Notícias Naturais

poluicao-engorda

A exposição crônica ao ar contaminado poderia acentuar o risco de obesidade, segundo um estudo realizado com animais do laboratório expostos ao ar contaminado de Pequim, capital da China e uma das cidades mais contaminadas do planeta.

De acordo explica o Journal of the Federation of American Societies for Experimental Biology, um grupo de pesquisadores observou que os roedores expostos à “fumaça ruim” de Pequim entre três e oitos semanas estavam sensivelmente mais gordos que os demais.

Especificamente, as fêmeas “contaminadas com a poluição” ganharam 10% mais peso do que os congêneres que respiraram ar limpo, enquanto que os machos submetidos à poluição engordaram nada menos que 18% a mais.

Os especialistas atribuíram as mudanças metabólicas e os processos inflamatórios `desencadeados às partículas nocivas em suspensão.

Além disso, esta descoberta pode ajudar a explicar o alto índice de obesidade da sociedade atual chinesa, um problema que afeta 11% da população.

Em torno de 1,6 milhões de pessoas morrem na China a cada ano de doenças cardiovasculares, pulmonares e derrames cerebrais, devido aos altos índices de poluição no país.

Participe da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Fontes:
El Microlector: UN ESTUDIO REVELA QUE EL AIRE CONTAMINADO ENGORDA
Hispan TV: Un estudio revela que la contaminación del aire engorda
– FASEB: Chronic exposure to air pollution particles increases the risk of obesity and metabolic syndrome: findings from a natural experiment in Beijing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe