Notícias Naturais
Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Brasil é destino de agrotóxicos banidos no exteriorCampeão mundial de uso de agrotóxicos, o Brasil se tornou nos últimos anos o principal destino de produtos banidos em outros países. Nas lavouras brasileiras são usados pelo menos dez produtos proscritos na União Europeia (UE), Estados Unidos e um deles até no Paraguai. A informação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com base em dados das Nações Unidas (ONU) e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.

Apesar de prevista na legislação, o governo não leva adiante com rapidez a reavaliação desses produtos, etapa indispensável para restringir o uso ou retirá-los do mercado. Desde que, em 2000, foi criado na Anvisa o sistema de avaliação, quatro substâncias foram banidas. Em 2008, nova lista de reavaliação foi feita, mas, por divergências no governo, pressões políticas e ações na Justiça, pouco se avançou.

Até agora, dos 14 produtos que deveriam ser submetidos à avaliação, só houve uma decisão: a cihexatina, empregada na citrocultura, será banida a partir de 2011. Até lá, seu uso é permitido só no Estado de São Paulo.

Enquanto as decisões são proteladas, o uso de agrotóxicos sob suspeita de afetar a saúde aumenta. Um exemplo é o endossulfam, associado a problemas endócrinos. Dados da Secretaria de Comércio Exterior mostram que o País importou 1,84 mil tonelada do produto em 2008. Ano passado, saltou para 2,37 mil t. “Estamos consumindo o lixo que outras nações rejeitam”, resume a coordenadora do Sistema Nacional de Informação Tóxico-Farmacológicas da Fundação Oswaldo Cruz, Rosany Bochner.

Compre Alimentos Orgânicos na Tudo Saudável Produtos Naturais
O coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luís Rangel, admite que produtos banidos em outros países e candidatos à revisão no Brasil têm aumento anormal de consumo entre produtores daqui. Para tentar contê-lo, deve ser editada uma instrução normativa fixando teto para importação de agrotóxicos sob suspeita. O limite seria criado segundo a média de consumo dos últimos anos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fontes:
– Via Blog Trangenicos Nao
– Estadao: Brasil é destino de agrotóxicos banidos no exterior

(10279)

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone

Posts relacionados:

6 Comments

  • Anonymous disse:

    É, e ainda tem gente que acredita que o Governo se preocupa com a saúde do povo…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Dr.Clazildo Mello disse:

    fato….os altos índices de metais pesados presentes claramente ou disfarçadamente nos estupídos agrotóxicos, infelizmente licenciados e autorizados pelos pseudos institutos de controle e em largo uso irracional na agricultura brasileira é uma vergonha nacional.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Judith Lorenz disse:

    Esta notícia me fez lembrar do que ouvi ontem num noticiário: algumas pessoas retiravam de uma caçamba de lixo, legumes e verduras que os bons compradores não aceitariam, mas, infelizmente existem maus compradores e assim, os catadores do lixo selecionavam o que estava na caçamba, punham em caixas e os revendiam a compradores, que, por custar 1/3 mais barato do que os vendidos nas bancas, preferiam a estes, mesmo sabendo a origem e levavam à seus restaurantes onde seriam consumidos pelos clientes. Isso é diário no CEAGESP.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • ralf disse:

    O governo não ta nem aí, se engane quem quiser…

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Michele disse:

    No fim os prejudicados são sempre as pessoas normais, tanto no Brasil quanto na União Européia. Pela europa toda circulam produtos agrìcolas brasileiros. Ou seja, por mais que na UE vàrios agratòxicos sejam proibidos e no Brasil a legislação não seja tão restrita, os limão, manga, banana, abacaxi, entre outras frutas são importadas e consumidas pelos europeus. No fim, quem sempre fatura muito dinheiro são as BASF e outras empresas quìmicas européias, e tanto o povo daqui quanto de là é feito de bobo.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

  • Jonas disse:

    A saída do Meirelles da Anvisa durante o primeiro Governo Dilma – depois de atravessar FHC e Lula na gerência do Dept de Agrotóxico, com Katia Abreu pedindo a cabeça dele constantemente – foi uma indicação clara de que a bancada ruralista nunca esteve tão confortável. Começamos a comer mais veneno.

    Curtiu ou não o comentário?: Positivo 0 Negativo 0

1 Trackback or Pingback

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Suporte nosso site
Social PopUP by SumoMe