Notícias Naturais

Ervas para o Fortalecimentos dos Ligamentos e Músculos do ÚteroNa medicina tradicional, as ervas medicinais têm sido usadas para fortalecer os ligamentos e músculos do útero. As parteiras e ervanários podem recomendar estes suplementos naturopatas para tratar de complicações da gravidez, certos tipos de infertilidade e desconfortos menstruais. Se você está interessada em usar ervas medicinais para fortalecer os ligamentos do útero, consulte um profissional de saúde qualificado que esteja familiarizado com a medicina botânica. Note que todas as ervas medicinais podem causar efeitos colaterais imprevistos e interações medicamentosas.

Framboesa vermelha

Usada há séculos para fortalecer o útero, na preparação para o parto, a folha da framboesa vermelha oferece vários benefícios para o sistema reprodutor feminino. Um estudo de dez anos conduzido pelo Australian College of Midwives descobriu que as mulheres que usaram a folha de framboesa vermelha durante a gravidez tiveram uma taxa significativamente menor de complicações na gravidez. As usuárias das folhas de framboesa vermelha foram menos propensas a exigir extração a vácuo, parto com fórceps, cesariana ou ruptura artificial de membranas do que as mulheres que não usaram a erva. Embora inconclusivos, estes resultados sugerem que a framboesa vermelha fortalece os músculos e ligamentos envolvidos no parto. Os terapeutas holísticos também podem recomendar a framboesa vermelha como um tratamento para cólicas menstruais e prolapso uterino.

Chasteberry (vitex, agno-casto, liamba)

Os herbalistas usam a chasteberry há milhares de anos como um tratamento para os distúrbios menstruais, de acordo com o Centro Nacional para Medicina Complementar e Alternativa. Embora nenhum estudo tenha demonstrado conclusivamente os efeitos medicinais da chasteberry, a hipótese do NCCAM é de que ela pode agir alterando os níveis de certos hormônios reprodutivos, como o estrogênio e a progesterona. Na antiguidade, a chasteberry foi usada para fortalecer o útero durante a gravidez e induzir o parto. No entanto, nenhum dos estudos bem projetados avaliou sua eficácia como um estimulante uterino.

Black Cohosh (acteia ou erva-de-são-cristóvão)

A black cohosh (Actaea racemosa), uma erva que altera o estrógeno, é amplamente utilizada como um tratamento naturopata para desconfortos relacionados à menopausa. O Instituto Nacional de Saúde relata que a black cohosh pode afetar o peso e a consistência do endométrio, o revestimento do útero. O NIH sugere adicionalmente que os suplementos de black cohosh  podem aumentar o peso do útero e causar mudanças sutis nas células uterinas. No entanto, nenhum estudo investigou suficientemente a capacidade da black cohosh de fortalecer o útero. De acordo com o NIH, os efeitos estrogênicos da black cohosh podem, teoricamente, aumentar o risco de câncer de útero.

Discussão no Fórum Notícias Naturais.

Leia mais:

As 15 Melhores Ervas Medicinais

 

As 15 Melhores Ervas Medicinais

 

 

 

 

Tratamento Natural da Menopausa com Ervas Alimentos Medicinais e Homeopatia Aliviam a Causa dos Sint

 

Tratamento Natural da Menopausa com Ervas, Alimentos Medicinais e Homeopatia Aliviam a Causa dos Sintomas

 

 

 

 

Fontes:
Livestong: Herbs for Strengthening Uterine Ligaments

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe