Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Ortorexia Novo Transtorno Mental Voltado às Pessoas que Insistem em Comer uma Dieta PuraEm um mundo em que significados são maleáveis, você pode torcer a verdade como quiser. Você pode criar uma história para fazer os esforços que valem a pena parecem ruins. Você pode fazer práticas nocivas parecerem atraentes.

O sistema da saúde mental recentemente tomou como alvo fazer com que as escolhas alimentares saudáveis ​​pareçam perigosas, se você pode imaginar, especialmente quando essas escolhas são suas prioridades.

Os médicos estão diagnosticando ativamente pacientes com ortorexia, o extremo desejo de comer alimentos puros.

Isto não é uma ficção. Está realmente acontecendo.

Se você tem um forte desejo de comer alimentos puros e não contaminados, então você pode estar sofrendo de um transtorno mental em relação à esta nova tendência da rotulagem médica.

De acordo com o The Guardian: os ortoréxicos geralmente têm regras rígidas sobre comer. Recusar-se a tocar alimentos com açúcar, sal, cafeína, álcool, trigo, glúten, levedura, soja, milho e lácteos é apenas o início de suas restrições de dieta. Todos os alimentos que tenham estado em contato com pesticidas, herbicidas ou que contenham aditivos artificiais também estão fora. 

Os médicos e profissionais de saúde mental estão muito preocupados, é claro, visto que a ortorexia parece estar ‘em ascensão'”. Ursula Philpot, presidente da divisão de saúde mental britânica Dietetic Association, citou como se segue abaixo:

Estou definitivamente vendo significativamente mais ortoréxicos do que apenas alguns anos atrás. Outros distúrbios alimentares se concentram em quantidade de alimentos, mas os ortoréxicos podem ser obesos ou de aparência normal. Eles são os únicos preocupados com a qualidade dos alimentos que colocam em seus corpos, refinando e restringindo suas dietas de acordo com seu entendimento pessoal de quais alimentos são realmente puros. 

Philpot afirma ainda:

Os mais suscetíveis são da classe média, pessoas bem-educadas que leem sobre crises alimentares nos jornais, as pesquisam na internet, e têm tempo e dinheiro para fontes que eles acreditam ser alternativas mais puras. 

Você está comigo? Se você for bem-educado, gosta de fazer sua própria pesquisa e come apenas alimentos que você (sozinho) determina ser saudável e puro, então é seguro dizer que você está em risco de ‘contrair’ a ortorexia .

Sim, a ortorexia, é algo que você pode contrair como uma doença, de acordo com a National Eating Disorder Association (NEDA). No site da NEDA, eles fazem as perguntas: Por que alguém contrai a ortorexia? Isto posiciona a ortorexia como capaz de pegar você como um resfriado.

Leia mais:
Alimentação saudável = doença mental?

Outras autoridades posicionam a ortorexia como uma desordem mental

Um estudo de 2013 associou a ortorexia com a função executiva prejudicada  (com base em auto-relatos). Isso significa, de acordo com os pesquisadores, o quanto melhor que você faz tarefas cognitivas, incluindo o planejamento e a tomada de decisão, há probabilidade de você ter ortorexia.

Então, se você é ativo e inteligente, você não deve ter problemas para comer alimentos quimicamente carregados, pelo menos de vez em quando.

Se o seu cérebro não está funcionando corretamente, então você provavelmente começa a insistir que tudo em sua dieta consista de alimentos de verdade.

Eu não sei se a ortorexia é uma grande conspiração – uma outra maneira de enganar as pessoas inocentes para comer porcaria. Se fosse uma conspiração, seria brilhante. Eu não posso imaginar uma melhor mensagem da indústria de alimentos e da indústria farmacêutica.

Compre Alimentos Orgânicos na Tudo Saudável Produtos Naturais
Poderíamos resumir esta mensagem da seguinte forma:

Ei, estamos ocupados enriquecendo ilicitamente infectando o planeta e o fornecimento de alimentos com produtos químicos. Se você insistir em evitar nossos recursos nocivos, então você tem um problema mental. Seu cérebro enlouqueceu e você deve procurar ajuda profissional de um dos nossos representantes de saúde mental. 

Quando você for, você será diagnosticado como doente mental, é claro. Mas não se preocupe, nós temos comprimidos para isso. Podemos atendê-lo! Logo, seu cérebro vai ser corrigido e você não terá nenhum problema em comer nossas porcarias de alimentos.

Você tem ortorexia?

O site WebMD pode te ajudar a começar o caminho para o diagnóstico. Basta perguntar a si mesmo as seguintes perguntas:

• Você está gastando mais do que três horas por dia pensando em comida saudável ?

• Você está planejando o cardápio de amanhã hoje?

• O mérito que você sente sobre o que você come é mais importante do que o prazer que você recebe ao comê-lo?

• A qualidade de sua vida diminuiu conforme a qualidade de sua dieta aumentou?

• Você se tornou mais rigoroso com você mesmo?

• A sua auto-estima aumenta ao comer alimentos saudáveis?

• Você dispensa alimentos que você apreciou uma vez a fim de comer os alimentos “certos”?

• Sua dieta tornou difícil você comer em qualquer lugar, a não ser em casa, distanciando-o de amigos e familiares?

• Você sente culpa ou auto-aversão, quando você se desvia de sua dieta?

• Quando você come do jeito que você presumiu, você se sente no controle total?

Alguma dessas principais questões? Você é o juiz.

Os “sintomas” são comuns

Há pessoas lá fora que experienciam a ansiedade em relação aos produtos químicos em sua alimentação. Pode haver pessoas que são obsessivas em comer apenas alimentos 100% puros – e fariam o que for preciso para evitar alimentos industrializados com ingredientes impuros. Isso pode significar evitar alimentos em reuniões sociais, recusando certos alimentos preparados por outros e levando um tempo considerável planejando e preparando refeições.

São todos candidatos defensores da saúde natural para esse diagnóstico?

Amantes da saúde natural tenham cuidado. Uma nutricionista diz que você está em perigo se você comer apenas alimentos saudáveis. Abaixo, uma citação de Jennifer Culbert (SAR’09), uma reconhecida nutricionista:

Então, se alguém corta os alimentos processados, ou coisas que são geneticamente modificadas (transgênicos), ou não cultivadas organicamente, o perigo é que estas pessoas podem se tornar desnutridas ou abaixo do peso. 

Entendeu? Você deve comer alimentos processados, OGM e abundantes ingredientes não biológicos, a fim de evitar a desnutrição.

O quanto mais ridículo podemos chegar até aqui, gente? Meu cérebro está girando como se eu me levantasse do chão. Rir demais é perigoso também. Você pode cair de sua cadeira.

Vamos ser justos apesar de tudo

O criador do termo é de um doutor em medicina, Steven Bratman. Dr. Bratman esclareceu seu novo termo. Em seu site, ele explica com muito cuidado que ele nunca pretendeu que o seu conceito fosse aplicado a qualquer um que está apenas buscando a saúde por comer bem. Ele só foi destinado para aqueles que estão sofrendo de um foco exagerado ou “obsessão doentia” por alimentos puros.

Eu entendo. Estou certo de que há aqueles que exageram. Não por comer apenas alimentos 100% de verdade em 100% do tempo, mas alienando outros em sua vida que optam por comer uma dieta convencional. Depois de alienar aqueles em torno deles, o indivíduo obcecado pela saúde poderia ficar muito solitário. Isto poderia ser uma preocupação válida.

Além disso, tenho a certeza que é possível se tornar tão paranoico sobre sua comida que até as opções de alimentos mais puros e mais saudáveis ​​disponíveis se tornam suspeitas. Neste ponto, você pode começar a restringir perigosamente sua dieta.

Outro ponto justo: ortorexia nervosa não é um diagnóstico oficial no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM). É apenas usado por médicos, mas não oficialmente sancionado pela APA. Ainda não, pelo menos…

É justo. O problema, porém, é que os médicos estão usando-o como um diagnóstico prático e alguns deles parecem bastante descuidados sobre isso, na minha humilde opinião.

Por exemplo, uma renomada nutricionista, Julie Upton, informou ao Huffington Post, “Não temos critérios específicos (para a ortorexia), mas a reconhecemos quando vemos.

E, assim, o problema com o sistema de saúde mental em geral e com os “transtornos” mentais. Os rótulos existem. Se você receber um, então você está oficialmente doente mental. Você tem uma desordem mental. No entanto, há raros testes para validar o chamado distúrbio mental antes de prescrever remédios.

Existem pílulas para alterar quimicamente o seu cérebro, mas não há provas. Seu filho foi diagnosticado com TDAH e recebeu drogas psiquiátricas? Quais testes foram realizados para determinar a necessidade fisiológica da droga?

No caso da ortorexia, aparentemente, não existem quaisquer critérios de diagnóstico. Os médicos “apenas reconhecem.” Quão idiota vocês médicos, nutricionistas e conselheiros acham que somos?

O outro problema é o seguinte: Não há absolutamente nada de errado com comer uma dieta saudável 100% limpo 100% do tempo! 

Ei! Você é um ortoréxico?

Participe também da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Fontes:
Natural News: Orthorexia Nervosa – New mental disorder aimed at people who insist on eating a clean diet
– National Eating Disorders: Orthorexia Nervosa
– The Guardian: Healthy food obsession sparks rise in new eating disorder
– Huffington Post: Orthorexia: Too Much Of A Healthy Thing?
– Orthorexia: What is Orthorexia?
– WebMD: Orthorexia: Good Diets Gone Bad
– BU Today: When Healthy Eating Becomes an Obsession

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

1 Comment

  • Maria Odete Fontes disse:

    A quem interessa esse tipo de orientação, a não ser para as empresas de alimentos processados, laboratórios, industrias químicas produtoras de conservantes e pesticidas e produtores de sementes trangênicas. Não são os grupo interessados em salvar o planeta, a humanidade e os animais. É lastimável, não demorou muito para começar a perseguição às bruxas. Penso que antes que a coisa se espalhe perniciosamente devemos avançar nos movimentos pró-vida e não pró-morte.A semente de soja não transgênica está sumindo, pouco a pouco ser´~ao todas transgênicas e o Brasil escondendo a rotulagem dos transgênicos. Continuemos a falar a tempo e fora de tempo a verdade da vida.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe