Notícias Naturais

Glaucoma Quando Ocorre e Quando Evitá-loConhecido popularmente como ‘doença silenciosa’, o glaucoma é um problema sério que temos que ter respeito. Não adianta apenas temer uma doença desta magnitude, mas sim contar com os conhecimentos necessários para evitar que o quadro se agrave. Aprenda mais neste artigo sobre o glaucoma; quando ocorre e quando evitá-lo.

O que glaucoma?

Esta doença ocular aparece de forma gradual e não apresenta sintomas enquanto se desenvolve. Um glaucoma que não é tratado como se deve pode levar à cegueira. É preciso realizar exames oftalmológicos uma vez ao ano para detectar este problema à tempo, com o objetivo de preservar a visão.

Para poder compreender o glaucoma, primeiro temos que saber como funciona o olho humano. Na parte anterior deste órgão se encontra a córnea, a parte transparente que protege o olho e permite que a luz penetre. A íris é a parte da cor e que se expande ou contrai para que a pupila (o negro do centro) possa ou não permitir que a claridade passe. A luz se dirige ao cristalino e se concentra sobre a retina, cujas fibras nervosas levam as imagens ao cérebro através do nervo óptico.

A parte anterior os nossos olhos está repleta de um líquido transparente, o humor aquoso. Ele sai do olho desde a pupila, para em seguida, ser absorvido pela corrente sanguínea. Se esta drenagem estiver correta, a pressão ocular estará em seus níveis normais. A pressão interna do olho dependerá então, da quantidade desse fluxo. Se o sistema de drenagem não funciona como deveria, este líquido sairá livremente, sem acumular-se. A pressão intraocular pode variar ao longo da jornada, embora se mantenha dentro de um intervalo otimizado.

Em quase todos os pacientes com glaucoma, o sistema de drenagem é obstruído e o fluído não pode sair. Quando se acumula, aumenta a pressão interna e danifica o nervo ótico, o qual é muito sensível, o que causa a perda irreversível de visão.

Geralmente, não há sintomas até que o glaucoma esteja bastante avançado. Nesse caso, o paciente apresenta visão turva, dor de cabeça, dor nos olhos, náuseas, vômitos, perda repentina da visão e aparecimento de focos coloridos ao redor de luzes brilhantes.

As pessoas com mais risco de sofrer de glaucoma são os maiores de 60 anos, as pessoas com ascendência africana ou hispânicos da terceira idade, os que possuem ou tiveram parentes com glaucoma, os míopes, diabéticos e os que consomem estroides de forma prolongada.

Como evitar o glaucoma?

Para reduzir a pressão ocular é preciso, como primeira medida, realizar exames oftalmológicos uma vez ao ano em qualquer idade, sobretudo, após os 35 ou 40 anos, em especial se o paciente se encontra entre os grupos de risco descritos acima. Existem exames específicos para determinar a pressão ocular. É importante lembrar que, uma vez que o glaucoma tenha causado perda da visão, a mesma é irreversível, por isso que se torna vital detectá-lo a tempo. Você pode controlá-lo com uma cirurgia.

Outros conselhos para evitar a pressão ocular são: 

Consuma ômega 3

Os alimentos que contém ácidos graxos ômega 3, como é o caso do pescado, previnem a degeneração macular, a causa mais frequente da cegueira.

Leia também: A Importância do “Ômega 3″

Coma mais vegetais de folhas verdes

Isto devido possuírem nutrientes antioxidantes que protegem as células dos radicais livres. As fontes de luteína ( com estas capacidades) são a couve, espinafre, brócolis, couve de Bruxelas e a gema do ovo.

Evite as gorduras trans

Estas contêm muitos  efeitos indesejados em nosso corpo, entre eles, elevar a pressão dos olhos. Não consuma alimentos pré-cozidos, frituras, fast food, etc.

Coma frutas vermelhas

Em especial mirtilo, amoras azuis e as bagas (cerejas, blueberries, etc). Todas estas frutas são ricas em flavonoides que permitem fortalecer os capilares, encarregados de levar os nutrientes aos músculos oculares e aos nervos. Além  de serem deliciosas, não carregam açúcar ao sangue.

Preste atenção em seu peso




Levar uma vida saudável é muito importante para sentir-se bem em todos os sentidos. Faça exercícios, não sofra de obesidade, tenha hábitos saudáveis e faça dieta.

Leia também: [ESTUDO]: Obesidade é Responsável por 500 mil Casos de Câncer Anualmente

Dieta para evitar o glaucoma

Além dos alimentos que detalhamos anteriormente, preste atenção a esta lista com as vitaminas que você deve ingerir para evitar a pressão ocular:

Vitamina B1

Está presente em frutos secos como as amêndoas, nozes ou avelãs, cereais integrais como o arroz ou a aveia, leguminosas como o feijão e as frutas como as laranjas.

Vitamina A

É muito benéfica para a visão, evita a cegueira e melhora a visão na escuridão. São grandes fontes de vitamina A:
* Espinafre

* Manjericão

* Cenoura

* Agrião

* Tomate

* Abóbora

* Melancia

* Banana

* Dente de leão

* Melão

Vitamina C

Possui propriedades antioxidantes que previnem doenças da visão, sobretudo as do tipo degenerativo, como a catarata, perda da visão e o glaucoma. Alimentos ricos em vitamina C são:

* Cítricos em geral

* Kiwi

* Semente de abóbora

* Castanhas

* Pistache

* Sementes de amaranto

Em contrapartida, os nutrientes que não são aconselhados para os pacientes com glaucoma ou dentro do grupo de risco estão as proteínas (como a carne vermelha) e os estimulantes como o café e o chocolate.

Leia mais:

Formas Eficazes para Tratar o Glaucoma

 

Formas Eficazes para Tratar o Glaucoma

 

 

 

anticoncepcionais

 

[ESTUDO] Uso de Pílulas Anticoncepcionais Dobra o Risco de Glaucoma

 

 

 

 

Fontes:
Mejor con Salud: Glaucoma: cuándo ocurre y cómo evitarlo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe