Notícias Naturais

Cultivos Transgênicos Estão Destruindo Terras Agrícolas e a Monsanto Não Quer que Você Saiba nnOs gigantes da biotecnologia continuam o caminho destrutivo. A Associação Europeia para as bio-indústrias, EuropaBio, quer que você acredite que  “as culturas transgênicas podem proteger o solo contra a erosão através de menos aração, conservando também a umidade do solo. As culturas geneticamente modificadas tolerantes a herbicidas reduzem a necessidade de arar os campos na preparação para o plantio de culturas. Isso economiza combustível, já que menos lavração é necessária. As culturas transgênicas resistentes a insetos exigem menos tratamentos com inseticidas, o que também diminui a necessidade de uso de trator“. Mas é claro que estas afirmações são completamente falsas.

Isto é a mentira essencialmente indispensável, dita por toda biotecnologia – incluindo:

* Monsanto – Conhecida por criar ou ajudar a criar 12 produtos altamente cancerígenos e tóxicos, incluindo a sacarina, PCB, poliestireno, DDT, a bomba atômica, armas nucleares, dioxinas, agente laranja, fertilizantes à base de petróleo, Round Up, rGBH, aspartame, OGMs e as sementes terminator. A Monsanto processa a todos para continuar negociando os seus produtos sujos, mas o fato mais recente, envolvendo Dustin Barca, um surfista que se tornou um lutador de MMA no Havaí, é digno de nota especial. Ele está levando para o lado pessoal que a Monsanto o envenena, e está trazendo o ativismo a um novo nível.

* Dow Chemical Company (também Union Carbide) – Esta maravilhosa empresa ajudou a liberar o isocianato de metila e outros produtos químicos em 1984 de sua fábrica de pesticidas em Bhopal, na Índia, causando um dos piores desastres industriais da história. Ela também é uma das cinco empresas que dominam completamente o mercado de sementes, promovendo a soberania alimentar precária para os agricultores e famílias ao redor do mundo. Junto com outras três empresas, também ajudou a criar o dibromocloropropano (DBCP), um conhecido cancerígeno, tóxico para a reprodução e disruptor endócrino que contamina as águas subterrâneas. Elas continuaram a produzir e vender DBCP, mesmo depois que ele foi proibido, devido à forte evidência ligando o químico à esterilidade.

* Syngenta – Conhecida por processar o condado de Kauai quando eles quiseram manter a pulverização de herbicidas e pesticidas longe de suas crianças nas escolas, casas e hospitais, e também por encobrir a verdadeira toxicidade da atrazina. Essa empresa também está envolvida com desordem de colapso da colônia (DCC), matando as abelhas e outros polinizadores importantes.

* Bayer – Esta empresa gosta especialmente de vender a você e aos seus filhos ‘vitaminas’ cheias de transgênicos tóxicos, aspartame, e substâncias químicas cancerígenas, mas eles chamam a si mesmos de “escolha número um dos pediatras“. Eles também foram acusados ​​de cobrir 90 por cento de suas sementes de milho geneticamente modificado com pesticidas que estão dizimando as abelhas, e estão desenvolvendo uma nova soja geneticamente modificada que é altamente tóxica. No campo farmacêutico, esta empresa foi responsável por exportar anticoagulantes contaminados com HIV, e pagou dezenas de milhões de dólares em ações judiciais.

* Dupont Pioneer – Esta empresa ‘digna de confiança’ tinha o monopólio do mercado de pólvora durante a Guerra Civil dos Estados Unidos, desenvolveu armas nucleares, e criou o Agente Laranja, PCB e DDT, assim como a Monsanto.

Esses defensores de culturas geneticamente modificadas afirmam regularmente que as variedades geneticamente modificadas de soja, milho e outras culturas que influenciam pestilências realmente conservam o solo, porque os agricultores não têm de praticar a lavra de uma maneira que cause erosão. Eles também mentem que os transgênicos “conservam a água”. Bem, agora, nós vamos examinar essas afirmações um pouco mais de perto, podemos?

O fato é que a variedades de sementes transgênicas não fez absolutamente nada para minimizar a erosão do solo ou conservar a água. Mesmo as principais publicações da mídia estão agora voltando atrás e pedindo desculpas sobre seu apoio inicial a empresas como a Monsanto. O comportamento repulsivo da Monsanto até resultou em retratação da revista Forbes ao nomear a Monsanto como a “Empresa do Ano” em 2009,  admitindo que eles estavamerrados sobre a Monsanto… muito errados“.

Descobriu-se também que os cientistas da engenharia genética pagos pela Monsanto também cometeram fraude na Índia. Os “especialistas” do Conselho Indiano de Pesquisa Agrícola (ICAR) e da Universidade de Ciências Agrícolas (UAS) foram considerados culpados por infectar e, posteriormente, esconder o fato de que o algodão Bt cultivado pelos indígenas continha um gene da Monsanto.

Estas empresas de engenharia genética secreta e furtivamente plantaram culturas envenenadas em todo o mundo, e o nosso solo e a água estão sendo afetados. O mais alarmante é o fato de que os produtos de engenharia genética afetam a fertilidade do solo. Em um grama de solo produtivo, há uma rede complexa que pode ultrapassar mais de 100 milhões de microrganismos que podem representar mais de 1.000 espécies. A Monsanto e os valentões da biotecnologia estão bagunçando com esses números.

As variedades transgênicas NÃO conservam a água. Na verdade, conforme as superervas daninhas se desenvolvem, as variedades transgênicas inspiram os agricultores a tentar irrigar suas atraentes plantações, como qualquer agricultor faria – só que eles acabam irrigando as superervas daninhas. A água – desde a água subterrânea até a água de poços, lagos, rios, córregos e até mesmo oceanos – está contaminada com grandes quantidades de pesticidas e herbicidas que também são usados ​​para cultivos transgênicos. Esta prática leva à falência da água que nós temos no planeta, tornando-a quase impossível para os agricultores dos países pobres em água cultivar qualquer coisa. As variedades transgênicas são, de fato, uma das maiores fontes de poluição da água nos EUA e fora dele.

Não importa como você o fatia, o bolo agrícola cheira a corrupção geneticamente modificada e propaganda ostensiva. As culturas de OGM não salvam a nossa água – elas a contaminam. Elas não protegem o nosso solo – elas matam os milhões de pequenos organismos que são importantes para a saúde do solo. Os organismos geneticamente modificados não são necessários para alimentar o mundo, e eles não têm lugar em nossa alimentação. Transgênicos nunca mais!

Leia mais:

Monsanto CDKU NN

Epidemia CKDu: O Mais Novo Fantasma da Monsanto






Parem a fabrica de sementes mutante

Povos em Luta Contra a Monsanto









Fontes:
Infowars: GMO crops are destroying farmland, and Monsanto doesn´t want you to know
– Natural Society: GMO Crops Are Destroying Farmland, And Monsanto Doesn’t Want You to Know
Europa Bio: Do GM crops have an effect on soil? 
– Genetic Engineering & Biotechnology News: Top 25 Biotech Companies of 2014
Fractures Paradigm: Monsanto’s Dirty Dozen: The 12 Most Awful Products Made By Monsanto
– Stab: An in-depth look at Dustin Barca´s fight against Monsanto
– Dow
– Pan: Dow Corporate Profile
– GMO Secrets: Kaua´i GMO: Secrets and lies
– Seattle Organicc Restaurants: Bayer’s top selling children’s multivitamin is filled with toxic ingredients like aspartame, GMOs, and chemicals! How can pharmaceutical/chemical companies knowingly manufacture a product that poisons their users?
– Mother Jones: 90 Percent of Corn Seeds Are Coated With Bayer’s Bee-Decimating Pesticide
– Midwestern BioAg: New GMO developed by Bayer (very toxic)
– Investopedia: Why Is Monsanto Evil, But DuPont Isn’t?
– Food Democracy Now: Debunking the Myth that GE Crops Reduce Soil Loss
– Mercola: Monsanto’s Ongoing Corruption Incites Forbes’ Retraction…
– Forbes: Forbes Was Wrong On Monsanto. Really Wrong.
– PCRAST: Genetically Engineered Crops – A Threat to Soil Fertility?
– Natural Society: Biotech Fuels Superweeds, yet STILL Creates ‘Better Formulated’ 2,4-D Chemicals
– The Nacional Academies: The Impact of Genetically Engineered Crops on Farm Sustainability in the United States (PDF)
– Natural Society: 8 Proofs We Don’t Need GMOs to Feed the World

3 Comments

1 Trackback or Pingback

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe