Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

A-Verdade-Sobre-o-oleo-de-Canola

Azeite de Oliva vem das azeitonas. Óleo de girassol vem das sementes de girassol. Mas o que é canola? A Canola é na realidade, uma palavra inventada para um produto geneticamente modificado, transgênico:

CAN.O.L.A. = CANadian Oil Low Acid

É infelizmente uma invenção canadense subsidiada pelo governo. Os subsítidos tornam o produto muito barato, por isso quase todos os alimentos processados ou embalados contém óleo de canola. Comece a ler os rótulos e checar os ingredientes. Entenda o porque:

Óleo de canola é desenvolvido a partir de uma planta chamada colza, que pertence à família da mostarda. Estes óleos tem sido utilizados para fins industriais (velas, batons, sabonetes, tintas, lubrificantes e biocombustível). É um óleo industrial, e não um alimento!

O óleo de colza é a fonte por trás do gás mostarda, que pode nos causar enfisema, dificuldade respiratória, anemia, constipação, irritabilidade e

cegueira. Mas através da beleza da modificação genética, nós agora vendemos este óleo como uma óleo comestível.

A alegação sobre a canola ser segura para consumo é que através da modificação genética ela deixa de ser colza, e passar a ser canola. Mas a canola é apenas a colza geneticamente modificada. O óleo de canola passou a ser comercializado como um óleo maravilhoso, com baixos níveis de gorduras saturadas e com um ótimo aporte de ômega 3.

Acredita-se que a colza tenha efeito cumulativo, e que seus sintomas levam cerca de 10 anos para começar a se manifestar. Um possível efeito à longo prazo seria a destruição do revestimento de proteção no cérebro, em torno dos nervos, chamado bainha de mielina.

Alguns dos sintomas são:

* Tremores e agitação
* Falta de coordenação ao caminhar ou escrever
* Fala arrastada
* Deterioração dos processos de memória e pensamento
* Redução ou difusão da audição
* Dificuldade para urinar / incontinência urinária
* Problemas respiratórios / falta de ar
* Crise nervosa
* Dormência e formigamento nas extremidades
* Problemas cardíacos / arritmia
* Do ponto de vista nutricional, estudos demonstram que o óleo de canola depleta vitamina E. Há tendêndia para inibir o metabolismo adequado dos alimentos e nossa função enzimática. Também suprimi o sistema imunológico.

Qual a realidade dos alimentos geneticamente modificados (os famosos transgênicos)?

O Brasil têm plantado alimentos geneticamente modificados, e a tendência é só aumentar… Em 2020 a área plantada com culturas transgênicas alcançará 49 milhões de hectares e o uso de agrotóxicos continuará em disparada.

O TOP 3 de alimentos geneticamente modificados são:

* Canola
* Milho
* Soja

Não muito distantes estão a batata, o tomate, o pimentão, o amendoim e o girassol.

Empresas que utilizam alimentos geneticamente modificados:

* Kellogs (Sucrilhos)
* Coca-Cola
* Hershey’s
* Gatorade
* Quaker
* Unilever (Ades…)
* Ragu
* PepsiCo (Doritos, Ruffles, Elma Chips, Cheetos…)

Nos Estados Unidos tentaram criar uma legislação que obrigasse a rotulagem de produtos geneticamente modificados em supermercados. Então três empresas: Kellog’s, Monsanto e DuPont gastaram 55milhões de dólares para lutar contra isso, e ganharam a causa.

Portanto não é obrigatório para as empresas deixar que os consumidores saibam quando o produto é geneticamente modificado ou não.

Óleo de Coco Extra Virgem pelo menor preço é na Tudo Saudável

Prejuízos causados por produtos geneticamente modificados:

1) Reações alérgicas
Nosso corpo não foi criado para reconhecer e consumir produtos geneticamente modificados. Eles contém substâncias que são consideradas estranhas ao nosso organismo, e podem interferir no nosso trato gastrointestinal e na nossa corrente sanguínea.

2) Resistência à antibióticos
Muitas plantas modificadas geneticamente foram projetadas para se tornarem resistentes. Nós consumimos essa mesma toxina, que por sua vez, pode produzir resistência aos medicamentos antibióticos.

3) Câncer
Alimentos modificados geneticamente são uma ofensa para nossas células. Elas deprimem o sistema imunológico e podem favorecer o desenvolvimento do câncer.

4) Imuno supressão
Nosso sistema imune não reconhece alimentos modificados geneticamente. Com isso, o nosso corpo fica trabalhando para expulsá-lo o mais rápido possível, e sobra menos tempo para que ele trabalhe para o nosso bem-estar.

Além de tudo que foi citado acima, alimentos geneticamente modificados têm um efeito negativo sobre a natureza. Ele afeta o equilíbrio da terra, prejudica as plantas selvagens e prejudica o ciclo de vida de animais selvagens.

O QUE PODEMOS FAZER?

* De modo geral, evite alimentos processados, pois as chances de conter alimentos geneticamente modificados é muito maior.

* Procure apoiar os agricultores locais que vendem orgânicos

* Não compre ou consuma qualquer alimento que contenha canola.

* Com pequenas mudanças nós podemos incorporar uma alimentação mais saudável ao nosso dia-a-dia!

———————————————

Apesar da fonte abaixo informar que o artigo é de autoria da Dra X, em seu site/blog não consegui achar o referido artigo. Achei interessante que fazendo uma pesquisa por canola no site aparece o texto do artigo, mas quando você clica informa que o artigo não existe. Por via das dúvidas enviei um email a autora questionando se o artigo é dela mesmo. Atualizarei o tópico quando receber uma resposta.

Atualização:

Consegui contatar a autora do artigo, e esta me pediu gentilmente para retirar o nome dela do artigo, por ter sofrido “pressões externas” para removê-lo. Por esta razão retirei o nome dela deste post.

Participe também da discussão no Fórum Anti-NOM.

Fonte:
Blog Alimento Puro: A Verdade Sobre o Óleo de Canola

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

23 Comments

  • Marlene Boeck disse:

    Sempre é bom podermos ler informaões sobre alimentos e o que eles provocam. Obrigada pelas pessoas que divulgam estes artigos super interessantes.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • eu usava o tal oleo recomendado pela minha cardio, quando descobri que se tratava de um oleo modificado, deixei de usa-lo. achei otimo o seu artigo. parabens!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • gleybe disse:

      O óleo de soja , não fica muito , para trás .
      Lembra , quando “nossas” mães , só usavam a velha e boa banha de porco ?
      Por mais que alguém tente contestar, não havia tanto problema no estomago ; nem se ouvia falar do cancer !!!

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

      • musiclover disse:

        O porco de antigamente era tratado de forma diferente,concorda? Comiam milho, lavagem dos alimentos e produtos naturais; não tinham em sua dieta hormônios nem antibióticos! Ademais, comíamos a carne do porco e exercitávamos fisicamennte,lembra? Era pra tudo: lavar roupa, passar, louça, limpeza doméstica, encerar, caminhar … Hoje não! Daí os problemas!!

        Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Sylvio Sergio disse:

    Como Cristão e como médico saúdo Deus em você.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Roberta disse:

    Nossa porque fazem isso nao e mais facil manter e vender a populaçao o produto organico?? Poxa vida melhor o povo investir em orta em casa…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

    • Milce Candida Linhares disse:

      Concordo com você Roberta mas infelizmente o dinheiro compra tudo até votos em vésperas de eleição. Anos atrás estavam dando dentaduras,isso meso dentaduras aos nordestinos menos esclarecidos e pelo que me c onsta, uma prótese precisa ser moldada.Infelizmente é este o Brasil e as grandes multinacionais.

      Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • adilson villapando disse:

    Parabens é isso. Temos que denunciar mesmo. Porém o jogo economico entra na historia e nao permitem a divulgaçao. Acontece o mesmo com a maldita e a vilã SOJA. Usada pra tudo. É a maior materia prima usada em alimentos no Brasil. Faz muito mal pra saude e ninguém divulga. Sugiro que coloque artigos sobre ela.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Muito boa a matéria. Precisamos saber o que nós estamos consumindo. Obrigada pela matéria.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Milce Candida Linhares disse:

    Agradeço e concordo com todos e como é difícil não achar óleo sem os componentes acima citados, uso de soja mas quase nada até porque não gosto e nunca gostei de comida gordurosa.Devagar estou fazendo pequena horta pois amo legumes, vegetais e frutas mas não posso plantar um pouco de cada, então planto couve, cebolinha,salsinha,limão, laranja,etc…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Roberto Carrer disse:

    Plantemos cada um em sua própria casa e mudaremos o mundo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Maria Grilo disse:

    Só agora vi esta publicação, mas fiquei com uma dúvida: Toda a colza e todo o óleo de colza são geneticamente modificados, ou seja, correspondentes a “canola”? Lembro-me de se cultivar colza já há bastantes anos em campos de agricultura não intensiva, e não creio que houvesse qualquer modificação genética. Antes cultivava-se principalmente para animais, mas ouvi num programa de TV (francesa) que era uma boa fonte de Ómega3, pelo que aconselhavam a misturá-lo com azeite. Além disso aqui (em Portugal) nem sequer ouvi nunca falar de “canola” nem a vi à venda. Será que posso continuar a comprar o óleo de colza, de agricultura biológica e extraído a frio? Obrigada pela vossa opinião.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • ! disse:

    Esse será o fim da raça humana, vão ser eliminados da terra pelo que entra na boca.Só por uns trocados a mais……

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Marco Aurélio Nappi disse:

    É por isso que bebo água da fonte de meu sítio, leite direto da vaca e produzo a maioria das verduras e legumes que minha família consome.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Dina Marcia Fraga disse:

    Parabens, temos que saber o que comemos e ter coragem de denunciar tamanhos absurdos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • MILTONJOSE DE ALMEIDA disse:

    INCRIVELMENTE CORRE FLOXO NESTE PAIS SEM POLITICOS!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Gerina disse:

    Gostei se de saber a respeito do óleo de canola e o quanto nos faz mal, não gostei dele desde o início, sendo assim sou favor que divulgue este artigo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Sacur disse:

    Gostei
    Esta é a realidade…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Francisco disse:

    Maravilhosa iniciativa a de por estas informações aqui, a que ponto chegou a ganancia humana e o desrespeito pelo povo da Terra. Somos gado mesmo agora eu vi, estão querendo matar a humanidade através da comida, e a gente ainda compra o próprio veneno que eles produzem, contribuindo assim para a riqueza deles. Safados.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Francisco disse:

    Muito boa a informação, estamos mesmo sendo gado nesse mundo, encurralados e prontos para morrer ainda pagando para isso, Etá ganancia humana, e mutos ainda se dizem religiosos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Maria Lúcia disse:

    Eu acho uma vergonha o que algumas pessoas impôem aos demais. Se são transgênicos , se fazem mal porque não nos avisar. Eu tenho que ter o direito de não comer porcarias. Nós temos mesmo é que denunciar esses absurdos.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • SANCHEZ disse:

    Muito boa as informações,sobre este tal canola..infelizmente o dinheiro compro tudo,só não compra o Reino de DEUS…
    A melhor e mais saudável é realmente a banha animal.Agora fica muito difícil em poder saber o que pode e o que não pode,pois os rótulos são também uma fonte de informações contrárias.. E imaginávamos os órgão de Saúde a nosso favor hem?
    Que vergonha!!
    ***** muito bom o tópico.*****

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe