplementação oral em vez de intravenosa é preferível porque, ao invés de inundar o cérebro com uma dose muito elevada por via intravenosa, beber BCAAs irá fornecer a dose mais sustentada com maiores benefícios.

Comentários de Mike Adams

Esta é uma pesquisa interessante porque mostra como os suplementos dietéticos podem dar ao cérebro as matérias-primas de que precisa para se curar. O fato de que esse processo existe, é considerado totalmente impossível pela FDA, a qual mantém a posição ridícula de que não há tal coisa como um suplemento nutricional que tem qualquer efeito terapêutico sobre o corpo humano de qualquer forma.

Se os BCAAs realmente funcionassem para a FDA, eles seriam “drogas” em vez de suplementos. E eles seriam regulados e disponíveis apenas por prescrição. A FDA não tolera a existência de um suplemento nutricional que realmente funciona para acelerar a cura, sendo livremente disponível para quem quer comprá-lo.

A realidade, no entanto, está em contraste com o FDA. No mundo real, os nutrientes ajudam o cérebro a curar. No mundo real, o alimento é a medicina. A FDA, para seu próprio constrangimento, continua a negar este simples fato da fisiologia humana.

Leia mais:

BCAA: Por que Você Deve Tomar Aminoácidos de Cadeia Ramificada

Qual é o Melhor Suplemento Termogênico?

Fontes:
Natural News: Amino acids shown to be effective at treating brain injuries
– PR Newswire: With Amino Acid Diet, Mice Improve After Brain Injury

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe