Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Como a medicina da doença funcionaAos 30 anos, você tem uma depressãozinha, uma tristeza meio persistente: prescreve-se FLUOXETINA. A Fluoxetina dificulta seu sono. Então, prescreve-se CLONAZEPAM, o Rivotril da vida. O Clonazepam o deixa meio bobo ao acordar e reduz sua memória. Volta ao doutor.

Ele nota que você aumentou de peso. Aí, prescreve SIBUTRAMINA. A Sibutramina o faz perder uns quilinhos, mas lhe dá uma taquicardia incômoda. Novo retorno ao doutor. Além da taquicardia, ele nota que você, além da “batedeira” no coração, também está com a pressão alta. Então, prescreve-lhe LOSARTANA e ATENOLOL, este último para reduzir sua taquicardia.

Você já está com 35 anos e toma: Fluoxetina, Clonazepam, Sibutramina, Losartana e Atenolol. E, aparentemente adequado, um “polivitamínicos” é prescrito. Como o doutor não entende nada de vitaminas e minerais, manda que você compre um “Polivitamínico de A a Z” da vida, que pra muito pouca coisa serve. Mas, na mídia, Luciano Huck disse que esse é ótimo. Você acreditou, e comprou. Lamento!

Já se vão R$ 350,00 por mês. Pode pesar no orçamento. O dinheiro a ser gasto em investimentos e lazer, escorre para o ralo da indústria farmacêutica. Você começa a ficar nervoso, preocupado e ansioso (apesar da Fluoxetina e do Clonazepam), pois as contas não batem no fim do mês. Começa a sentir dor de estômago e azia. Seu intestino fica “preso”.

Vai a outro doutor. Prescrição: OMEPRAZOL + DOMPERIDONA + LAXANTE “NATURAL”. Os sintomas somem, mas só os sintomas, apesar da “escangalhação” que virou sua flora intestinal. Outras queixas aparecem. Dentre elas, uma é particularmente perturbadora: aos 37 anos, apenas, você não tem mais potência sexual. Além de estar “brochando” com frequência, tem pouquíssimo esperma e a libido está embaixo dos pés.

Para o doutor da medicina da doença, isso não é problema. Até manda você escolher o remédio: SILDANAFIL, TADALAFIL, LODENAFIL ou VARDENAFIL, escolha por pim-pam-pum. Sua potência melhora, mas, como consequência, esses remédios dão uma tremenda dor de cabeça, palpitação, vermelhidão e coriza. Não há problema, o doutor aumenta a dose do ATENOLOL e passa uma NEOSALDINA para você tomar antes do sexo. Se precisar, instila um “remedinho” para seu corrimento nasal, que sobrecarrega seu coração.

Loja Tudo Saudável - Tudo Para sua Saúde

Quando tudo parecia solucionado, aos 40 anos, você percebe que seus dentes estão apodrecendo e caindo. (entre nós, é o antidepressivo). Tome grana pra gastar com o dentista. Nessa mesma época, outra constatação: sua memória está falhando bem mais que o habitual. Mais uma vez, para seu doutor, isso não é problema: GINKGO BILOBA é prescrito

Nos exames de rotina, sua glicose está em 110 e seu colesterol em 220. Nas costas da folha de receituário, o doutor prescreve METFORMINA + SINVASTATINA. “É para evitar Diabetes e Infarto”, diz o cuidador de sua saúde(?!). Aos 40 e poucos anos, você já toma: FLUOXETINA, CLONAZEPAM, LOSARTANA, ATENOLOL, POLIVITAMÍNICO de A a Z, OMEPRAZOL, DOMPERIDONA, LAXANTE “NATURAL”, SILDENAFIL, VARDENAFIL, LODENAFIL ou TADALAFIL, NEOSALDINA (ou “Neusa”, como chamam), GINKGO BILOBA, METFORMINA e SINVASTATINA (convenhamos, isso está muito longe de ser saudável!). Mil reais por mês! E sem saúde!!!

Entretanto, você ainda continua deprimido, cansado e engordando. O doutor, de novo. Troca a Fluoxetina por DULOXETINA, um antidepressivo “mais moderno”. Após dois meses você se sente melhor (ou um pouco “menos ruim”). Porém, outro contratempo surge: o novo antidepressivo o faz urinar demoradamente e com jato fraco. Passa a ser necessário levantar duas vezes à noite para mijar. Lá se foi seu sono, seu descanso extremamente necessário para sua saúde. Mas isso é fácil para seu doutor: ele prescreve TANSULOSINA, para ajudar na micção, o ato de urinar. Você melhora, realmente, contudo… não ejacula mais. Não sai nada!

Vou parar por aqui. É deprimente. Isso não é medicina. Isso não é saúde.

Essa história termina com uma situação cada vez mais comum: a DERROCADA EM BLOCO da sua saúde. Você está obeso, sem disposição, com sofrível ereção e memória e concentração deficientes. Diabético, hipertenso e com suspeita de câncer. Dentes: nem vou falar. O peso elevado arrebentou seu joelho (um doutor cogitou até colocar uma prótese). Surge na sua cabeça a ideia maluca de procurar um CIRURGIÃO BARIÁTRICO, para “reduzir seu estômago” e um PSICOTERAPEUTA para cuidar de seu juízo destrambelhado é aconselhado.

Sem grana, triste, ansioso, deprimido, pensando em dar fim à sua minguada vida e… DOENTE, muito doente! Apesar dos “remédios” (ou por causa deles!!).

A indústria farmacêutica? “Vai bem, obrigado!”, mais ainda com sua valiosa contribuição por anos ou décadas. E o seu doutor? “Bem, obrigado!”, graças à sua doença (ou à doença plantada passo-a-passo em sua vida).

Participe da discussão no Fórum Notícias Naturais.

Veja abaixo a excelente interpretação de Silvio Matos:

Fontes:
Fórum Anti Nova Ordem Mundial: Como a medicina da doença funciona
Verdade Mundial: Como a medicina da doença funciona
– Carlos Bayma Med

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

45 Comments

  • Ivone C S T. disse:

    Cuide de sua saude atravez de sua alimentação
    Ervas e muita lei turma informaçoes vc adquiri.
    Fazer exercicios diarios, movimentos-se.
    Yoga Pilates recommendo.
    Coma Frutas variados diariamente, verduras variadas
    Sucos feito em casa .
    Adquira conhecimento espiritual assim vc cuida de sua saude mental .
    Afaste-se do que te faz mal. Procure o que te faz bem !
    Leia se informe TUDO se aprende!
    FICA com Deus.

    Ivone C S T.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • Cleonice disse:

      Parabens pelo seu comentário, concordo com tudo, devemos sim fazer exercícios, ouvir boas músicas, ler bons livros, caminhar, rir muito….boa alimentação.

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Reynaldo lucas fernandez disse:

    Minha esposa toma fluoxetina, sem esse medicamento fica impossível conviver com ela!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • José disse:

      E com esse medicamento, é impossível ELA viver com qualidade de vida.
      Se abrir o campo de visão, poderá ver outras soluções.

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Infelizmente a nossa medicina ainda continua no modelo descartiano de Renè Descartes, ou seja toda compartimentalizada, perdendo-se assim, a visão holística, a visão do todo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Fae' disse:

    Todo o sistema mundial esta’ corrompido. Os povos do mundo estao sendo enganados por um sistema monetario que e’ em si mesmo uma grande fraude, beneficiando uma pequena minoria em detrimento da maioria. Esta fraude da “medicina” esta’ sendo exposta ate’ mesmo por medicos honestos e corajosos, e agora esta informacao precisa chegar ate’ o povao.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Tuca Morais disse:

    Na verdade a medicina convencional,os laboratório, a politica, a polícia, a indústria de “alimentos”,entre outros fazem parte da cadeia produtiva da morte. É muito importante essa iniciativa de vocês, e acho que devemos divulgar,e não só denunciar essa cadeia,mas, propor ao governo federal, ao ministério da saúde, da agricultura, a medicina, para que se invista em medicina preventiva,agricultura orgânica acessível a todos, em fontes de energias eólicas, solar, e por ai vai. Viva a vida sustentável!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Gianni disse:

    Bem assim!
    Com 30 e poucos anos comecei com paroxetina, depois rivotril, em seguida sibutramina…..por aí foi, meu ex marido foi pelo mesmo caminho…….o casamento se foi, mas as prescricoes não…….pensando em como estaria aos 40 anos, resolvi parar com tudo! Hoje, não vejo o mundo cor de rosa, não acho tudo ótimo, como a paroxetina me fazia ver, mas me sinto mais lúcida, com dias melhores e outros piores, como a vida deve ser. O que restou foi o peso que ganhei e problemas para dormir, mas vou ter que resolver isso sem medicamentos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • Samir disse:

      Existem ervas que ajudam a dormir se inaladas.

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

      • Amiga voçe é uma das Mil vitimas mensais desta prescrição adoidada sem estudos e sem a lembrança do Juramento do HIPÓCRATES de uma Classe, que se Formam em Busca de status e atendem no INSS como +um Bico que compõe seu orçamento … Uma medico que atende 30 a 40 pacientes em um turno nunca jamais poderá praticar A Medicina, a Não ser que segundo os Espiritualistas , abaixe o espirito de dr FRITZ, que sendo da alem pode tudo … Mestry Badahra

        Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Gianni disse:

    Além de mim, conheço inúmeras pessoas que estão neste “caminho”. É difícil alerta-las, pois com os antidepressivos, ou com os ansioliticos, temos a ilusão de que está tudo ótimo. Até começarem a surgir os outros problemas de “saúde”, ou financeiros…….
    Ótima matéria, parabéns! Eu consegui ver isso tudo sozinha, talvez tenha demorado, mas vi, pena que muitas pessoas não conseguirão ver, ou só verão quando for muito tarde.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Josué Notário Rodrigues disse:

    Verdade.
    Mas para o sistema isto é ótimo.
    Além de manter a indústria farmacêutica a previdência não precisará te “bancar” por muito tempo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • não há nenhuma novidade nisso. Veja o exemplo da vitamina D melhor qualidade de vida para varias doenças, mais ela não é rotulada qualquer laboratório pode fabricar
    então pra que prescrever.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Michele disse:

    Eu tomo fluoxetina e clonazepam por causa de uma depressão grave, mas meu psiquiatra já está diminuindo os medicamentos porque viu que a minha melhora se deu mais por meditação e terapias complementares do que pelos remédios. É complicado.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • walter tricamegy disse:

    falou maluco
    a medicina ca de africa ta pior ainda,as peopulacoes em troca de 1 metical,recebem medicacao sem prazo e consultas prescrit
    as na base do que esta disponivel e nao duq os pacientes precisam.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Marcelo Rosi disse:

    Se os médicos brasileiros são ruins imagine os cubanos…..

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • adriana disse:

    Nossa me identifiquei com esse post,realmente parece que foi escrito para mim tomei todos esses remédios tive todos as doenças,tinha um medo louco de ficar doente, e tomava muitos medicamentos por dia e com isso passava muito mal,um dia eu disse para mim toma vergonha na cara guria,tu ñ nasceu com isso sindrome do panico, ansiedade,como assim se ama do jeito que vc é tomar remédio para emagrecer e ficar assim ñ quero isso na minha vida mais e hoje estou cura de todas as depressões que sofria é tudo cabeça boa vontade claro tem caso isolados né, ñ pude deixar de comentar abraços.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Neusa Maria Da Silva disse:

    Tive um problema e me acoselharam atomar rivotril, eu gostaria de saber se esse remedio engora pois subi muito de peso, dimiui a dosagem mas continuo ganhando peso, sera que tem alguma erva que possa substituir algum remedio homeopatico.?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Fernando disse:

    THC – como um homem pode proibir outro homem de plantar uma semente e consumir seu fruto?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Paula disse:

    Muito bom, esse site, parabéns a quem o criou e quem deixa sua contribuição.
    Acho que também devemos sim criticar os medicamentos alopáticos, mas deixar o que fazer para substitui-los. Daí sim vamos melhorar a saúde de quem precisa.
    Um grande abraço a todos, Deus nos abençoe.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Paula disse:

    Maravilhoso esse site.
    Quem toma remédios, deve fazer o que então com as enfermidades que adquiriram, qual solução? Só mudar a alimentação?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • talita disse:

      Creio que se deva partir pra uma vida mais saudavel em termos de alimentacao e atividade fisica enquanto tomas os remedios das doencas adquiridas e, aos poucos, vai reduzindo as dosagens dos remedios ate se libertar deles. Parei com a fluoxetina frequentando a psicologa semanalmente e fazendo atividade fisica….recomendo…

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • Ana disse:

      só? vc ainda pergunta “só”????
      Muda a tua alimentação, muda a tua mente, e vc vai ver toda a sua vida mudar. Pare de ser vítima dos outros, do governo, do chefe, do mundo, assuma q a sua vibração é q atrai tudo isso e a sua consciência a levará a fazer escolhas mais responsáveis, inclusive a respeito da sua alimentação. Vc acha q seus neurotransmissores, as suas células são feitas de quê senão da comida q vc come? será q faz tanta diferença assim comer uma verdura ou um processado industrializado? Te digo, faz “só” TODA a diferença!

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Joemir disse:

    Fuma um baseado antes de dormir todo dia q vc economiza e vai se bem melhor.é natural.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Luci Pereira Mendes disse:

    Já fui escrava de remédios para depressão, calmantes, e tantos outros. Já faz tempo que larguei tudo. Fiz terapias alternativas como técnicas do Osho, meditação e outros. Hoje já fazem cinco anos que estou na Yoga e meditação toda semana. A Yoga salvou a minha vida, vou fazer 70 anos, não tomo nenhum remédio. Tenho pressão normal, nem vitamina tomo. Só alimentação orgânica quando o dinheiro dá. Calmante, insônia faça meditação. É isso aí. Não sou escrava de farmácia..

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Hélio disse:

    Excelente matéria. Infelizmente no Brasil não temos Ministério da saúde, mas MINISTÉRIO DA DOENÇA!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Jessica disse:

    Nossa, viajaram forte agora.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Luis Gomes disse:

    Tento suportar algumas dores, para evitar de recorrer aos remédios viciosos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • max maciel disse:

    O mundo procura a paz com a guerra
    A saúde na ciência e
    A felicidade no dinheiro

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Luiz Fernando Rabello disse:

    Me vi na “historinha” acima. Hoje em dia tomo uns 18 comprimidos por dia mais insulina. Tenho diabetes, problema no coração {já estou com 4 stents} e depressão. Sem contar a síndrome do pânico, que tenho desde 1975. O grande problema é q não sei como parar com esses remédios q tomo e trocar por outros.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • MERI disse:

    TOMO 25 COMPRIMIDOS POR DIA… OS CITADOS NA MATÉRIA ENTRE OUTROS. JÁ ME DEI CONTA QUE TEM COISA ERRADA, MAS TENHO MEDO DE PARAR COM AS MEDICAÇÕES E MORRER, POIS TENHO PRESSÃO ALTA.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Stella disse:

    Todas as vezes que algum “sábio” médico me receita um antidepressivo, eu respondo orgulhosamente: Não doutor, muito obrigada mas, eu já tomo vinho. E estamos conversados.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • A 23 anos faço uso de fluoxetina e Diazepan, estou com 49 anos e por conta da perda de um filho que faleceu em meus bracos fiquei muito depressiva.Faço uso de medicamentos para press
    ão alta, colesterol e diabetes do tipo II Sei que Deus tem o poder de me libertar no momento certo.Não nasci tomando remédios 😀

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Oswbneto disse:

    Poderia ser tão facilmente evitado com uma meditação diária, digo meditação numa conotação medicinal, não espiritualmente (nesse sentido você seria capaz de conquistar com o tempo). Claro, somado a alimentação e exercícios. Sinceramente? Não tem como ter uma vida feliz! – kkk-

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Iraldina Basoni disse:

    Li tdo o texto e me identifiquei, não por ter depressão etc…E sim, por ter um problema sério de pele e os doutores acham q é psicologico e falam tbm q é dermatite aguda e receitam anti-istaminico, cremes, pomadas e outras coisitas mais, agora solicitar um tipo de exame específico, nempensar Conclusão: não tomo, pq ja falei pra eles q ja durmo mto. e a noite não coça, pq tenho q tomar anti-istaminico? Mesmo assim, tomei uma noite e q aconteceu foi q no dia seguinte não consegui me levantar da cama antes das 16 horas. Ai eu penso: vou ficar tomando uma medicação pra ficar sedada dia e noite? Ah, fala sério! Tomo não.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Valéria disse:

    Só usei Rivotril depois que meu pai morreu. Noites mal dormidas estavam me fazendo pirar. Fazia chás, relaxamento mas só o Rivotril organizou. Mas com 3 meses eu fiz um compromisso comigo e parei. Caso tenha dificuldade para dormir faço um chá de maçã com maracujá. Experimentem. É ótimo. Meia maçã, 1 maracujá. 1 xícara e meia de água. Corte a maçã com casca e coloque com a polpa de um maracujá para ferver. A casa vai ficar com um cheirinho tão bom que já relaxa. Deixe fervendo uns 3 minutos. Quando amornar coe e adoce à seu gosto. E delicioso, natural e funciona.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • o assunto saúde, (doença- mais precisamente) sempre amedronta. e a riqueza da medicina e laboratórios vem do medo das pessoas.
    Meditação pode ser um tema bastante abordado por este site. meditação é simplesmente um banho diário “em nossa mente”. promove saúde perfeita. ótimo site. !

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Hélio disse:

    É um dos assuntos que mais gosto, toda vez que recebo este post leio, pois é realmente o que acontece.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • sergio disse:

    não é so a indústria farmacêutica que é prejudicada…. imagine quantos médicos ficarão sem pacientes, quantas farmácias fecharão, sem falar em enfermeiros, hospitais etc…
    se acharem a cura, haverá um desmantelamento geral do suporte atual à saúde pública… Portanto, só acabando com o mundo atual e fazendo outro, porque para qualquer lado que se olhe percebe-se que precisa ser refeito…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Edgard disse:

    Me vi nesse texto, tomo todos estes… alguém pode me ajudar? abraços

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • jose valdemir zuconelli disse:

    Chamou a atençao de muitos com certeza ; Parabéns Sr.Cervero da Medicina pela coragem desta colocaçao.
    Aliás, sou feliz por estar com 60 anos e meu primeiro médico (rsrsrs) me ter receitado SINVASTATINA e não ser contra de meu consumo exagerado de carne vermelha, peixes e salada; acompanhado por uma bebida de um certo levedo e ou um bom vinho ….

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • MARIA GOMES disse:

    Realmente, estamos vivendo a cultura de morte! É preciso que as pessoas tomem consciência disso e busquem alternativas mais adequadas!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe