Notícias Naturais

5 Coisas que Você Precisa Saber sobre a Creatina MonohidratadaSe você está interessado em esportes ou boa condição física em geral, as chances são que você se deparou com vários suplementos que afirmam ajudá-lo a alcançar seus objetivos mais rapidamente. E a verdade é que, embora comer direito e exercício muitas vezes irão funcionar por conta própria, o seu corpo tem a ganhar com um pouco de ajuda de vez em quando. Ainda assim, é natural que você achou toda a indústria do suplemento bastante confusa, para dizer o mínimo. Com tantos produtos para escolher, pode ser difícil avaliar o que funciona e o que não funciona. No entanto, existem certos suplementos lá fora, que provaram sua eficácia ao longo do tempo, e, assim, ganharam a confiança dos especialistas da indústria em todos os lugares.

Identificado pelo químico francês Michel Eugene Chevreul em 1832, a creatina entrou pela primeira vez na mídia quando foi usada por atletas olímpicos como Linford Christie e Colin Jackson no início dos anos 90. Seu estoque foi aumentando gradualmente no mundo do esporte desde então. De fato, hoje a creatina monohidratada é um dos suplementos mais populares no mercado, uma ajuda atlética legítima usada por profissionais e amadores igualmente. Antes de entrar nas conjecturas da creatina, no entanto, é sempre melhor saber algumas coisas sobre esta substância incrivelmente útil:

1. Efeitos

A creatina funciona apoiando a síntese proteica, o princípio básico por trás do crescimento muscular. Ela também aumenta o nível de fosfocreatina nos músculos em até 20%. Isso significa que as dosagens regulares de creatina não só levarão a ganhos de massa, mas também a uma maior força e maior desempenho durante os exercícios.

2. Falsas afirmações sobre a creatina

Um mito comum sobre a creatina é que tomá-la na ausência de sessões de treino vigoroso vai de alguma forma te tornar gordo. Isso é impossível, uma vez que a creatina não contém calorias e não tem impacto real no seu metabolismo. Ela leva a níveis mais elevados de retenção de água, mas isso é realmente positivo, uma vez que seus músculos têm muito a ganhar com um aumento da ingestão de líquidos.

3. Dosagens

Como com toda e qualquer substância, as dosagens podem variar de acordo com o peso e predisposição. Mas a maioria dos estudos aproxima uma dosagem ideal de até 20 gramas por dia para um desempenho atlético melhorado, a qual você pode tomar em 4 a 5 doses iguais por dia. Para melhores resultados, lembre-se de beber muita água e comer uma dieta rica em minerais.

O melhor para a sua saúde você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais

4. Segurança

Em mais de 80 anos de consumo humano, a creatina tem sido submetida a uma infinidade de estudos e pesquisas. Até agora nada indicou que tomá-la em dosagens regulares pode ter um efeito prejudicial sobre sua saúde, quer a curto prazo ou a longo prazo. Câimbras às vezes são relatadas como um efeito colateral indesejável, mas elas só aparecem quando se bebe menos que a quantidade recomendada de água para sua estrutura.

5. Disponibilidade

A creatina é mais comumente tomada na forma creatina monohidratada, a qual é a fórmula química que permite a absorção ideal pelas membranas celulares. A creatina em pó é mais estável do que a sua versão líquida, e pode ser misturada em um delicioso smoothie de frutas, a fim de maximizar a sua absorção. No geral, a creatina continua a ser uma ajuda atlética verdadeiramente de confiança e econômica. Sua eficácia foi provada várias vezes, enquanto sua acessibilidade garante que ela continuará a ser uma aliada importante para atletas e entusiastas fitness nos próximos anos.

Leia mais:

Os 10 Melhores Suplementos para Ganho de Massa Muscular

Qual é o Melhor Suplemento Termogênico?

Fontes:
Natural News: 5 Things You Need to Know About Creatine Monohydrate
– Mr. Supplement: When to Take Creatine – Quick Summary

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe