Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

DNA Humano em Vacinas - A Relação Direta entre a Vacinação e o AutismoA presença de DNA humano em vacinas pediátricas, as quais são administradas até os dois anos de vida, contêm um risco incalculável sobre a saúde pública. Nós sabíamos da terrível prática de se aplicar e usar tecido fetal vivo ou recém morto na fabricação industrial das vacinas. A novidade é a prova científica de que este DNA injetado passaria a fazer parte diretamente de nossa própria hélice do DNA, alterando irreparavelmente nossa própria natureza e afetando para sempre o nível de saúde.

Compartilhamos esta importante entrevista com a Dra. Isabel Bellostas realizada pelo site canvi.org para informar-lhes deste grave problema a respeito da saúde de nossas crianças. No próximo janeiro, já anunciaram a reintrodução, após sua retirada há dois anos, da vacina contra varicela.

Leia também: Vacinas x Autismo: Carta Secreta do Denunciante do CDC – Mídia Censura Desesperadamente a História Explosiva

A Dra. Isabel, apoiada em pesquisas da Dra. Theresa Deisher nos coloca o quão grave está a situação atual e futura dos possíveis riscos e da falta de informação que a população, em uma área de suma importância como é a saúde pública de nossas crianças e adultos, é vacinada. Os interesse comerciais vão além da ética e da consciência.

Leia tambémConfirmado: Documentos Secretos Provam que a Vacina Triplice Viral Causa Autismo

A Dra. Theresa Deisher, médica católica norte-americana e com um extenso curriculum, com mais de 30 patentes em biotecnologia, as quais incluem as primeiras células estaminais cardíacas, e fundadora da única indústria farmacêutica que não usa tecido fetal abortado criminalmente, a Sound Choice Phamaceutical Institute (SCPI). Em seus estudos sobre a etiologia do autismo em colaboração com as universidades de Seattle e Portland, expôs perante uma comissão governamental dos EUA que encontrou que o fator ambiental ligado aos pontos de inflexão (crescimento) da curva de incidência do autismo dos EUA, é a presença de DNA humano em vacinas pediátricas que são administradas antes de dois anos de vida, idade que se espera que o fechamento da barreira hematoencefálica em um desenvolvimento normal.

Participe da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Leia mais:

Médico Antivacina Assassinado

 

 

 

 

Morte Misteriosa de Médico que Ligou Vacinas ao Autismo

10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus Filhos

 

 

 

 

10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deveria Vacinar Seus Filhos

Fontes:
Periodismo Alternativo: ADN humano en las vacunas – Dra Isabel Bellostas
– La Caja ed Pandora: ADN HUMANO EN LAS VACUNAS – Dra. Isabel Bellostas – Relación directa entre Vacunación y Autismo – ENTREVISTA

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

1 Comment

  • Carmem disse:

    Sempre fui avessa às vacinas. Agora, com 58 anos, fui aconselhada a tomar as vacinas que não sei se tomei qdo era criança. Estranho.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe