Notícias Naturais

Probióticos Alteram a Resposta Emocional da Atividade CerebralOs pesquisadores da Geffen School of Medicine da UCLA determinaram que o consumo de leite fermentado com probióticos altera a atividade cerebral das mulheres.

Os pesquisadores médicos da UCLA dividiram 36 mulheres saudáveis ​​em três grupos. Um grupo recebeu um leite fermentado com probióticos duas vezes por dia. Outro grupo recebeu um leite sem os probióticos. O outro grupo não recebeu produto lácteo.

Antes do início do estudo as mulheres foram submetidas a extensos estudos de ressonância magnética cerebral e analise de resposta da atividade cerebral. Em seguida, as mulheres consumiram o leite probiótico ou placebo durante quatro semanas, acompanhadas por testes repetidos.

Juntamente com o teste de MRI, os pesquisadores testaram as respostas do cérebro para as expressões emocionais, bem como durante o repouso. Eles utilizaram análises que testam a resposta emocional.

Após as quatro semanas, as mulheres que bebiam o leite probiótico apresentaram significativamente diferentes mudanças de atividade cerebral. Suas respostas relacionadas com a tarefa aumentou, e sua atividade nas regiões do córtex sensorial mudou, o que foi representado dramaticamente durante os períodos de descanso. Sua conectividade do mesencéfalo aumentou, a qual os pesquisadores concluíram que sua resposta aumenta relacionada com a tarefa.

Sua atividade cerebral alterada também representou mudanças no cérebro sinalizando caminhos para respostas emocionais entre as mulheres.

Os probióticos no leite fermentado incluíam Bifidobacterium animalis, Streptococcus termófilos, Lactobacillus bulgaricus e Lactococcus lactis. Cada uma destas espécies tem sido demonstrada em outros estudos clínicos por melhorar a saúde entre outros órgãos e regiões de tecidos do corpo.

A pesquisa também ligou os probióticos do intestino ao cérebro através de um canal entre o sistema nervoso central e o sistema nervoso entérico. O sistema nervoso entérico está localizado na região abdominal em torno do trato digestivo. Muitos de nossos neurotransmissores são produzidos nesta região e os neurônios retransmitem as respostas da mente e corpo entre o intestino e o tronco cerebral.

Os pesquisadores concluíram: “Quatro semanas de ingestão de um leite fermentado com probióticos por mulheres saudáveis ​​afetou  as atividade de regiões cerebrais que controlam a central de processamento de emoção e sensação.

A pesquisa foi conduzida pelo Dr. Emeran Mayer, professor de Medicina da UCLA e um especialista em gastroenterologia. Ele é o diretor do Oppenheimer Center for Neurobiology of Stress. O Dr. Mayer é bem conhecido por sua pesquisa na identificação do intestino e seu conteúdo probiótico como “o segundo cérebro.”

Referências:

GreenmedInfo: “Consumption of Fermented Milk Product with Probiotic Modulates Brain Activity.”
– GreenMedInfo: Probiotics – Protection Against Infection: Using Nature’s Tiny Warriors To Stem Infection and Fight Disease

Participe da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Leia mais:

4 Alimentos Probióticos que Aumentam o seu Sistema Imunológico

 

4 Alimentos Probióticos que Melhoram o seu Sistema Imunológico

 

 

 

Estudo diz que Curry Pode Ajudar Cérebro a se Regenerar

 

Estudo diz que Curry Pode Ajudar o Cérebro a se Regenerar

 

 

 

Fontes:
–  GreenMedInfo: Probiotics Change Brain Activity, Emotional Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe