Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+1Email this to someone

Toddynho tem Mais Açúcar do que Coca-ColaA informação que mostramos nesta imagem em destaque foi um choque para nós, inclusive!

Todos já estão carecas de saber que refrigerante tem muito açúcar, não é mesmo?! Dai resolvemos chamar a atenção para os néctares de frutas os quais também possuem uma quantidade considerável de açúcar. Mas, foi somente quando fizemos uma atividade em uma escola de Porto Alegre sobre o açúcar das bebidas industrializadas que nos demos conta do absurdo que era o Toddynho pronto para beber.

O “companheiro de aventuras” conseguiu nos enganar também! Sabíamos que continha muito açúcar, mas não tínhamos visto que era mais do que se comparássemos com a mesma quantidade de Coca-Cola!

A ficha só caiu quando estávamos fazendo as contas da quantidade de açúcar que seria consumida com 1 copo por dia, durante 1 mês, de: Coca-Cola, Toddynho e Néctar de Laranja Caseira Del Valle. Pois, antes acabávamos fazendo as comparações com quantidades diferentes de cada produto…

PASMEM: o achocolatado pronto que os pais oferecem para as crianças pensando que é algo inofensivo, optando apenas pela praticidade da caixinha com o produto pronto para beber, é um veneno de tanto açúcar! Isso é pior ainda se for ofertado para uma criança menor de 2 anos! E olha que essa quantidade pode ser facilmente duplicada para 1.740 g se a criança consumir duas unidades por dia. O que não é muito difícil, afinal a recomendação são de 3 porções de leite e derivados por dia.

Antes dos dois anos de vida não é recomendado o oferecimento de açúcar, pois a criança está formando seus hábitos alimentares, que perpetuarão para a vida toda. Sabe-se que os alimentos oferecidos nos primeiros ano de vida com frequência passam a fazer parte do hábito alimentar.*

Costumamos brincar com os pais de nossos pacientes: por que oferecer açúcar para uma criança que não sabe nem caminhar ou falar? Que é completamente dependente do que nós oferecemos? Ela terá o restante da vida dela para consumir produtos com açúcar, mas nessa fase inicial, até os dois anos, é crucial não consumir açúcar para que aprenda a formar seus hábitos alimentares.

Recomenda-se que o leite seja sem açúcar e sem achocolatado. Mas, se optarem por consumir com achocolatado, que NÃO sejam os prontos para beber!

OBS: para realizar essa comparação, utilizamos as informações nutricionais de 1 copo (200 ml) de leite integral Piá com 2 colheres de sopa (20 g) de Toddy Original. Lembrando que não é necessário acrescentar 2 colheres de sopa de Toddy… quanto menos, melhor!

* Valor energético: pouca diferença entre os dois. Para crianças a reomendação é que se utilize leite integral, pois se encontram em fase de crescimento e de desenvolvimento.

* Açúcares: menor quantidade no leite com Toddy Original. Mas, mesmo assim, é uma grande quantidade! Cuidado!!

* Proteína: maior quantidade no leite com Toddy Original. Portanto, isso é melhor já que a criança precisa de proteínas para o seu crescimento!

* Gorduras: reparem que no leite com Toddy Original tem até mais gordura, mas ambos contêm a MESMA quantidade de GORDURA SATURADA. As gorduras saturadas aumentam o risco de dislipidemias (aumento da gordura no sangue, principalmente colesterol e triglicerídeos) como também de doenças cardíacas. As principais fontes são alimentos de origem animal (manteiga, banha, toucinho e carnes e seus derivados, leite e laticínios integrais), embora alguns óleos vegetais sejam ricos nesse tipo de gordura (óleo de coco). Essas gorduras são prejudiciais à saúde quando consimidas em excesso. É recomendável que o total de energia da alimentação fornecido pelas gorduras saturadas seja menor do que 10%.**

Sódio: maior quantidade no leite com Toddy Original. Representa 7% da recomendação máxima diária, segundo as novas recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) a qual baixou o sódio de 2400 mg para 2000 mg por dia.

Na última Pesquisa de Orçamento Familiar***, realizada em 2008-2009, o EXCESSO DE PESO entre os meninos de 5 a 9 anos estava em 34,8 % e das meninas em 32 %. Ou seja, 1 em cada 3 crianças, aproximadamente, estão com o peso inadequado. O excesso de peso são os dados referentes à soma das crianças com sobrepeso e com obesidade. Podemos dizer que achocolatados como esses, entre outros alimentos industrializados, contribuem para o aumento desses dados.

Vocês costumam comprar esses achocolatados prontos para beber para seus filhos? Quantos eles consomem por dia?

Achocolatados: dez vezes mais açúcar do que o necessário

A PROTESTE analisou a qualidade de onze achocolatados e encontrou muito açúcar e pouco cacau.

A PROTESTE Associação Brasileira de Defesa do Consumidor fez um teste comparativo com onze achocolatados, cinco em pó e seis prontos para o consumo. Esse teste é a matéria de capa da revista PROTESTE de abril.

O teste foi dividido em três etapas: análises laboratoriais, avaliação da rotulagem e degustação, às cegas, com crianças e adultos. No painel das crianças, a avaliação foi limitada ao sabor e, surpreendentemente, estas se mostraram mais críticas que os adultos.

Em laboratório, foram analisados: o valor calórico, a quantidade de cacau e açúcares e a higiene. Durante o teste, verificou-se que os achocolatados em pó contêm grande quantidade de açúcar. A adição de açúcar chega a ser dez vezes maior do que a de cacau. Se uma criança tomar três copos de achocolatado por dia, seu consumo ultrapassará a quantidade de açúcar indicada por dia. O excesso de açúcar pode provocar problemas como obesidade e cáries. O que mais preocupa é que, na sua maioria, os consumidores desse tipo de produto são crianças, que não têm noção de que podem vir a ter esses problemas. Por isso, é preciso que os pais estejam atentos. No teste comparativo, constatou-se também que o teor de cacau é maior nos achocolatados líquidos do que nos pós.

Na análise da rotulagem, nenhum dos produtos trazia a data de fabricação, embora, pela legislação, esse dado não seja obrigatório, desde que conste a data de validade. A marca Toddy teve a pior avaliação nessa etapa, pois também não indicava o prazo para consumo do produto depois de aberta a embalagem e nem como conservá-lo. Nessa etapa, a PROTESTE encontrou uma diferença entre o Toddy (líquido) e os demais achocolatados: na embalagem do Toddy constava o registro do Ministério da Saúde e nos outros produtos apareciam o registro do Ministério da Agricultura e o selo do SIF (Serviço de Inspeção Federal). Por esse motivo, a PROTESTE falou, por telefone, com o fabricante para saber da diferença, e foi informada de que se trata de um “composto alimentar”, ou seja, não é uma bebida láctea, embora na sua composição haja a adição de leite em pó. Todos os produtos lácteos devem ser registrados no Ministério da Agricultura e apresentar o selo do SIF.

Os produtos testados ficaram classificados entre bom/aceitável e regular. Entre os achocolatados prontos para consumo, os títulos de “o melhor do teste” e “a escolha certa” foram para a marca Parmalat. Dos achocolatados em pó, os títulos de “o melhor do teste” e “a escolha certa” foram para o Nescau.

Produtos testados: Em pó: Garotada, Mágico, Nescau, Nesquik e Toddy; líquidos: Choco Milk, Danette, Milkybar, Nescau, Parmalat e Toddy.

Sobre a PROTESTE: A PROTESTE – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO CONSUMIDOR – foi fundada em julho de 2001, por iniciativa do IPEG – Instituto Pedra Grande de Preservação Ambiental de Atibaia (SP), constituído há 20 anos, e da Test-Achats, da Bélgica, associação membro da Euroconsumers que defende o consumidor na Europa e que reúne mais 1,2 milhão de associados. Sua missão é informar, orientar, representar e defender os interesses do consumidor. A PROTESTE edita uma publicação de nome homônimo, onde são divulgados os resultados de testes comparativos que a entidade realiza com produtos e serviços. O propósito da PROTESTE é fornecer informações objetivas ao consumidor para orientá-lo em suas decisões de compra.

Referências:

* Guia alimentar para crianças menores de 2 anos, 2010.

** Guia alimentar para a população brasileira – Ministério da Saúde, 2006.

** Pesquisa de Orçamento Familiar, 2008-2009. (PDF)

Leia mais:

Por que Vale a Pena Cortar o Açúcar a Partir de Agora

 

 

Por que Vale a Pena Cortar o Açúcar a Partir de Agora

 

 

 

76 maneiras do açúcar acabar com sua saúde

 

 

76 Maneiras do Açúcar Acabar com sua Saúde

 

 

 

Fontes:
– Fechando o Zíper: Toddynho tem mais açúcar do que Coca-Cola!
– Proteste: Achocolatados: dez vezes mais açucar do que o necessário

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+1Email this to someone

Posts relacionados:

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe