Notícias Naturais

Bananas Transgênicas não Testadas em Animais Irão Diretamente para Experimentos HumanosNatural News

Experimentos humanos com uma nova de banana geneticamente modificada (transgênica) com níveis artificiais do precursor da vitamina A, o beta-caroteno, estão previstos para começar neste outono, sem testes prévios em animais. Os pesquisadores planejam alimentar estudantes universitários que frequentam Iowa State University (ISU) com a “fruta frankenstein”, embora os detalhes descrevendo como o estudo será conduzido e se os alunos sabem o que estão comendo têm sido limitados.

The Des Moines Register (DMR) relata que 12 estudantes do sexo feminino em cada 500 que responderam a um convite por voluntários serão selecionados nos próximos meses para comer a banana transgênica por quatro dias, durante três períodos de estudo separados. Cada participante receberá 900 dólares em compensação por sua participação, cujo resultado é totalmente desconhecido, visto que a banana transgênica em questão nunca foi testada em um organismo vivo e muito menos um ser humano.

Um projeto da Fundação Bill & Melinda Gates, a banana transgênica é destinada para o cultivo e uso em países pobres da África, onde a deficiência de vitamina A é generalizada. Assim como o infame transgênico “Golden Rice” (protótipo de arroz dourado), o qual falhou em cada teste até agora realizado, a estranha banana transgênica está sendo oferecida como a solução para deficiência de vitamina A, embora há uma abundância de outras frutas naturais e vegetais como mangas e batatas doce que já contêm altos níveis de beta-caroteno.

Por que os cientistas de Gates não vão testar a banana transgênica primeiro em animais?

Além da natureza controversa do projeto em si – os alimentos geneticamente modificados contêm nutrientes que têm sido repetidamente mostrados por prejudicar os seres humanos – muitos estão se perguntando por que os testes em animais não estão sendo realizados na nova banana transgênica. Os regulamentos europeus exigem que qualquer nova proposta de transgênico seja primeiro testada em animais por pelo menos 90 dias, mas neste caso, os cientistas estão empurrando as bananas transgênicas diretamente para os seres humanos.

Isto equivale a experimentação bruta em seres humanos, feita da mesma forma que os cientistas nazistas que durante a Segunda Guerra Mundial realizaram experimentos médicos hediondos em prisioneiros em campos de concentração. É impossível para aqueles participantes em tal experimento darem consentimento informado, porque eles não têm ideia do que estão consentindo – e nem os cientistas que estarão realizando os experimentos.

Ir direto do desenvolvimento de transgênico em teste para os humanos é exatamente o que aconteceu com os testes com o arroz dourado transgênico, onde o arroz dourado transgênico alimentou crianças sem o consentimento informado e sem testes prévios em animais“, escreveu Claire Robinson para GMWatch.eu . “A falta de testes em animais foi condenada por cientistas internacionais como uma violação do Código de Nuremberg, criado após a Segunda Guerra Mundial para evitar a repetição de experimentos nazistas em seres humanos“.

Bananas naturais com elevadas quantidades de beta-caroteno já existem

Quando confrontados com o fato de que bananas ricas em beta-caroteno já existem na natureza, os cientistas que apoiam o projeto da banana transgênica tentaram comicamente alegar que as pessoas que vivem no leste da África, provavelmente, não iriam comê-las porque, veja só – elas são muito doces para seus gostos. Assim, é essencial que Bill Gates & Co. salve o dia com uma banana feita pelo homem que pode acabar matando a população-alvo no final.

Essa loucura é o que impulsiona os cientistas genéticos que empurram este tipo de absurdo para o mundo, quando algo tão simples como os suplementos de vitamina A de baixo custo seriam mais do que suficientes para lidar com a deficiência desta vitamina no Terceiro Mundo. Ou isso, ou ensinar as pessoas nestes países a cultivar alimentos que são naturalmente ricos em beta-caroteno e outros carotenoides precursores da vitamina A.

Semelhante ao arroz dourado, esses aspirantes a super-heróis do Ocidente irão falhar com sua bala de prata para o que é uma sociedade complexa e ecologicamente problemática“, escreveu um comentarista do DMR. “O primeiro passo para ajudar essas crianças seria parar de despejar nosso milho excedente em sua economia abaixo do custo de produção.

A diversidade na agricultura é a resposta para os problemas alimentares distantes e em nosso próprio [país]. Apostar com os dedos cruzados que as balas de prata biotecnológicas não irá ajudar… e se a história for um indicador, provavelmente vamos apenas piorar a situação“.

Leia mais:

Perigosas Bananas Transgênicas Estão Chegando Graças ao Bill Gates NN

 

 

Perigosas Bananas Transgênicas Estão Chegando, Graças ao Bill Gates

 

 

 

Fontes:
Natural News: Untested GMO bananas to move directly to human experimentation
– GMWatch: Another unethical GMO human trial planned
– The Des Moine Register: ISU researcher to test altered bananas
– The Independent Science News: Fakethrough! GMOs and the Capitulation of Science Journalism
– Science Natural News: Scientific studies on GMO
– Science Natural News: Scientific studies on Vitamin A

1 Comment

  • Maria Odete de Brito disse:

    Os GOMs, são a maior desgraça da humanidade…!A empresa MONSANTO está disseminando todos os experimentos e cultivos dessas espécies…! Hoje , tendo em vista estudos sobre isso, chegamos a conclusão de que são alimentos nocivos a saúde em geral e por outro lado são tão ruins que ninguém suporta a má qualidade que representam…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe