Notícias Naturais

medicos_propina_italiaA polícia italiana colocou 12 pediatras em prisão domiciliar por aceitar presentes de fabricantes de fórmula de leite infantil, para promovê-los, ao invés do aleitamento materno. Eles recebiam iPhones, computadores Apple, ar condicionados, TVs, viagens para a Índia, EUA, Paris, Londres e Istambul e viagens em cruzeiros de luxo.

A polícia está investigando “uma prática comum e generalizada”, em que os pediatras “prescrevem fórmula de leite infantil para recém-nascidos, em troca de subornos na forma de presentes de luxo e feriados caros”, disse um comunicado.

Dois dos médicos presos eram chefes de pediatria em hospitais. Cinco representantes de vendas para três empresas diferentes e um executivo também estão sob prisão domiciliar.

“Não há adjetivos para descrever a gravidade dessas ações”, disse o ministro da Saúde, Beatrice Lorenzin em um comunicado.

No Brasil

Apesar de todas as evidências científicas provando a superioridade da amamentação sobre outras formas de alimentar a criança pequena , as taxas de aleitamento materno no Brasil, em especial as de amamentação exclusiva, estão bastante abaixo do recomendado. O profissional de saúde tem um papel fundamental para a reversão desse quadro. Apesar dos médicos considerarem-se favoráveis ao aleitamento materno, muitas mulheres de dizem insatisfeitas com o atendimento recebido.

Fontes:
Catraca Livre: Itália prende médicos suspeitos de receber propina para desencorajar a amamentação
Reuters: Italy arrests doctors suspected of taking bribes to discourage breast feeding

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe