Notícias Naturais

O que Você Precisa Saber sobre a Carne e o CâncerHouve um ataque da mídia em relação à carne recentemente, e os aplausos e vaias estão às voltas. Os vegetarianos e veganos estão espalhando a mensagem na esperança de que as pessoas finalmente percebam que comer carne é uma coisa antiética e não saudável a se fazer, e os adeptos da dieta Paleo estão combatendo a notícia e proclamando que comer carne é natural e saudável, e de forma alguma causa câncer.

Como de costume, o problema está nos detalhes e estas notícias “não tão novas” para aqueles de nós que têm estudado a alimentação e a nutrição durante décadas, requer alguns sérios esclarecimentos. A seguir, você pode tomar uma decisão mais precisa para seu estilo de vida escolhido.

7 passos que tornam a carne um pesadelo que causa câncer 

A recente provocação para o debate generalizado sobre a carne foi gerado pela agência de câncer da Organização Mundial da Saúde (OMS), que afirmou que a carne processada é “carcinogênica para os humanos“. Eles descobriram que a ingestão de 50 gramas de carne processada diariamente (carne que tenha sido salgada, curada, fermentada, defumada, ou processada de alguma forma) aumenta o risco de câncer colorretal em 18%.

Eles também disseram que a carne vermelha, a qual inclui carne bovina, cordeiro e carne de porco, é “provavelmente cancerígena para os seres humanos“, e tem sido associada com o câncer de cólon, câncer de pâncreas e câncer de próstata.

No entanto, o que não está sendo reconhecido abertamente nesses resultados é a maneira que este alimento está sendo criado, preservado e cozido, todas as quais têm enormes implicações no resultado final.

Considere a seguinte série de eventos, as quais são muito comuns:

1 – O animal cresce em CAFOs (operações de alimentação de animais em confinamento), com outros animais estressados ​​e doentes.

2 – O referido animal é principalmente ou inteiramente alimentado com produtos não-orgânicos,  de milho e de soja transgênicos, e às vezes partes de outros animais mortos e doentes.

Leia também: Soja Transgênica Ligada a Esterilidade e Mortalidade Infantil

3 – Como resultado destas condições e para manter os animais “saudáveis”, eles são então injetados com antibióticos para mantê-los longe de tornarem-se “doentes”.

4 – Para trazer o produto final para o mercado mais rapidamente, os animais são injetados com esteroides e hormônios, e são ainda alimentados com arsênico (como as galinhas) para engordá-los.

5 – O referido animal é então, brutalmente massacrado, e torna-se processado e preservado o que resulta em coisas como os nitritos que causam câncer, os quais estão sendo adicionados a muitos dos cortes de carne.

6 – O consumidor final, em seguida, pega um monte desta carne e cobre com molhos predominantemente constituídos de açúcar geneticamente modificado, e a cozinha de uma forma que resulta no desenvolvimento de acrilamida, uma substância química cancerígena produzida quando esta carne é cozida a uma alta temperatura (muitas vezes feita em grelhas).

7 – Este indivíduo, então combina esta carne com outros alimentos ricos em amido, açucarados, e à base de grãos, os quais resultam em uma combinação terrível de alimentos que comprometem severamente o processo digestivo, e criam mais toxicidade no sistema intestinal através de partículas de alimentos não digeridos e constipação.

Este processo muito predominante é uma perfeita criação para qualquer doença, com o câncer no topo da lista. Como parece ser com qualquer alimento hoje, é o ousado envolvimento capitalista do homem que a transformou em um pesadelo que gera doença.

Os méritos de comer carne bem criada

Agora que você sabe porque o consumo excessivo de carne que é convencionalmente criada e processada pode levar a um aumento da taxa de câncer, como nós discutimos alguns dos méritos de comer carne, que é devidamente criada e alimentada?
1 – Animais alimentados com pasto pode resultar em níveis de gordura saturada reduzidos, enquanto aumenta o conteúdo de ômega-3.

2 – Os animais com acesso a um amplo espectro de espécies de plantas ajuda a fornecer antioxidantes e nutrientes menos comuns como a vitamina E.

3 – Dietas à base de grama favorece o crescimento e atividade de espécies de bactérias benéficas, as quais ajudam a quebrar as proteínas e fibras.

4 – Quando plantas ricas em vitamina E  são consumidas e o antioxidante é armazenado no músculo do animal, ele usufrui de uma vida útil mais longa e evita odores rançosos e sabores desagradáveis (sem conservantes que causam câncer).

5 – Animais alimentados com pasto ou ar livre são menos estressados, e mais propensos a produzir tecido muscular saudável (o qual você acaba comendo).

6 – Gorduras saturadas contêm nutrientes importantes como ferro e zinco.

7 – As gorduras saturadas fornecem às membranas celulares sua integridade necessária, e desempenham um enorme papel na saúde de nossos ossos.

Leia também: [Estudo] Manteiga Fora de Perigo – Gorduras Trans Ligadas à Doenças Cardíacas e Morte

8 – O ácido esteárico saturado e o ácido palmítico são alimentos ideais para o coração, motivo pelo qual a gordura em torno de músculo cardíaco é altamente saturado. O coração usa esta reserva de gordura em tempos de estresse.

9 – Uma dieta rica em gorduras saudáveis ​​podem realmente retardar o processo de envelhecimento, incluindo resultante degeneração cerebral associada às doenças de Alzheimer e de Parkinson.

Portanto, comer carne pode ter benefícios positivos para a saúde se ela for devidamente criada e alimentada, e combinada com outros nutrientes, principalmente alimentos densos e de fácil assimilação, como produtos orgânicos.

Então, comer carne pode causar câncer? Sim, se você comer o tipo desnaturada, processada e doente, juntamente com outros alimentos altamente processados ​​e geneticamente modificados. No entanto, ela também pode ter um efeito preventivo da doença, se for criada e alimentada com pasto, consumida em pequenas porções, e emparelhado com alimentos nutritivos e mais “light”.

Leia mais:

Salsicha Bacon e Linguiça são Cancerígenos diz a OMS
Salsicha, Bacon e Linguiça são Cancerígenos, diz a OMS

Mulheres que Consomem Carne Vermelha Possuem 50 Menos Chance de Sofrer com Depressão
Mulheres que Consomem Carne Vermelha Possuem 50% Menos Chance de Sofrer com Depressão

Fontes:
Natural News: The Real Facts On Meat and Cancer
– Time: Processed Meat Causes Cancer, World Health Organization Says
– Healing The Body: PASTURE-FED RED MEAT IS RICHER IN HEALTHY FATS, STUDY PROVES
– Healing the Body: GET THE PROVEN FACTS ON SATURATED FATS
– Healing The Body: HEALTHY HIGH-FAT DIET PROTECTS THE BRAIN FROM AGING

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe