Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Nobel de Medicina A Cura de Doenças Não é Lucrativa Para a Indústria FarmacêuticaO médico britânico e Prêmio Nobel, Richard J. Roberts, acusou as grandes empresas farmacêuticas de colocar em primeiro lugar os benefícios econômicos do que a saúde das pessoas, impedindo o progresso científico na cura de doenças porque curar não é rentável.

Os medicamentos que curam não são rentáveis, e portanto, não são desenvolvidos pela indústria farmacêutica, que desenvolvem drogas para tratamentos crônicos que são consumidas forma serializada“, disse o prêmio Nobel em uma entrevista para a revista ‘PijamaSurf’. “Algumas drogas que poderiam curar as doenças de uma vez não são investigadas. Até certo ponto é verdade que a indústria da saúde é regida pelos mesmos valores e princípios que o mercado capitalista, que chegam a se parecer muitocom a máfia “, se pergunta o Nobel da medicina de 1993. O cientista e pesquisador acusa a indústria farmacêutica de se esquecer de servir as pessoas e se preocupar apenas com o desempenho econômico. “Eu vi como, em alguns casos, pesquisadores dependentes de fundos privados podem ter encontrado remédios muito eficazes que teriam terminado completamente com uma doença“, explicou.

As empresas farmacêuticas não estão tão interessadas em curá-lo, mas apenas em ganhar dinheiro” 

Ele acrescenta que as empresas param de investigar, porque “elas não estão tão interessadas em curá-lo do que em tirar o seu dinheiro, assim, uma pesquisa de repente é desviada para a descoberta de medicamentos que não curam de todo, mas tornam a doença crônica e fazem experimentar uma melhoria, que desaparece quando você para de tomar a droga.” Diante disso, nota-se que a indústria está interessada em áreas de pesquisa, não para curas para doenças, mas “apenas para torná-las doenças crônicas com drogas cronificadoras muitos mais rentáveis do que curar completamente e de uma vez por todas “.

Loja Tudo Saudável Produtos Naturais pelo menor preço

Quanto aos motivos por que os políticos não intervêm, Roberts argumenta que “em nosso sistema, os políticos são apenas funcionários dos capitalistas , que investem o necessário para que seus filhos não sejam deixados de fora, e se são, compram daqueles que são escolhidos”.

Fonte:
Russia Today: Nobel de medicina: “Curar enfermedades no es rentable para las farmacéuticas”

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

23 Comments

  • Carlos Marcos disse:

    É sempre impressionante ver nos midias opiniões e cometários desta natureza que implicam com a nossa tranquilidade em matérias tão importantes como os apoios à saúde e o tratamento de doenças.
    Mas, infelizmente, as sociedades humanas estão assim constituídas e encontrar a forma de traçar novos caminhos éticos certamente que será difícil, senão impossível. Nós lemos e quase que acreditamos…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Susane disse:

    Falando em medicamento, tenho notado que alguns médicos estão receitando medicamentos manipulados, alguém sabe me explicar porque isso agora? o que tem mudado com relação aos tradicionais remédios?

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • valéria disse:

      Boa observação, Susane. Geralmente o médico que indica e informa a possibilidade de manipular determinado princípio ativo, ele o faz preocupado com o bolso do paciente. Sabemos que a maioria dos médicos é induzida pelos grandes laboratórios a indicar tal ou qual medicamento, pois cumprindo “metas”, esses médicos ganham bônus desses laboratórios, até viagens. Um médico que indica um remédio de referência (mais caro) sabendo que o princípio manipulado é mais viável para o paciente, está preocupado consigo mesmo, e menos com o paciente, concorda?
      Abraços.

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • isabel CELESTINO disse:

      Acredite as farmácias que manipulam, também pagam porcentagem aos médicos…pensando nos seus próprios bolsos, eles fazem isso…

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Marcos Costa disse:

    Já ouvi de oncologistas que a cura do câncer pode ser uma ameaça para aqueles especialistas. Isso já aconteceu entre os cirurgiões torácicos quando a tuberculose deixou de ser cirúrgica. Tantas fizeram com os esquemas terapêuticos que estamos devolvendo os tuberculosos para as salas de cirurgia. Marcos. Geração. 1946.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Marcos Costa disse:

    Já ouvi ao vivo declarações de oncologistas que não querem acreditar na cura dos cânceres. Pode vir a ser uma ameaça à sua especialidade. Lembremo-nos da tuberculose e sua cura. Hoje estamos oferecendo tuberculosos para a cirurgia torácica. A sífilis e a Lepra também passaram a ser tratáveis e curáveis. Essa é a lei da natureza que teimamos em ignorar. Marcos. G.1946.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • renaldo dessbesell disse:

    Concordo plenamente com o senhor,infelizmente essa é a realidade que está sendo pregada pelos médicos,mas já existem medicamentos pra a cura da diabete,e outras doenças mais,mas isso não interessa aos LABORATÓRIOS pois iam acabar com sua fonte de renda.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • O homem nao respeita o homem deixa se influenciar pelo dinheiro e mata rouba vicia utiliza do outro homem para o mal. Qual sera a geraçao do FUTURO? outros animais sao mais inteligente se amam e se respeitam
    Helena

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Lindinalva V. Contreiras da Silva disse:

    Sinto-me impotente ao ler e ouvir alguns depoimentos com relação a cura de doenças consideradas raras.Gostaria que tudo isso fosse apurado com seriedade pelas nossas autoridades, pois, com a vida das pessoas não se brinca.A saúde é a maior riqueza que se pode ter,e, se realmente está acontecendo esse descaso, é hora de pedirmos SOCORRO ! O ser humano merece respeito.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Bom dia, um alerta para quem quer ficar acima do CRIADOR :” VÊ POIS QUE A LUZ QUE EM TI HÁ, NÃO SEJAM TREVAS.’ LUCAS 11:35 e ai eu acrescento, o que adianta o homem ganhar o Mundo e no fim perder a sua alma, ainda está em Tempo de Mudar , porque depois se não houver mudança , com certeza haverá choro e ranger de dentes ,CUIDADO!!!!!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Diego disse:

    Grande exemplo disso está na prática da medicina psiquiátrica, que é extremamente manipulada pela indústria farmacêutica através das chamadas doenças mentais, as quais não tem exames objetivos de confirmação de diagnóstico e, “coincidentemente”, nunca fora apresentado nenhuma cura a estes transtornos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Diácono Warley disse:

    Infelizmente o “deus” é o senhor de muitos laboratórios que só pensam em lucrar e não pensam naquelas pessoas que tem suas vidas tolhidas e ceifadas pela mafia farmacêutica. Pois se existe a cura e esta é ocultada para fins lucrativos, este ato viola os direitos humanos e é um atentado homicida contra a dignidade da pessoa humana, que clama por justiça.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Diácono Warley disse:

    Infelizmente o “deus” é o senhor de muitos laboratórios que só pensam em lucrar e não pensam naquelas pessoas que tem suas vidas tolhidas e ceifadas pela mafia farmacêutica. Pois se existe a cura e esta é ocultada para fins lucrativos, este ato viola os direitos humanos e é um atentado homicida contra a dignidade da pessoa humana, que clama por justiça…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Acir disse:

    Infelizmente o dinheiro fala mais alto. Vejamos, caso o câncer já tivesse sido totalmente debelado, quanto a industria farmacêutica e de equipamentos iriam deixar de arrecadar? Por isso eles mantém a meio termo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Gibran Elias disse:

    Acho que há algo muito delicado aí: atribuir o problema fundamentalmente à “lógica do sistema capitalista”, como se as alternativas ao “sistema capitalista” fossem diferentes em qualquer medida.
    TODOS os que estão no poder (não importa sob qual bandeira) estão lá (querendo ou não, sabendo ou não) sob a diretriz última de nos manter em escravidão. O dinheiro é apenas Uma das armas usadas pra isso e será usado, como todas as demais armas, tanto pelos defensores quanto pelos opositores do “sistema capitalista”.
    A solução NUNCA VIRÁ de cima. Tudo o que os médicos podem fazer é empregar esses recursos disponibilizados (o que é lamentável) e Educar a População pra Promover a Própria Saúde (pra não adoecer!); e tudo o que a população pode fazer é se interessar e se comprometer com isso, pra não cair sob a Dependência de quem não pretende nos ajudar de fato.
    Isso é TUDO o que podemos fazer, e olha que ainda enfrentamos ataques deliberados (embora velados) à nossa saúde. Pra maioria, isso ainda é “teoria” da conspiração; pra alguns, a conspiração já é evidente.
    E não devemos, sem reflexão, rejeitar um absurdo pelo Fato de que é absurdo. É praticamente Incrível (Inacreditável) que os poderes desse mundo se dediquem secretamente a nos escravizar, enquanto falam, publicamente, na maior cara-de-pau, tudo o que gostaríamos de ouvir. É Absurdo? Sim, É! E isso também é uma arma usada contra nós: “não acredito, isso é piração, mais uma ‘teoria da conspiração’, NINGUÉM seria capaz de um absurdo desses!”, pensamos, enquanto o absurdo segue em plena marcha debaixo dos nossos narizes e sobre os nossos cadáveres. Negar uma realidade absurda não a torna menos absurda, nem menos real.
    Enfim, cuidemo-nos. NINGUÉM vai cuidar de nós, não há a quem pedir socorro, esqueçam a ONU e todos os “guardiões” da ética e da dignidade humana. Cuidemo-nos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • 2gmail.comtive uma grave queimaco como sendo gastrite o medico me deu tudo quanto foi remedio mas depois de gastar tanto fiquei curado com o carvao vegetal tao simples mas descobri por acaso

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Rafael disse:

    Li a matéria e os comentários.
    Não que eu não acredite que o que foi levantado realmente ocorra, mas laboratórios farmacêuticos de pesquisa e desenvolvimento, investem milhões para que se descubra sim uma possível cura ou a melhor substância entre várias para aliviar os sintomas e tratar de fato os pacientes e isso é um clico importante para todos nós, uma vez descoberto e oferecido as pessoas que precisam, tem de volta o que se investiu e claro rentabilidade para próximas pesquisas. Vejam o quanto evoluímos e o quanto ainda temos que evoluir, isso é sério e tem sido tratado como.
    Quanto fazer que as pessoas usem de forma crônica ou invés de oferecer a cura, acredito que não seja estratégia, pois basta calcular o valor desta cura com mais rentabilidade, como acontece em doenças raras, que tem tratamentos que chegam a custar 5 milhões de reais por ano para cada paciente, pois a doença é rara e é o custo que se paga pelos altos custos com pesquisa para se chegar a melhor solução. Por ser rara, poucas pessoas precisam e com isso custam caro, geralmente esses tratamentos são custeado pelo governo.
    Temos que apoiar os laboratórios sérios que estão pesquisando e desenvolvendo novas soluções, cada vez mais eficazes, toleráveis e seguras.
    Os grandes vilões deles são os laboratórios similares, genéricos e de manipulação que não gastaram 1 centavo se quer para o avanço nos tratamentos, não pesquisam nada e lucram bilhões fazendo cópias da referência.
    Os apoios científicos em educação médica continuada (Congressos) que os laboratórios oferecem aos médicos têm o propósito de atualizarem dos avanços e poder ter conhecimento atualizado para poder oferecer o melhor para os pacientes. Mas em virtude das más interpretações, inclusive citadas nos comentários aqui, muitos laboratórios já começaram a cortar esse apoio à classe médica de suas políticas.
    Se houver cura, ela terá um preço para isso, para que se pague o que foi investido para pesquisá-la e invista em novas pesquisas. Isso é um processo muito demorado e caro, a substância que chega ao mercado passa por um filtro rigoroso para se chegar na melhor entre várias substâncias e isso pode levar 10, 15, 20 anos em pesquisas em uma única solução de tratamento, entre várias que precisamos avançar.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Wilson Santos disse:

    Parabéns ao Rafael pela opinião sensata.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Mel disse:

    Me ensina como proceder com o carvão vegetal para acabar com a azia? Tenho gastrite e sofro com azia…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Francisco Paulo dos Santos Pimentel disse:

    A mudança de paradigma é inevitável.
    Não se sustenta mais, chega de tratar das consequências sem se importar com as causas.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Acredito que isto é um fator que acontece mundialmente, a indústria farmacêutica quer mais é que a população mundial fique mais doente isto sim, será que eles nunca vão se conscientizar sobre isto.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Devido a isto milhares de pessoas estão e vão continuar sofrendo pelo mundo além dos preços serem superfaturados acho que a indústria não se preocupa com a gente.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Desde quando a indústria farmacêutica se preocupou com a cura de doenças, a única coisa que interessa para estás indústrias são os bilhões de dólares que eles faturam anualmente e cada vez ganhando mais. Eu tenho por mim que hoje em dia já existe cura para diversas doenças inclusive doenças graves, mas eles só se preocupam com o dinheiro infelizmente, e o pior de tudo é que os governantes ainda apoiam.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe