Notícias Naturais

Coma Mel do Jeito Certo

31 de março de 2017

Coma Mel do Jeito CertoDiz-se que o mel é um dos alimentos mais nutritivos naturais disponíveis. Este xarope produzido pelas abelhas não só contém açúcares naturais, mas também contém um monte de vitaminas, minerais e outros ingredientes benéficos. Mas é claro, assim como qualquer alimento ou ingrediente, deve haver um limite quando se trata de seu consumo, pois ele pode afetar negativamente sua saúde quando você menos espera.

Aqui estão algumas diretrizes que qualquer pessoa deve seguir antes de consumir mel

O mel não é recomendado para diabéticos

O açúcar de mesa e alguns frutos não são permitidos para os diabéticos, porque seu consumo desencadeia oscilações erráticas nos níveis de açúcar no sangue. O mesmo também é verdadeiro quando se trata de mel, uma popular substituição de açúcar por causa de seus múltiplos benefícios para a saúde. A principal razão para a sua não recomendação, é porque o mel contém uma quantidade extremamente elevada de glicose, a qual é prontamente absorvida pelo organismo. O súbito aumento da glicose no sangue pode causar estragos no equilíbrio corporal de um diabético. Se você é um diabético e você precisa de um adoçante, tente alternativas como a stévia.

O mel não é recomendado para crianças, especialmente recém-nascidos

Bebês não são conhecidos por sua imunidade, uma vez que seus sistemas imunológicos ainda estão em desenvolvimento. O mel não é recomendado para eles, porque o mel pode conter bactérias e toxinas que podem causar botulismo. Estas toxinas podem ser adquiridas durante o processo de fabricação, armazenamento e transporte. Se essas toxinas são capazes de chegar ao corpo da criança, elas podem causar uma forma devastadora de intoxicação alimentar, o que pode levar a um desenvolvimento prejudicado do cérebro e até mesmo a morte.

A melhor maneira de comer mel

O mel é algo que pode ser produzido durante todo o ano. No entanto, se você quiser consumir o mel de melhor qualidade, é ideal obtê-lo durante o outono. É durante esta época que as abelhas produzem o mel de melhor qualidade, talvez devido à relativa saúde das flores durante essa estação. Embora o mel possa ser consumido em praticamente qualquer hora do dia, é mais recomendado consumir o mel durante a manhã, quando o corpo precisa de um impulso de energia. O consumo diário recomendado de mel está listado em 50 a 100 gramas por dia.

Preparando o mel

Embora existam muitas maneiras de preparar e consumir o mel (na verdade, você pode até mesmo consumi-lo por conta própria), existem algumas maneiras que são consideradas erradas. Adicionar mel em água quente ou bebida, destrói as enzimas no mel, reduzindo seus benefícios gerais à saúde. Além disso, ele não deve ser associado com alimentos ricos em vitamina C e D, porque o conteúdo mineral do mel pode danificar essas vitaminas, anulando efetivamente qualquer potencial benefício para a saúde. O mel não deve ser misturado com tofu também, uma vez que a combinação destes dois pode causar indigestão e anulação de nutrientes.

Conclusão

O mel é ainda uma das verdadeiras generosidades da natureza. No entanto, se você consumi-lo de forma errada, você não terá o melhor proveito dele. Pior, ele pode até mesmo provar ser prejudicial a nível de saúde. Coma mel do jeito certo, e seu corpo estará melhor disposto a ele.

Leia mais:

[Estudo] O Mel é o Melhor Eliminador de Bactérias

O Antibiótico Mais Forte da Natureza – Cúrcuma com Mel

Fontes:
– Tudo Saudável: Coma Mel do Jeito Certo
Natural News: Eating honey the right way
– Authority Nutrition: Is Honey Bad For You, or Good? The Sweet Truth Revealed
– Self: Secrets Ways to Help Your Honey Eat Healthier
– Science Natural News: honey

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe