Notícias Naturais

10 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus FilhosVacinar uma criança é uma decisão importante que todos os pais devem fazer. Mas nem todos os pais compreendem os riscos envolvidos, os verdadeiros riscos que poderiam deixar uma criança debilitada por toda a vida, ou até mesmo matá-la. A máfia pró-vacina está rapidamente varrendo todos os casos de lesões relacionadas com a vacina e morte para debaixo do tapete como anomalias extremamente raras, mas muitas mães de uma criança prejudicada pela vacina serão as primeiras a dizer-lhe que, se ela pudesse fazer mais uma vez, ela não teria deixado a filha dela ser vacinada.

Se o seu médico, diretor da escola do seu filho ou um amigo ou membro da família está pressionando você para vacinar seu filho com vírus geneticamente modificados (transgênicos), metais pesados ​​e conservantes, e você não tem certeza de como fazer uma escolha melhor e mais informada a respeito – ou mesmo como responder a essas pessoas de forma inteligente, a fim de calá-los – considere as 10 razões seguintes para não caminhar na rota de vacinação [1]:

1) As vacinas não funcionam. Quando impressa em um cartaz ou repetida ad nauseam pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a alegação embutida de que as vacinas previnem doenças transmissíveis e concedem imunidade duradoura pode soar bem para as massas de baixa informação. Mas a ciência simplesmente não a reforça, com surto após surto provando que as pessoas vacinadas são as mais imunocomprometidas, e são sempre as únicas a contrair as doenças contra as quais foram vacinadas.

Leia também:  [Bomba] 85% das Vítimas dos Surtos Recentes de Sarampo Já Tinham Recebido a Vacina!

A Dra. Tetyana Obukhanych aborda este e muitos outros fatos sobre a vacina em seu poderoso livro Illusion Vaccine, o qual destrói muitos mitos modernos que cercam a vacinação. Não só as vacinas não conferem imunidade duradoura, mas elas realmente destroem a capacidade imunológica natural do organismo, deixando muitos indivíduos vacinados imuno-debilitados ao longo de suas vidas. [2]

2) As vacinas nunca foram comprovadamente seguras ou eficazes. Cada estudo usado como “prova” de que as vacinas são seguras, erroneamente compara os efeitos colaterais de uma vacina contra a efeitos colaterais de uma outra vacina , anulando-os eficazmente. Nenhum deles compara os resultados de saúde dos vacinados contra os  indivíduos não vacinados, o qual seria o verdadeiro teste de segurança da vacina.

Verdadeiros estudos científicos duplo cego com placebos nunca foram realizados sobre as vacinas para determinar sua segurança“, explica VacTruth.com.

3) A primeira vacina foi um completo fracasso, a qual a indústria tentou encobrir. Poucas pessoas sabem que a primeira vacina já produzida, para a varíola, foi um desastre completo. As consequências de saúde daqueles que receberam inclui sífilis e morte, embora um esforço concertado foi feito na época para encobrir esses resultados e empurrar as vacinas de qualquer maneira, porque elas são altamente rentáveis. [3]

4) As vacinas são altamente lucrativas para as empresas farmacêuticas , as quais não podem ser responsabilizadas por danos. Sejamos francos – as vacinas são uma grande fonte inesgotável de fundos para a indústria farmacêutica. Não estão apenas os fabricantes de vacinas completamente protegidos contra a responsabilidade quando suas vacinas prejudicam ou matam as crianças, mas eles normalmente são “patrocinados” pelas agências governamentais que empurrá-las sobre as famílias e as crianças, usando táticas de intimidação ultrajantes e infundadas. [4]

5) Todas as vacinas contêm aditivos químicos mortais. O pediatra habitual ficaria duramente pressionado para fornecer bulas que esboçam os ingredientes da vacina aos seus clientes antes de forçar as vacinas. Mas os pais precisam saber que todas as vacinas contêm produtos químicos que danificam os neurônios, como o alumínio, mercúrio e formaldeído. Muitas vacinas também estão carregados com glutamato monossódico (GMS), antibióticos e até mesmo organismos geneticamente modificados (transgênicos ou OGMs) . [5]

Leia também: Por que o CDC e a ANVISA Recomendam às Mulheres Grávidas Vacinas contra a Gripe com Mercúrio?

6) As crianças não vacinadas são geralmente mais saudáveis​​. Estudos internacionais que observam os resultados de saúde de crianças não vacinadas compradas com os seus colegas vacinados têm mostrado repetidamente que os não vacinados são geralmente menos afligidos com alergias, autismo, distúrbios de comportamento, disfunção auto-imune e doenças respiratórias.

Leia também: Confirmado: Documentos Secretos Provam que a Vacina Triplice Viral Causa Autismo

Em relação à vacina contra a gripe, por exemplo, um estudo publicado na revista Clinical Infectious Diseases descobriu que os indivíduos vacinados contra a gripe são 550 por cento mais propensos a ter problemas respiratórios . [6]

7) As vacinas causam doenças incuráveis ao longo da vida ​​em algumas crianças. É uma coisa ter inchaço localizado ou sintomas de febre temporários após as vacinas. Mas, se o seu filho é um dos mais infelizes que desenvolve danos permanentes do nervo sob a forma de Guillain-Barré, por exemplo, ele ou ela pode exigir cuidados ao longo da vida e tratamento por danos da vacina. Se você optar por vacinar, você está preparado para ter que potencialmente reorientar a sua vida em caso de autismo ou dano cerebral? [7]

Leia também: Especialistas britânicos admitem que vacina da gripe suína pode causar Síndrome de Guillain-Barre (SGB)

8) As vacinas matam crianças e adultos. Embora as crianças pequenas e bebês estejam mais propensos a sofrer danos permanentes das vacinas, os adultos também estão em risco. Um exemplo prevalente disso é infame vacina Gardasil contra o HPV, que até à data tem prejudicado e matado dezenas de milhares de adolescentes e jovens. [8]

Leia também: Artigo Médico: Avaliação Crítica Sobre a Vacina do HPV

São dadas às crianças americanas  muito mais vacinas em idades mais jovens em comparação com outros países“, explica VacTruth .com , observando que as vacinas também estão ligados a incidentes fatais como a SIDS (síndrome da morte súbita infantil), que o estabelecimento médico atribui à genética ou o abuso de crianças, a fim de proteger a fraude da vacina.

9) As companhias de vacinas não podem ser processadas se você ou o seu filho forem prejudicados pelas vacinas. Se as vacinas realmente são tão seguras quanto os empurradores-de-vacina constantemente afirmam que elas são, então por que foi aprovada a National Childhood Vaccine Injury em 1986, isentando as empresas de vacinas e drogas, bem como profissionais de saúde, de responsabilidade em caso de lesão ou morte ?

Em 2011, a Suprema Corte afirmou que as pessoas lesadas não podem processar as empresas de vacinas por lesão ou morte relacionadas às vacinas [9]. Isso é realmente um risco que você quer o seu filho contraia?

10) A exposição natural à doença é a melhor vacina. Verdade seja dita, a única maneira de desenvolver verdadeiramente uma imunidade arrebatadora ao longo da vida é viver a sua vida, como faria normalmente, mas sem injetar vírus mortos (e em alguns casos vivos) e adjuvantes químicos em seu tecido muscular. A exposição natural a qualquer doenças que estão à espreita no mundo é o único caminho para o corpo desenvolver anticorpos permanentes que estarão para sempre protegendo contra a doença. [10] Comer alimentos orgânicos frescos ricos em nutrientes e um estilo de vida saudável também ajudam a impulsionar o seu sistema imunológico, permitindo-lhe superar e desenvolver resistência a doenças naturalmente.

Referências:

[1] VacTruth: 10 Reasons Not To Vaccinate

[2] Natural News: 0 Razões Pelas Quais Você NÃO Deve Vacinar Seus Filhos

[3] International Medical Council on Vaccination: Smallpox Vaccine: Origins of Vaccine Madness

[4] Nation Vaccine Information Center: No Pharma Liability? No Vaccine Mandates.

[5] VaxTruth: Vaccine Ingredients — A Comprehensive Guide

[6] Health Impact Health: Studies Outside the U.S. Show Unvaccinated Children Healthier than Vaccinated Children

[7] National Vaccine Information Center: Vaccination: Defending Your right to Know and Freedom to Choose

[8] Sanevax: New Death Post-Gardasil Updated VAERS Figures & Report that HPV Vaccines Adverse Reactions are 50% Higher than other Age- Related Recommended Vaccines

[9] The Christian Science Monitor: Parents can’t sue drug firms when vaccines cause harm, Supreme Court says

[10] Sites Google: Immunity

Leia mais:

autismo

 

O que é ‘Transtorno do Espectro de Vacinas’ e Por que é Chamado de Autismo?

 

 

 

 

Fraude nas vacinas

 

[Fraude das Vacinas] Merck Falsificou Resultados da Eficácia das Vacinas Contra Caxumba e Sarampo, Dizem Ex-Empregados

 

 

 

vacinas_doencas_auto_imunes

 

[ESTUDO] Vacinação Pode Causar Doenças Auto-Imunes

 

 

 

 

Fontes:
Natural News: Ten reasons why you shouldn’t vaccinate your children

5 Comments

  • mandei um comentário falou que eu ja havia comentado isso e não é verdade é a primeira vez que entro nesse site,Sinto muito talvez não queiram que a verdade seja dita?

  • Maurício disse:

    Há muito que não faço uso de medicação. Prefiro usar o poder das plantas. Meu sogro, uma pessoa super ativa, andava a cavalo, era super saudável. Descobriu ser portador do mal de parkinson. Começou a ser medicado. % medicamentos, depois 7…chegando a 14 medicamentos. Com um ano de tratamento já não ficava de pé sozinho, caía duro como uma tábua. Seu hálito era fétido e insuportável além de outras coisas. Com um ano e pouco de tratamento veio a falecer. Os medicamentos acabaram com sua saúde e vida. Lamentável esta questão das vacinas. Deus tenha piedade de nós, nas mãos desses laboratórios…

  • Sulmária Maria da Silva disse:

    Olá!
    Gostei muito dessa matéria. É a primeira vez que vejo esse assunto abordado de forma clara e objetiva. Também sou contra essa imposição de ter que tomar vacinas, pois não acredito na eficácia delas, pelo contrário, sempre achei que se trata de um grande perigo. Gostaria de saber se existe algum tipo de DECLARAÇÃO previamente elaborada para que nós da população (consciente) possamos utilizar como ferramenta para manisfetar nossa recusa em tomar qualquer tipo de vacina. E também nossas crianças que estão ainda mais indefesas. Acho um absurdo uma criança ser obrigada a tomar vacina, pois é isso que acontece na prática, já que as escolas só matriculam as mesmas diante da apresentação da carteira de vacinação em dia… Definitivamente isso tem acabar! Sei que o governo é muito eficaz quando se trata de fazer exigências, na medida que já criou até uma Lei que “impõe” a vacinação. Então tem que haver uma forma de podermos fazer escolhas não é mesmo? E cadê o direito supremo da liberdade?

  • Walter disse:

    Aos companheiros que são “operadores do direito” : o que poderíamos fazer para frear tal realidade mencionada aqui e podermos viver dias mais felizes em sociedade, se é que ainda podemos falar em dias “feliz”. Grato.

2 Trackbacks / Pingbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe