Notícias Naturais

10 Ingredientes a Evitar nos Produtos de Higiene e CosméticaPerca alguns minutos e analise as listas de ingredientes dos produtos que tem em seu banheiro. Veja em quantos deles você encontra pelo menos um dos ingredientes abaixo mencionados.

Alpha Tocopherol ou D-Alpha Tocopherol: mutagênico; ligado a problemas do sistema reprodutor feminino, desde infertilidade ao câncer nos órgãos reprodutores e deficiências no feto; um ou mais estudos mostram os efeitos sobre o cérebro e sistema nervoso com doses baixas; testes in vitro em células mamíferas mostram resultado positivo na mutação das células.

Alquilamidas: geralmente identificadas nos rótulos como: Diethanolamine (DEA); Monoethanolamine (MEA); Triethanolamine (TEA), e por vezes precedido pelo nome “cocamide”: – classificadas como tóxicas por alguns governos – irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, etc) – combinada com conservantes que contém formaldeído torna-se cancerígena – se misturada com agentes nitrosantes na pele ou no corpo após a absorção, pode formar compostos cancerígenos – perigosa para o ambiente (contaminação de água, ar e solos) – MEA – sensibilizador dos pulmões: pode instigar respostas do sistema imunitário, as quais incluem ataques de asma ou outros problemas pulmonares e das vias respiratórias; suspeito de apresentar riscos para a reprodução humana e desenvolvimento do feto – TEA – suspeitas com evidências ainda limitadas por causar câncer.

Benzoato de benzilo: – fragrância química com uso restrito na UE; classificado como tóxico e prejudicial em produtos para usar à volta da boca e nos lábios; ligado a perigos para os trabalhadores que lidam com o produto causando efeitos sobre a saúde devido à exposição química.

Salicilato de benzilo: – fragrância química com uso restrito na UE; conhecido tóxico do sistema imunitário e alérgeno para o consumidor.

Complexo Chlorophyllin-copper: Persistente e bio-acumulativo na vida selvagem; testes in vitro mostraram mutações cancerígenas de células mamíferas, especialmente sobre o nível do sistema reprodutor feminino.

Colorantes Artificiais, ou Fragrância, “Perfume”: (se não for qualificado como um óleo essencial) “19% das crianças com eczema são sensíveis à fragrâncias”. Vários outros estudos indicam que os constantes aumentos anuais no número de dermatites está ligado ao aumento do uso de fragrâncias químicas. Nota: os ftalatos são alérgenos encontrados em certas fragrâncias químicas e esmaltes de unhas – o uso de alguns está restringido a certas quantidades na União Europeia.

Leia também: 5 Produtos Químicos Domésticos Comuns que Você deveria Evitar

Cocamidopropryl Betaine: sujeito a restrições no uso; conhecido tóxico do sistema imunitário; pode conter impurezas prejudiciais, nomeadamente Nitrosaminas, ligadas ao câncer; pode causar sensibilização em contato direto com a pele, com reações alérgicas ao nível da pele e pulmões.

Dimeticona: (ou quaisquer outros produtos de silicone).

Lanolina: Um produto derivado da lã de ovelha que tem sido ligado a sensibilidade da pele, devido aos resíduos de pesticidas.

Metildibromo glutaronitrilo: “…não foi estabelecido nenhum nível seguro de uso de metildibromo glutaronitrilo (MDBGN) em produtos cosméticos …é recomendado que não seja usado em nenhum produto cosmético” Nos últimos anos a EU tem reduzido o nível de uso permitido deste conservante para 0,1% em produtos de lavagem, mas ainda é comumente usado.

Nanopartículas: Embora ainda não haja provas concretas, existem preocupações quanto a possíveis perturbações da química corporal.

Parabenos (butylparaben, ethylparaben, propylparaben, methylparaben…): Além de suspeitas de irritabilidade da pele, o uso de parabenos foi recentemente ligado ao câncer de mama, tendo sido encontrados vestígios destes conservantes em amostras de tumores.

Leia também: 6 Produtos Perigosos que Usamos Todos os Dias


Produtos de Higiene naturais você encontra na Tudo Saudável
Óleos de Petróleo (petrolatum, parafina líquida, óleo mineral): – criam uma barreira na superfície da pele que bloqueia os poros, não deixando a pele respirar – aceleram o processo de envelhecimento da pele ao encorajar a geração de radicais livres – na União Europeia o uso de Petrolatum é muito restritivo – potencialmente contaminado com químicos ligados a câncer ou outros problemas graves de saúde (pode conter determinadas impurezas que podem causar câncer de mama) – tóxicos para o ambiente. Infelizmente é um ingrediente muito comum em produtos anti-estrias para grávidas.

Propileno glicol (derivado do petróleo): – irritante para a pele (comichão, queimadura, urticária, acne, alergias) – solvente de fácil absorção, altera a estrutura da pele, permitindo que outros agentes e químicos penetrem mais profundamente na pele, aumentando assim a quantidade que chega à corrente sanguínea

Hidroximetilglicinato de sódio: – pode estar contaminado com impurezas tóxicas, chamado formaldeído, conhecido cancerígeno.

Lauril Éter Sulfato de Sódio (ou outros sulfatos): O Lauril Éter Sulfato de Sódio é usado em diversos estudos clínicos como um irritante da pele. Podem conter 1,4 de dioxano, um potencial carcinogênico e perturbador do sistema hormonal.

Participe da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Leia mais:

12 Produtos Químicos Altamente Tóxicos Para Banir de sua Casa

 

12 Produtos Químicos Altamente Tóxicos Para Banir de sua Casa

 

 

 

Produtos para Cuidados Pessoais são Possíveis Fontes de Parabenos Potencialmente Prejudiciais para o

 

Produtos de Higiene Para Bebês Contém Substância que Pode Causar Danos ao Esperma, Câncer e Asma

 

 

 

Fontes:
– Eco Escolhas: TESTE OS PRODUTOS QUE USA

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe